A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos Salão de Genebra 2016

Lamborghini Centenario: 770 cv para o touro mais furioso da história

A Lamborghini foi fundada em 1963, ou seja, completa 53 anos em 2016. O Lamborghini Centenario, no entanto, foi feito para comemorar outro acontecimento importante: em 2016, Ferruccio Lamborghini, fundador da marca, completaria 100 anos de idade. Mesmo que não esteja vivo para ver, ele recebeu um tributo à altura do seu legado.

O Lamborghini Centenario, para começar, traz o motor mais potente de toda a história da marca: o V12 de 6,5 litros, um dos heróis da resistência naturalmente aspirada, foi recalibrado para entregar nada menos que 770 cv. Claro, o conceito Asterion, apresentado em 2014 no Salão de Paris, tinha 910 cv. Só que ele era um híbrido, e seu motor era o mesmo V10 de 5,2 litros e 610 cv encontrado no Huracán e, mais importante, era apenas um carro conceito sem intenção de ser produzido — ao menos por enquanto. Enfim, talvez você já soubesse disso mas a gente preferiu deixar tudo bem claro.

Para ter uma ideia do que significam 770 cv, basta lembrar que o Aventador comum tem 700 cv no motor V12, enquanto a versão Super Veloce, apresentada recentemente, tinha 750 cv. A Lamborghini não falou nada sobre o torque mas, honestamente, nem vamos reclamar.

O Lamborghini Centenario pesa 1.520 kg, o que significa uma relação peso/potência de 1,97 kg/cv. O corte de giro foi elevado de 8.350 rpm para 8.600 rpm. Moderada pela mesma caixa automática de sete marchas do Aventador, a força é suficiente para levar o Centenario  até os 100 km/h em apenas 2,8 segundos, com velocidade máxima superior a 350 km/h. Em números, isto é tudo o que temos por enquanto.

lamborghini-centenario-07

Mas há muito mais o que falar, sem dúvida! A começar pelo visual que, temos certeza, só não é mais agressivo que o do Lamborghini Veneno, mas ao menos é muito melhor resolvido. A dianteira tem uma tomada de ar de dois andares, as laterais têm para-lamas alargados com todo jeito de carro conceito, e a traseira traz um difusor que parece ter saído da LMP1. O Centenario é construído em volta do monobloco do Aventador, mas traz design substancialmente diferente nos faróis e nas lanternas, que dão a impressão de flutuar— aliás, as aletas do difusor traseiro parecem brotar delas. O resultado, de acordo com a Lamborghini, é um carro praticamente “permeável”, de tanto ar que escoa pelos dutos na carroceria.

lamborghini-centenario-03 lamborghini-centenario-05

 

O Centenario mede 4.924 mm de comprimento e 1.143 mm de altura, sendo mais longo e um pouco mais alto que o Aventador, que mede 4.780 mm e 1.136 mm, respectivamente. A suspensão, no entanto, é mais baixa — e usa amortecedores magnetorreológicos para se ajustar automaticamente de acordo com as condições do piso.

A Lamborghini também equipou o Centenario com um sistema de esterçamento nas rodas traseiras semelhante ao encontrado no Porsche 911 GT3 RS e na Ferrari F12tdf (leia mais sobre o sistema aqui), a fim de melhorar a agilidade nas curvas. A marca diz que o formato irregular dos arcos de roda reflete a opção pelo sistema, mas a verdade é que se trata de uma tradição desde o Countach.

lamborghini-centenario-08lamborghini-centenario-01

De qualquer forma, é só mais um dos vários detalhes bacanas no visual do Centenario — que, no Salão de Genebra, foi apresentado em fibra de carbono nua com detalhes amarelos, mas poderá ser feito segundo as especificações do comprador em termos de cor e acabamento. As rodas de 20” na dianteira e 21” na traseira têm raios em formato de pá que ajudam a extrair o ar quente dos discos de freio, e calçam pneus Pirelli PZero feitos sob medida para o Centenario.

lamborghini-centenario-09

Do lado de dentro, é a mesma coisa. O visual é parecido com o do Aventador, porém com um toque extra de agressividade, fibra de carbono exposta e, claro, tiras de tecido para abrir as portas. Os controles inspirados nos aviões também estão lá. A novidade fica por conta de uma tela de 10,1”, sensível ao toque, com sistema multimídia compatível como Apple CarPlay. Além disso, há um sistema de telemetria nativo que pode ser usado para medir tempos de volta e até gravar a ação na pista — isto é, se o comprador optar pelas câmeras de alta resolução opcionais embutidas na carroceria.

lamborghini-centenario-06

A Lamborghini vai fabricar, ao todo, 40 exemplares do Lamborghini Centenario, sendo 20 cupês e 20 roadsters. O detalhe é que todos já estão vendidos, cada um deles pela bagatela de € 1,75 milhão — cerca de R$ 7,6 milhões, sem impostos e em conversão direta. Quem gosta de flagrar carros exclusivíssimos nas ruas e pistas já pode ir se preparando!

 

Matérias relacionadas

Mais leve, mais luxuoso, mas ainda off-roader: este é o novo Land Rover Discovery

Leonardo Contesini

Um Mustang com 735 cv feito de fibra de carbono: conheça o Galpin-Fisker Rocket

Leonardo Contesini

Huracán Performante: tudo o que sabemos sobre o Lamborghini mais rápido da história 

Dalmo Hernandes