Edição diária: 19/06/2019
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Lamborghini Huracán ganha tração traseira, Porsche culpa Paul Walker e Rodas por acidente fatal, o novo Honda Civic Coupé e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Lamborghini lança Huracán com tração traseira

Lamborghini Huracan LP 580-2 1

A Lamborghini está apresentando neste momento o modelo do Huracán que todos os entusiastas esperavam: o Huracán LP 580-2. Se você conhece a nomenclatura técnica da fabricante, já descobriu que estamos falando de uma versão de tração traseira com 580 cv.

Lamborghini Huracan LP 580-2 2

Sim: o mais novo supercarro de Sant’Agata Bolognese abriu mão da tração integral em favor da condução mais purista proporcionada pela configuração de tração traseira. Além de todas as modificações necessárias para converter um carro de tração integral em tração traseira (diferencial dianteiro, central, árvores de transmissão e afins), o Huracán LP580-2 também ganhou uma nova calibragem de suspensão, com novas molas e barras estabilizadoras mais espessas que ajudam o carro a ter mais precisão nas curvas, segundo a Lambo.

Lamborghini Huracan LP 580-2 5

Com as modificações, o Huracán de tração traseira ficou 33 kg mais leve que sua versão de tração integral, chegando aos 1.389 kg. A distribuição de peso também mudou, e agora o carro tem 40% de sua massa sobre o eixo dianteiro e 60% sobre o eixo traseiro. O motor 5.2 V10 continua lá, mas é menos potente que seu gêmeo que equipa a versão integral, e posiciona o Huracán RWD no mesmo patamar do McLaren 570S. São 580 cv do LP580-2 contra 610 cv do LP610-4. O câmbio é o mesmo Doppia Frizzione de sete marchas e ainda não há previsão para um câmbio manual. A aceleração de zero a 100 km/h é feita em 3,4 segundos — 0,2 s a menos que a versão de tração nas quatro rodas — e a velocidade máxima é 320 km/h.

Lamborghini Huracan LP 580-2 4 Lamborghini Huracan LP 580-2 3Lamborghini Huracan LP 580-2 6

Por fora o Huracán LP580-2 também ganhou algumas novidades: ele tem tomadas de ar maiores na dianteira para efeito de arrefecimento e pressão aerodinâmica sobre as rodas dianteiras. Na traseira ele ganhou um spoiler que melhora o fluxo de ar sobre a carroceria e trabalha junto com o difusor. Segundo a Lamborghini, esse trabalho aerodinâmico dispensa uma asa móvel no Huracán de tração traseira.  Os freios são de aço, com pinças de alumínio e rodas de 19 polegadas, calçadas em pneus Pirelli PZero desenvolvidos exclusivamente para o modelo de tração traseira. Ele já pode ser comprado na Europa por preços que partem de €150.000.

 

Motores e versões do Alfa Romeo Giulia são divulgados

ALFA-ROMEO-GIULIA-02

As versões mais comportadas do Alfa Romeo Giulia serão reveladas somente no Salão de Genebra de 2016, mas por algum motivo a fabricante italiana decidiu divulgar as especificações mecânicas dos modelos no Salão de Los Angeles, um dia depois do vazamento de uma lista com esses detalhes na página Alfa Romeo Project 952, no Facebook.  Considerando a lista vazada e as informações já confirmadas, o Alfa Romeo Giulia terá três motores diferentes, com oito níveis de potência.

Começando pelo mais frugal, temos o 2.2 diesel JTDM. Ele terá uma versão de entrada, com 150 cv, câmbio manual ou automático e tração traseira; uma versão intermediária de 180 cv com as mesmas opções de transmissão, além de uma variação com câmbio automático e foco em economia de combustível; e uma versão topo de linha com 210 cv, câmbio automático e tração integral.

Em seguida há o motor 2.0 a gasolina “Global Medium Engine” (GME) com injeção direta e comando de válvulas MultiAir2, que terá uma versão de 200 cv com câmbio automático e tração traseira; uma intermediária de 250 cv com câmbio automático e tração integral, e uma versão de topo com 280 cv e câmbio automático com tração integral ou apenas traseira.

ALFA-ROMEO-GIULIA-13

Por último, o já conhecido V6 2.9 turbo de origem Ferrari. Apesar de exibido somente na versão QV com tração traseira, 510 cv e câmbio de embreagem dupla, ele também terá uma versão manual com a mesma potência, e uma automática de 490 cv e tração traseira.

O modelo 2.0 começará a ser vendido na metade de 2016 nas versões de tração traseira e, em seguida, virão as versões de tração integral.

 

Porsche culpa Paul Walker e Roger Rodas pelo acidente fatal com o Carrera GT

£££-Paul-Walker

Neste mês de novembro irá fazer dois anos que Paul Walker e seu amigo Roger Rodas morreram em um acidente de carro, mas as circunstâncias do acidente ainda são questionadas na justiça. Há alguns meses, a filha de Walker, Meadow, processou a Porsche por “não oferecer recursos de segurança que poderiam ter evitado o acidente fatal”, em referência à ausência de controle de estabilidade no Carrera GT. Além disso, a ação afirmava que o cinto de segurança quebrou as costelas e o osso pélvico de Walker, impedindo-o de sair do carro em chamas.

Agora, a Porsche respondeu à acusação negando sua responsabilidade no acidente com uma defesa baseada em 12 afirmações, descritas no documento abaixo, publicado pela Gawker Media (a editora do Jalopnik US/Gizmodo US).

Entre as afirmações, a Porsche declarou que “a morte do sr. Walker e todas as outras lesões e danos alegados foram resultantes das próprias ações do sr. Walker”. Resumidamente, o documento protocolado no último dia 12 de novembro afirma que Walker conhecia os riscos envolvidos na direção do Carrera GT 2005, e que os danos foram causados por Rodas, que conduzia o carro no momento do acidente, e de Walker, que “abusou e alterou” seu carro. Além disso, a Porsche ainda afirmou que Walker havia “usado o carro de forma errada e feito manutenção inadequada” — uma referência aos pneus instalados no carro, que já tinham nove anos de fabricação e uso.

Paul-Walker-with-daughter-Meadow

Apesar da declaração da Porsche, a representante legal de Meadow Walker ainda afirma que “se a Porsche tivesse projetado o carro para incluir os recursos de segurança adequados, Paul teria sobrevivido, estaria filmando ‘Fast and Furious 8’ e Meadow Walker teria o pai que adorava”. A discussão será levada a um tribunal e será julgada por um júri.

 

Honda apresenta Civic Coupé nos EUA

Unknown-9

No começo da semana vimos as primeiras imagens do Honda Civic Coupé em testes nos EUA e dissemos que ele seria apresentado no Salão de Los Angeles. Pois aí está: estas são as primeiras imagens oficiais do Honda Civic Coupé apresentado nesta quarta-feira.

Como se esperava, a dianteira é exatamente a mesma do modelo sedã e, como bom coupé, tem perfil esguio, com queda de teto acentuada na traseira e um visual mais esportivo. A traseira felizmente manteve a linha vermelha que une as duas lanternas — um elemento bastante atraente do conceito apresentado no começo do ano — e nenhuma separação física do terceiro volume, o que dá a ele um visual puramente fastback.

Unknown-7

Por dentro, o painel usa materiais macios e acabamento mais refinado que o do atual cupê (conhecido no Brasil somente na versão Si) e o quadro de instrumentos abandonou o esquema de “dois andares” para adotar um cluster único, com telas digitais e instrumentos convencionais. Não há detalhes sobre versões e equipamentos ainda, mas ele certamente será oferecido na versão esportiva Si, que é a única com chances de passar pelo Brasil nessa configuração cupê. Os motores, por ora, são o 2.0 i-VTEC de 160 cv e um 1.5 turbo de injeção direta com 176 cv. Para a versão Si nossa aposta é uma variação do 2.0 turbo de injeção direta que também será usado no Accord e que equipa o Type R em uma variação bastante radical.

 

Volkswagen lança versão aventureira do novo Fusca

2016 VW Beetle Dune 01

Com inspiração nos Fuscas preparados para o rali Baja dos anos 1960, a Volkswagen lançou uma nova versão aventureira para a linha 2016 do Fusca. Seu nome? Beetle Dune. Ele será oferecido nas versões cupê e conversível — lá fora, que fique claro — e terá opção de três cores Sandstorm Yellow (amarelo), Deep Black Pearl (preto) e Pure White (branco).

As principais modificações em relação ao Beetle/Fusca normal são os para-choques redesenhados, com visual mais robusto e grades tipo colmeia; arcos de plástico preto nos para-lamas, unidos aos para-choques; soleiras de alumínio polido; faixas pretas na carroceria e um difusor traseiro que também funciona como protetor do chassi. Em relação aos equipamentos e acessórios, o Beetle Dune ganhou faróis de xenônio com luzes diurnas de LED, lanternas de LED e iluminação de LED para a placa do carro. As rodas modelo Canyon são exclusivas da versão, com 18 polegadas e calçadas em pneus 235/45.

2016 VW Beetle Dune 13

Por dentro ele tem o novo sistema multimídia MIB II, com Apple CarPlay, Android Auto, tela de 6,3 polegadas, conectividade USB, Bluetooth, câmera traseira e sensor de estacionamento. Os opcionais são o ar-condicionado de duas zonas Climatronic, o sistema de áudio premium da Fender e teto solar panorâmico. Sob o capô, em vez do 2.0 TSI que estamos acostumados a ver por aqui, há um 1.8 TSI de 172 cv, que trabalha com o câmbio automático de seis marchas. O modelo começará a ser vendido no primeiro trimestre de 2016… nos EUA, claro.

 

Hennessey lança pacote de 1.000 cv para Cadillac CTS-V

2016-HPE-CTS-V-1

Há alguns meses a Cadillac surpreendeu o mundo ao anunciar seu novo CTS-V com 640 cv e um visual capaz de deixar o BMW M5 parecendo um carro de mamãe. Mas há quem pense que toda essa brutalidade ainda não é suficiente. Caras como John Hennessey, por exemplo, que lançou uma série de pacotes de preparação para o “mad Caddy” com potencial para extrair até 1.000 cv do motor V8.

Mas vamos começar por baixo: o primeiro pacote, HPE750, substitui a polia do compressor por uma maior, a admissão e catalisadores por semelhantes com maior fluxo de ar, e remapeia a ECU para produzir 750 cv a 6.300 rpm.

Depois, vem o pacote HPE800, que leva a potência para — adivinhem só — 800 cv a 6.500 com a ajuda de cabeçotes de alto fluxo, um novo intercooler e novos comandos de válvulas.

2016-HPE-CTS-V-2

Agora, para chutar o balde e mostrar que você é um verdadeiro “american f*ck yeah”, Joãozinho Texano preparou o HPE1000; que inclui todos os upgrades mencionados até agora e acrescenta um supercharger de 2,9 litros, novos cabeçotes, um novo sistema de alimentação de combustível, reprogramação mais extensa da ECU e outras melhorias não detalhadas para chegar aos 1.000 cv a 6.300 rpm.

Para combinar com o upgrade insano, a Hennessey também oferece um kit widebody e rodas H10 Monoblock como opcionais. Os pacotes já estão disponíveis para compra.

Matérias relacionadas

Commando, Comanche, Scrambler, Gladiator: a história das picapes da Jeep

Dalmo Hernandes

BMW Série 8 Gran Coupé revelado, nova geração do Range Rover Evoque no Brasil, Shelby GT500 terá 770 cv e mais!

Simplifique, adicione leveza e entre para a história: os 70 anos da Lotus e a trajetória de Colin Chapman

Leonardo Contesini