A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Koenigsegg Agera One:1 tenta recorde em Nürburgring, GM quer rodas de fibra de carbono em seus esportivos, os futuros Volvo XC40 e S40 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Koenigsegg volta a Nürburgring Nordschleife

Você deve lembrar que o acidente sofrido por Jan Mardenborough no ano passado, em Nürburgring, levou os administradores do circuito a impor limites de velocidade temporariamente no traçado norte, o lendário Nordschleife. Isso acabou atrasando os planos da Koenigsegg, que pretende conquistar o recorde de volta mais rápida no circuito. Mas no começo do ano os limites foram removidos e, adivinhe só: os suecos voltaram à Alemanha.

Sim, a Koenigsegg desembarcou em Nürburg com seu Agera One:1 de 1.360 cv com um único objetivo: tornar-se o carro mais rápido no Inferno Verde. A marca já havia anunciado seus planos em abril, e na ocasião disse que um recorde não acontece de repente, que é preciso progredir aos poucos para conseguir o recorde e que até que isso acontecesse veríamos muitas fotos e vídeos do carro no circuito. Pois, como eles haviam previsto, aí está: o primeiro vídeo do One:1 acelerando atrás do recorde de Nürburgring.

Para conseguir se tornar o carro produzido em série mais rápido de Nürburgring, o Koenigsegg Agera One:1 precisará superar os 6:48 do Radical SR8. Se Christian Von Koenigsegg quiser apenas o recorde de carros de rua, o tempo a ser batido são os 6:57 do Porsche 918 Spyder.

 

Volvo revela conceitos do XC40 e S40

Volvo-XC40-S40-1

A Volvo apresentou dois novos conceitos que darão origem à sua nova família 40 a partir do ano que vem. Os conceitos antecipam os futuros sedã e crossover de entrada da marca, que provavelmente serão batizados S40 e XC40, seguindo a nomenclatura atual da Volvo.

 

Volvo Concept 40.2 profile

Os modelos foram apresentados ontem (18) na Suécia e, segundo a Volvo, serão equipados com um novo motor T5 híbrido, usando a tecnologia dos híbridos S90/XC90/V90 T8, porém com um motor de três cilindros no lugar do 2.0 turbo de quatro cilindros — que só estarão presentes nas versões de topo da linha 40. Tanto os motores Drive-E de quatro cilindros quanto os motores híbridos serão combinados a um câmbio de embreagem dupla com sete velocidades.

190820_T5_Twin_Engine_on_CMA_and_T8_Twin_Engine_AWD_on_SPA

A dupla irá substituir o atual V40 a partir de 2017, mas é provável que uma nova perua V40 seja lançada nos anos seguintes. A principal novidade, contudo, é uma versão somente elétrica, que também será o primeiro Volvo elétrico oferecido comercialmente.

 

GM planeja adotar rodas de fibra de carbono em seus esportivos

2015 Chevrolet Corvette Z06

Aparentemente estamos presenciando o nascimento de um novo padrão dos esportivos do futuro: as rodas de fibra de carbono. Elas já são adotadas pela Koenigsegg (leia mais aqui), pela BMW e pela Ford, e agora a General Motors também pretende adotar esse tipo de roda em seus esportivos. Será que o próximo Corvette será um supercarro de motor central com rodas de carbono?

A apuração é do pessoal do Autoblog.com, que conversou com o chefe de pesquisas e desenvolvimento de polímeros da GM, William Rodgers. De acordo com o site a GM irá firmar uma parceria com a Carbon Revolution, da Austrália, que já fornece as rodas de fibra de carbono para o Shelby GT350R e o Ford GT (veja mais detalhes sobre a fabricação delas aqui). Rodgers disse que modelos como os Cadillac ATS-V e CTS-V são os primeiros candidatos e que a GM também está considerando adotar as rodas no Camaro e no Corvette.

Atualmente a GM está testando as rodas para observar seu comportamento em buracos e seu desgaste natural, além dos custos de reparo e manutenção. Como toda tecnologia em crescimento, a GM espera reduzir os custos das rodas à medida em que elas se popularizam.

 

Koenigsegg está desenvolvendo motor 1.6 de 400 cv

Koenigsegg-engine

Bem, depois de uma passada rápida nos EUA o Zero a 300 volta para a Suécia pois a Koenigsegg está desenvolvendo um novo motor. Mas nada de powertrains sem marchas ou híbridos de um milhão de cavalos. Desta vez eles estão desenvolvendo um motor 1.6 com… 400 cv! Sim: um motor 1.6 com 400 cv, ou 250 cv/l. Ainda não há detalhes, mas é provável que o motor seja um quatro-cilindros.

A intenção da Koenigsegg com um motor de baixa cilindrada é “desenvolver formas mais práticas de seus supercarros”, segundo o site CarBuzz, que conversou com Christian Von Koenigsegg. O que ele quer dizer com isso? Difícil dizer assim tão cedo, mas podemos imaginar dois cenários: um powertrain híbrido ou um esportivo de entrada. O mais provável, contudo, é que ele licencie o motor para uso em algum modelo produzido em grande escala, como já aconteceu com seu sistema FreeValve (veja como ele funciona aqui), licenciado para os modelos chineses da Qoros.

Segundo Chris Von K, o motor adotará os mesmos princípios dos motores do Agera e do Regera: “Ao reduzir o diâmetro e aumentar o curso do pistão conseguimos reduzir as perdas térmicas do motor. Também usamos pistões e bielas forjados e válvulas de alta qualidade, o que torna o motor o mais eficiente possível”. Além disso, Christian diz que já tem o motor com a maior potência específica no One:1, que produz 1.364 cv com apenas cinco litros de deslocamento, ou 273 cv/l. Se essa relação fosse aplicada a um motor 1.6, a potência seria 436 cv.

 

Android Auto terá versão app

android-auto

Se você tem um smartphone Android, mas não tem um aparelho compatível com Android Auto no seu carro, o Google está prestes a solucionar este problema: eles lançarão o sistema em forma de aplicativo, com as mesmas funcionalidades e recursos — incluindo o sistema e controle de voz ativado ao dizer “Ok Google”.

Como o sistema integrado aos carros, o app adotará uma interface simplificada, mais fácil de ser usada a bordo de um carro e com menos distrações para o motorista. Além disso, ele também terá integração com o Waze como alternativa ao Google Maps.

Também haverá novidades no Android Auto para os carros. O Google passou a permitir aplicativos dos próprios fabricantes, o que permitiria por exemplo uma integração entre a ECU do carro e seu smartphone. Os primeiros aplicativos permitirão que você acesse certos recursos sem sair da interface Android Auto, como solicitar assistência da seguradora, relatórios de manutenção e notificações de localização do carro.

Matérias relacionadas

Sete coisas que meu Gol 85 me ensinou sobre ter um carro velho

Dalmo Hernandes

Qual é seu game de corrida favorito de 8-bits e 16-bits?

Dalmo Hernandes

Os crossovers compactos estão mudando a cara dos carros?

Dalmo Hernandes