FlatOut!
Image default
Zero a 300

Lamborghini revela o novo Huracán Evo, Niki Lauda internado novamente, o auge da combustão interna e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Lamborghini revela o novo Huracán Evo

Já virou tradição: depois dos teasers, uma imagem vazada e, em seguida, o lançamento. Com o facelift do Lamborghini Huracán não está sendo diferente. Os teasers vieram na sexta-feira (4), seguidos por uma imagem vazada que mal teve tempo de viralizar. O carro foi revelado nesta segunda-feira (7) com inspiração no Huracán Performante e um novo nome: Huracán Evo.

As mudanças foram sutis, mas suficientes para trazer o Huracán para 2020. A dianteira ganhou novas tomadas de ar, inspiradas no arranjo aerodinâmico da dianteira do Performante. A versão radical do Huracán também inspirou as mudanças na traseira: o carro agora tem saídas de escape elevadas, posicionadas sobre o difusor traseiro, que também foi modificado e ficou mais amplo, reposicionando a placa para o espaço entre os escapes.

Quanto à motorização, nossa previsão se concretizou: o V10 ganhou um pouco mais de potência que no Audi R8. Enquanto o esportivo da Audi tem 620 cv, o Huracán saiu com 631 cv na versão de tração nas quatro rodas. A versão de tração traseira, se continuar em produção, deverá chegar aos 600 cv. Com isso, o o Huracán Evo precisará de apenas 2,9 segundos para chegar aos 100 km/h e 9 segundos aos 200 km/h. A velocidade máxima continua a mesma: 323 km/h.

Espera-se que o Huracán Evo seja lançado em março, no Salão de Genebra, mas considerando que a foto vazou tão perto do Salão de Detroit, que começa na próxima segunda-feira, não seria surpresa ver o carro já na semana que vem. (LC)

 

Brabham BT62 ganha versão de rua

A Brabham Automotive anunciou nesta segunda-feira (7) o lançamento do pacote de conversão street legal de seu BT62. Sim, isso significa que ele agora poderá ser emplacado e usado nas ruas e estradas de todo o mundo. Só não espere que isso seja barato.

Segundo a Brabham, o processo de conversão será oferecido somente no Reino Unido, e custará 150.000 libras além do preço do carro. O processo envolve a realização dos testes e a homologação do carro junto ao departamento de trânsito do Reino Unido, além das modificações necessárias para torná-lo apto a rodar nas estradas.

As modificações incluem o aumento da altura de rodagem por meio de um seletor acionado pelo motorista, modificação da caixa de direção, com uma relação menos direta, ar-condicionado, travas nas portas e sistema de imobilizador além de um novo interior com revestimentos mais refinados que os de um carro de corrida.  Apesar de certamente haver um aumento no peso, a potência do BT62 continuará a mesma: 700 cv. (LC)

 

Novo teaser do Mercedes CLA

Mercedes-Benz CLA Edition Teaser

Stay tuned! The new CLA will have its world premiere at CES in Las Vegas, January 8.

Publicado por Mercedes-Benz em Domingo, 6 de janeiro de 2019

Outro carro que está prestes a ser lançado e deverá vazar amanhã cedo é o novo Mercedes-Benz CLA. O carro será apresentado amanhã no Consumer Electronics Show em Las Vegas (sim, um carro no CES), mas a Mercedes já está preparando o território com um novo teaser que finalmente revela o que ainda não havíamos visto: as faces dianteira e traseira.

Nesta segunda geração ele se distanciou ainda mais da Classe A (embora ainda seja um integrante desta) para se tornar um irmão mais novo do CLS, como fica evidenciado pelo formato dos faróis, pela dianteira incisiva com a grade trapezoidal e pelas lanternas mais afiladas, seguindo o estilo da traseira dos cupês da Mercedes.

O vídeo também mostra o interior, mas ele será exatamente como se esperava: uma variação sutil do painel do novo A35 AMG, com o quadro de instrumentos digital integrado ao sistema multimídia em uma única peça, batizado pela Mercedes de MBUX.

Como dissemos anteriormente, sob o capô ele terá os mesmos motores 1.3 turbo e 2.0 turbo da Classe A. O primeiro será usado no CLA180 e CLA200, com 135 cv e 163 cv, respectivamente. O segundo, será usado no CLA 220 com 190 cv, no CLA 250 com 224 cv, no CLA 35 AMG com 306 cv e provavelmente no CLA 45 AMG, com 375 cv na versão base e 421 cv na versão 45 S. (LC)

 

Volkswagen T-Cross não irá custar R$ 140.000 completo

Uma nota fiscal do Volkswagen T-Cross publicada neste final de semana nas redes sociais parece ter revelado o preço final do novo crossover da Volkswagen. Segundo o documento, o modelo 1.4 TSI poderá chegar aos R$ 140.140 na versão de topo, equipada com todos os opcionais.

A nota foi publicada pela YouTuber Giu Brandão, e foi obtida em uma concessionária Volkswagen em Maceió/AL. A apresentadora prudentemente salientou que este pode não ser o preço final do carro, mas assim mesmo o público tomou como um fato provável este preço. Uma leitura mais atenta do documento, contudo, aponta evidências de que este não será o preço final do carro.

Ao ampliar a foto, podemos ver que trata-se de uma nota fiscal de remessa para demonstração, uma exigência da Receita Federal e das secretarias da Fazenda estaduais para fins de fiscalização. Toda mercadoria precisa de nota fiscal para ser transportada — bem sabe quem já fez nota de transporte para mudança de casa.

Como trata-se apenas de um documento fiscal, o valor utilizado no preenchimento não é necessariamente o valor da venda. No caso desta nota da Volkswagen, os R$ 98.000 parecem ser um valor estimado somente para fins de seguro de carga e valor condizente com o bem. Como a nota é do fabricante, ela não precisa declarar o valor de venda, apenas um valor estimado — que pode ser escolhido até mesmo para despistar o real preço do carro.

Além disso, a nota fiscal exibe o valor de R$ 42.140 para o IPI. Um carro com motor entre 1 e 2 litros paga 11% de IPI. Se o valor é R$ 98.000, seu IPI seria R$ 10.780 e seu preço final seria R$ 108.780. Coincidentemente, este valor é próximo daquele que estimamos para a versão 1.4 TSI básica. O cálculo da nota refere-se a mais de 30% do valor do carro — uma alíquota aplicada somente à indústria tabagista.

Por último, um T-Cross de R$ 140.140 simplesmente não faz sentido dentro da estratégia da Volkswagen. Primeiro porque o Tiguan de entrada parte de R$ 126.000 e pode chegar aos R$ 132.000 com todos os opcionais. Isso significa que o T-Cross 1.4 TSI irá custar menos que os R$ 126.000 — nosso palpite é entre R$ 110.000 e R$ 115.000. Nesse cenário, estamos falando de R$ 20.000 a 25.000 em opcionais — cerca de 20% do preço do carro.

Lembre-se ainda que a Volkswagen pretende trazer o Tarek para ocupar a posição do Tiguan de cinco lugares. Se o T-Cross completo chega aos R$ 140.140, qual será a faixa de preço do Tarek e sua lista de itens de série? Por último, um  T-Cross de R$ 140.140 ficaria no território das versões turbodiesel do Renegade que variam de R$ 128.000 a R$ 140.000, e até da versão de entrada do Compass turbodiesel, que sai por R$ 157.000. (LC)

 

Niki Lauda é internado novamente após transplante de pulmão

Em agosto de 2018, o ex-piloto austríaco Niki Lauda passou por um transplante de pulmão – um procedimento complicado que deixou os fãs do tricampeão de Fórmula 1 preocupados. O período de recuperação é longo, e em dezembro Lauda chegou a declarar ao jornal local Österreich que a reabilitação após a cirurgia vinha sendo ainda mais difícil do que a luta pela vida após o acidente que sofreu durante o Grande Prêmio da Alemanha, em Nürburgring, na temporada de 1976.

Agora, de acordo com o mesmo jornal, Lauda voltou a ser internado por complicações pulmonares decorrentes de uma forte gripe. O Österreich diz que o veterano de 69 anos passava férias em Ibiza, na Espanha e foi levado de avião a um hospital em Viena, a capital austríaca, onde foi colocado sob cuidado intensivo. Ainda segundo o Österreich, Lauda passa bem e deverá receber alta até o final desta semana – embora, devido à seriedade do transplante ao qual foi submetido em agosto, os médicos estejam agindo com a máxima precaução. (DH)

 

Carlos Ghosn prestará depoimento nesta terça-feira

Detido no Japão desde o dia 19 de novembro sob a acusação de ocultação de patrimônio e fraudes fiscais, o ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi Carlos Ghosn ficará diante da justiça japonesa pela primeira vez desde sua prisão. Em uma audiência solicitada por seus advogados, marcada para amanhã (8), Ghosn poderá dar sua versão dos fatos e a defesa poderá conhecer em detalhes as acusações.

Em uma entrevista ao jornal semanal francês Journal du Dimanche, o filho de Carlos Ghosn, Anthony Ghosn, diz que o pai nega veementemente as acusações e que “lutará para limpar seu nome”, embora tenha apenas dez minutos para se pronunciar. Diz também que a promotoria japonesa exige uma confissão escrita em japonês em troca de sua liberdade, embora Carlos Ghosn não domine o idioma. (DH)

 

Vendas de carros com motor a combustão interna atingiram seu auge em 2018, diz relatório

Preocupado com o futuro dos carros como os conhecemos hoje? Prepare-se para ficar ainda mais. De acordo com agência de consultoria empresarial automotiva Jato Dynamics, as vendas de automóveis com motor a combustão interna tradicionais (ou seja, sem qualquer tipo de eletrificação) podem ter atingidoseu pico em 2018. Em outras palavras: daqui para a frente a demanda por eles vai apenas diminuir.

Já era previsto em algum momento que isto aconteceria. A onda de lançamentos híbridos e elétricos – que já está atingindo o Brasil, aliás – era um sinal claro. No entanto, segundo o Financial Times, os analistas do mercado automotivo acreditavam que a demanda por carros com motor a combustão interna continuaria crescendo até 2022.

A redução, segundo a Jato Dynamics, se deu por diversos acontecimentos de 2018, como a política de Donald Trump quanto a impostos sobre carros importados, o Brexit, a situação econômica da China (um dos maiores consumidores de automóveis do planeta), o embargo do Irã e as diretrizes para emissões de poluentes na Europa, antecipando a saturação do mercado em quatro anos. (DH)

 

BMW planeja superesportivo de pelo menos 700 cv feito sobre a plataforma do i8

O híbrido i8 é o segundo esportivo de motor central-traseiro feito bela BMW – o primeiro foi o M1, lançado em 1978 e equipado com um seis-em-linha de 3,5 litros e 277 cv. Agora, de acordo com a Autocar, a fabricante bávara considera um terceiro modelo com o conjunto mecânico atrás dos bancos. E, desta vez, poderá ser um supercarro com pelo menos 700 cv para encarar McLaren e Ferrari.

Os britânicos conversaram Klaus Fröhlich, um dos responsáveis pelo desenvolvimento de produtos da BMW. De acordo com ele, o superesportivo poderá ser feito sobre a estrutura de fibra de carbono do BMW i8, porém adotando um motor a combustão interna de seis cilindros (o i8 é movido por um três-cilindros turbo de 231 cv mais, um motor elétrico de 131 cv) para alcançar ou ultrapassar os 700 cv, posicionando-se acima do BMW M8 e seus 620 cv. A ideia seria enfrentar o McLaren 570S e também a Ferrari 488 GTB. A Autocar especula que é pouco provável que o novo supercarro da BMW seja um sucessor direto para o i8.

Fröhlich aproveitou para dizer que, para ele, é natural que um futuro superesportivo da BMW seja híbrido, pois esta é a tendência do segmento, e prevê que todo supercarro será parcialmente elétrico após 2020. (DH)

 

Toyota anuncia recall do Prius no Brasil

A Toyota anunciou no final da semana passada o recall de 432 unidades da geração anterior do híbrido Prius, fabricados entre 2011 e 2013. Segundo a fabricante, uma falha no dispositivo de segurança do sistema híbrido pode causar o desligamento repentino do powertrain, mantendo apenas direção e freios ativos.

A correção do problema consiste na atualização do módulo de controle do sistema híbrido, e leva entre uma hora e meia e três horas. Os agendamentos já podem ser feitos, mas o atendimento começa no próximo dia 14 de janeiro.

 


Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

Matérias relacionadas

Estes são os primeiros protótipos da Honda CB750, a famosa “Sete Galo”

Dalmo Hernandes

Como eram as atualizações de carros antigos nos anos 1980 e 1990?

Leonardo Contesini

BMW M2 Competition já está a venda no Brasil, Porsche e Forza lançam “driving academy” (e o Brasil está dentro), Mercedes A35 terá 300 cv e chega em outubro e mais!

Leonardo Contesini