A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Vídeos

Ken Block, um parque industrial abandonado e um Ford Focus de 600 cv: Gymkhana 9 está no ar!

Talvez para compensar a ausência de 2015, Ken Block decidiu que, em 2016, teríamos não um, mas dois novos vídeos de sua série Gymkhana. Você já sabe do que se trata: o habilidoso piloto acrobata pega um carro preparado e faz manobras humanamente impossíveis por algo entre oito ou dez minutos. Já faz alguns anos que ele está nessa e, cara, a gente não consegue enjoar.

Pois bem: no fim de Gymkhana 8, que estreou em março, fomos atiçados com a imagem de um tal Ford Focus RS RX e o anúncio de que ele apareceria em breve no próximo vídeo. Bem, chegou a hora!

Hoje sabemos que o Focus RS RX é o bólido que Block pilota no World Rallycross, equipado com uma versão de 600 cv e 91,2 mkgf de torque do motor 2.3 Ecoboost. Ele também tem gaiola homologada pela FIA, um kit “widebody”, proteção do chassi, câmbio sequencial de seis marchas, suspensão de rali, freios Brembo com pinças de quatro pistões e rodas de 17 polegadas com pneus Avon de corrida.

É uma máquina e tanto, não? Pois agora veja-a em ação. Depois a gente comenta o vídeo.

Desta vez, parece que Ken Block decidiu voltar às raízes depois de acelerar um Ford Mustang de 860 cv em Gymkhana 7 e disputar um racha com supercarros em Gymkhana 8Gymkhana 9 tem uma vibe muito mais parecida com os vídeos antigos: o palco é um complexo industrial abandonado na cidade de Buffalo, em Nova York, e o foco é a pilotagem: drifts e porweslides impossíveis, finas milimétricas e belas tomadas de ângulos inusitados. Você já viu como é a visão de dentro do para-lama durante um drift?

Claro, ainda resta um pouco de espetáculo – como quando Block dá zerinhos ao redor de uma Ford F-150 SVT Raptor pendurada de um helicóptero, ou quando o Focus RS RX é levado até uma ponte que começa a se elevar enquanto o carro desliza sobre ela. Mas certamente o momento mais insano acontece quando Block salta com o carro na frente de um trem em movimento. Sério.

No mais, não há muito o que dizer. Nos resta apreciar.

Ah, um último adendo: gostamos bastante da música que toca durante os créditos – Shake Your Blood, do projeto Probot, de Dave Grohl, com Lemmy nos vocais. Encaramos como uma homenagem ao grande frontman do MotörheadBoa, Block!

Matérias relacionadas

Fugu Z nas ruas: os detalhes e o ronco do Datsun 240 Z de “Han Lue”

Dalmo Hernandes

Acelerados na Yamaha YZF-R1M, test drive no Fiat 500 Abarth, Ferrari 488 GTB 1:18 e mais nos melhores vídeos da semana

Dalmo Hernandes

Sandero RS em dose tripla, acelerando na Sprint Race, um Fusca renascido e outra overdose de arrancada nos melhores vídeos da semana!

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados