A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

LaFerrari Spider revelada em miniatura, Mazzanti Evantra ganha versão de 1.000 cv, Ken Block lança uma van e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

LaFerrari Spider revelada em forma de miniatura

LaFerrariSpider-25.png

Se Sergio Marchionne já confirmou a versão conversível da LaFerrari, e Gordon Ramsay reforçou a confirmação no primeiro episódio de Top Gear, é bem provável que os fabricantes de produtos licenciados também já estejam prontos para produzir todo material de merchandising do novo modelo.

LaFerrariSpider-50.png

É por isso que podemos afirmar com alguma certeza que essa miniatura das fotos acima, feita pela Kane&Co, revela a LaFerrari Spider. Especialmente porque estamos falando de uma daquelas miniaturas de alta precisão e detalhismo (ela custa nada menos que US$ 430!).

LaFerrariSpider-38.png

 

Com exceção do teto conversível, a LaFerrari Spider será exatamente como sua versão cupê, com um V12 aspirado de 6,3 litros auxiliado por um motor elétrico para produzir 963 cv e 91,6 mkgf que são moderados pelo câmbio de sete marchas e embreagem dupla. A rigidez à torção deve ser minimamente afetada, uma vez que o monocoque de fibra de carbono é o mesmo nos dois carros, fazendo com que o peso e o desempenho sejam muito próximos da versão cupê.

ferrari-laferrari-spider-scale-model-0

A data do lançamento oficial permanece desconhecida — especula-se que ela será apresentada no próximo ano, ou talvez na Ferrari Finale Mondiale. Espera-se também que ela seja mais exclusiva que a LaFerrari fechada; enquanto o cupê tem 499 exemplares, a LaFerrari Spider deve ficar nos 150, a um preço de US$ 3,9 milhões.

 

DeLorean DMC-12 volta em dezembro deste ano com o dobro da potência original

Unknown

Lembra que no final de janeiro soubemos que o DeLorean voltaria à vida em 2017? Pois agora temos mais novidades sobre essa volta do esportivo de inox.

Caso você não lembre, no começo do ano o governo americano aprovou o Low Volume Manufacturer Act, que facilita a homologação de modelos artesanais/semi-artesanais que utilizem motor homologado por outros fabricantes e que tenha volume de produção de até 375 unidades anuais. Com isso, a DeLorean Motor Company, que comprou as sobras de produção e direitos do nome da DeLorean Motor Company original, acelerou seus planos de relançar uma versão atualizada do DeLorean.

A marca irá usar as peças excedentes do estoque para fabricar nada menos que 300 exemplares novos do DMC-12. O modelo será idêntico ao dos anos 1980, exceto pelo motor, que deverá produzir o dobro da potência do original — um PRV V6 3.0 de modestos 193 cv (ou 143 cv na versão estrangulada para o mercado dos EUA) — e pelas rodas de 17 polegadas na dianteira e 18 polegadas na traseira em vez das originais de 14 e 17 polegadas. O aumento se deve ao novo sistema de freios, que terá discos maiores que os do modelo original.

Unknown-1

Os candidatos a fornecedor do motor não foram citados nominalmente, mas sabe-se que são duas fabricantes americanas e uma estrangeira. O mais cotado, tem um V6 aspirado de quase 400 cv. Outra atualização muito bem vinda é o tratamento anticorrosivo do chassi, que originalmente usava pintura epóxi (que ressecava, craquelava e expunha o metal à ação do tempo) e agora usará pintura eletrostática.

Por último, mas não menos importante, a marca também publicou em seu site um contador regressivo para o lançamento do carro. Nesta quarta-feira (8) ele marca 180 dias para o lançamento, o que significa que ele irá acontecer em 5 de dezembro de 2016.

 

O supercarro italiano mais potente do planeta

2016-mazzanti-evantra-millecavalli-1

Esqueça a LaFerrari. O supercarro italiano mais potente do planeta agora é o Mazzanti Evantra Millecavalli. Revelado nesta quarta-feira no Salão de Turim, ele é equipado com um V8 biturbo de 7,2 litros que produz 1.000 cv e 122,1 mkgf.

2016-mazzanti-evantra-millecavalli-5

Com 1.300 kg e equipado com um câmbio sequencial de seis marchas, o Evantra Millecavalli (literalmente “mil cavalos” em italiano) vai de zero a 100 km/h em 2,7 segundos e pode chegar aos 402 km/h. O esforço contrário também impressiona: ele precisa de apenas 7 segundos para a parada completa vindo a 300 km/h graças aos freios exclusivos da Brembo, que adotam tecnologia das pistas.

2016-mazzanti-evantra-millecavalli-2

Diferentemente da LaFerrari, que já tem dezenas de unidades produzidas, o Evantra Millecavalli foi apresentado ainda na forma de protótipo, embora a Mazzanti tenha anunciado uma série de 25 exemplares do modelo, dos quais três já foram vendidos.

 

O primeiro Ford “by Ken Block” é uma… Transit

Ken1

Já faz seis anos que Ken Block trocou a Subaru pela Ford, colocando o Fiesta em evidência em seus vídeos da série Gymkhana, mas até agora a Ford ainda não havia lançado nenhum produto com a assinatura do piloto/showman. Essa história acaba de mudar, mas não com um Fiesta ST especial, ou com versões exclusivas do Focus, e sim com uma van Transit.

Quer dizer, não é exatamente uma Ford Transit comum, nem mesmo um produto oficial da Ford, e sim uma VanSport, produzida em colaboração com a equipe de rali M-Sport e batizada como VanRacing. A transformação envolveu um jogo de rodas OZ de corrida, suspensão rebaixada com molas da Eibach e um bodykit agressivo, inspirado no carro de rallycross.

Não foram divulgados muitos detalhes além desses, mas considerando as fotos, o carro parece ter detalhes exclusivos como uma plaqueta com a assinatura de Block e borrachões com um padrão estampado. O modelo será vendido na Europa a partir do segundo semestre.

 

Fabricante chinesa é processada por clone da Evoque

Landwind-clone-Evoque-620x465

Se você sempre achou um absurdo o descaramento dos chineses em fazer clones baratos de carros ocidentais famosos, esta notícia é de tranquilizar os fãs do bom design automotivo. A Jiangling Motor, responsável pelo Landwind X7, o clone chinês do Range Rover Evoque, está sendo processada pela Jaguar Land Rover por copiar seu design.

landwind-x7-launch-china-620x418

A fabricante chinesa, que além de produzir o clone também vendia como opcional um pacote que eliminava as diferenças entre sua falsificação e o Evoque original, está sendo acusada de infração de direitos autorais e concorrência desleal. A JLR demorou algum tempo até tomar a decisão pois sabe que as chances de perder a causa são grandes em casos como este — a justiça chinesa aparentemente é cega do jeito errado.

landwind-x7-clone-evoque-spied-front-620x392

Mesmo assim, caso vença a disputa legal, a Jaguar Land Rover pode abrir um precedente para que todas as demais empresas que tiveram produtos copiados pelos chineses abram um processo semelhante.

Matérias relacionadas

Ferrari clássica abandonada em pátio no Brasil, o “Ariel Atom” da Honda, Bentley lança seu SUV Bentayga, Hyundai apresenta novo Elantra e mais!

Leonardo Contesini

Aviões, hot rods e rockabilly: a história das pin-ups e da Kustom Kulture – Parte 1

Dalmo Hernandes

E assim foi o 15º PEA do Motorgrid Brasil – prepare-se para uma avalanche de fotos!

Juliano Barata