FlatOut!
Image default
Car Culture

Kozmo: este cara está fazendo o esportivo dos seus sonhos de infância em uma garagem na Polônia

Temos certeza de que quase todo mundo aqui tinha, quando criança, o sonho de construir seu próprio carro. Alguns podem conseguir – não faltam na história do automóvel exemplos de caras que começaram com este mesmo sonho e hoje são grandes nomes da indústria automotiva, como Horacio Pagani, Christian Von Koenigsegg e até Ferruccio Lamborghini. Mas tudo tem que começar em algum lugar.

Foi assim com o polonês Tomasz Ferdek, que já desenhou a carroceria, construiu um chassi tubular, realizou testes e, recentemente, concluiu a fabricação do primeiro protótipo, que servirá de molde para o modelo de produção de seu carro. O nome do esportivo é Kozmo, e sua proposta é concorrer com caras do calibre de Alfa Romeo 4C e Lotus Elise com uma carroceria leve, motor central-traseiro e baixo custo para os entusiastas, que poderão até construí-lo sozinhos, se preferirem.

Como conta o The Truth About Cars, aos dez anos, em 1991, Tomasz foi diagnosticado com leucemia. Enquanto dormia em uma das sessões de tratamento, Tomasz sonhou com o carro em detalhes (presumimos que ele pensava em carros 24 horas por dia) e, assim que acordou, desenhou os primeiros sketches do que se tornaria o Kozmo. Em 2005, depois de um transplante de fígado (e a assustadora possibilidade de morrer), ele decidiu transformar aquele sonho em realidade, literalmente.

Não foi uma decisão cuidadosamente planejada, nem uma reviravolta na vida de Tomasz: ele simplesmente decidiu que era hora de colocar a mão na massa. Quer dizer, nos tubos de metal, construindo uma estrutura tubular feita sob medida para a carroceria que ele havia imaginado. Todo o trabalho foi feito com a ajuda de seu irmão e seus amigos, e o resultado ficou surpreendentemente profissional.

kozmo (1) kozmo (2)KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERAKONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

Rodas de Fiat Tempra!

Em 1973 a Fiat firmou uma parceria com a fabricante polonesa FSO para produzir uma versão local do Fiat 126, subcompacto de motor traseiro que era basicamente um Fiat 500 clássico com uma carroceria mais quadrada. O 126 foi muito bem sucedido na Polônia (bem mais do que na Itália, na verdade) e foi produzido lá até o ano 2000, bem como os mais modernos Cinquecento e Seiscento. Por isso componentes Fiat são bastante comuns e baratos na Polônia, o que levou Tomasz a empregá-los na construção do chassi.

Isto inclui suspensão, sistema de direção e, claro, motor e câmbio. O quatro-cilindros de 1,1 litro e a transmissão manual de cinco marchas vieram de um Fiat Cinquecento polonês. No mais, tudo foi projetado por Tomasz. E o mais incrível é que, juntando tudo, o resultado foi uma gaiola bem rápida — como dá para ver no vídeo abaixo, feito em 2009, durante os primeiros testes do carro em um circuito de autocross na Polônia.

O fato de seu irmão mais novo ter se mostrado um talentoso piloto de rali há alguns anos certamente ajudou — foi com ele que Tomasz construiu seu primeiro carro, um Fiat 126 preparado para ralis, depois de tanto acompanhar o irmão nas provas.

Com o chassi acertado graças ao feedback do irmão mais novo de Tomasz, que é piloto de rali, o próximo passo foi a carroceria. Usando espuma própria para a construção de protótipos, Tomasz aperfeiçoou o desenho de seus primeiros esboços, acertando melhor as proporções e detalhes. A carroceria de espuma foi montada sobre o chassi protótipo e também servirá como molde para as peças de fibra de vidro.

kozmo (10)kozmo (11)

As linhas são interessantes e formam um cupê de dois volumes e meio com dianteira baixa e lanternas redondas na traseira. Ainda tem cara de kit car, mas não vamos esquecer que se trata de um jovem polonês fazendo tudo sozinho. O interior também recebeu um painel de instrumentos feito de espuma, e Tomasz garante que o Kozmo será bem acabado e confortável por dentro.

kozmo (20) kozmo (19)

Tomasz pretende vender o Kozmo pronto para dirigir ou na forma de kit car para ser montado pelo dono. E, para ele, o Kozmo não deixará nada a dever para esportivos como o Lotus Elise e o Alfa Romeo 4C, especialmente porque no lugar do pequeno 1,1-litro entrará um motor que conhecemos muito bem — o Fiat 1.4 T-Jet, que será preparado para render até 230 cv. Levando em consideração o peso de apenas 650 kg, o Tomasz prevê que o Kozmo será capaz de chegar aos 100 km/h na casa dos quatro segundos.

Ambicioso? Talvez. E pode ser que nunca dê certo. Mas o que Tomasz conseguiu até agora — incluindo um punhado de aparições na TV local — já é mais do que muitos de nós, entusiastas, já fizemos. Por isso, Tomasz está apostando no crowdfunding para passar para o próximo estágio do Kozmo — a conclusão do protótipo que, depois de pronto, deverá ficar assim:

kozmo (12) kozmo (15)

Tomasz criou uma campanha no site Indiegogo com o objetivo de arrecadar € 100 mil (cerca de R$ 346 mil), que lhe ajudarão a finalizar o protótipo e realizar mais testes. Infelizmente o ritmo está meio lento — em 29 dias de campanha, 17 pessoas levantaram € 202 (R$ 700), e faltam 32 dias para o fim do prazo. Algo nos diz, porém, que Tomasz não abandonará o projeto mesmo que não consiga levantar os fundos de que precisa. Nós torcemos para que dê certo!

 

Matérias relacionadas

Dez coisas que aprendi com este Ford Maverick GT 1973

Juliano Barata

Isto não é uma Kombi tombada. É um carro de corrida

Leonardo Contesini

Clube dos 300: os carros que passam dos 300 km/h e não são (totalmente) esportivos

Dalmo Hernandes