Lei quer proibir passageiros bêbados ao lado do motorista, Ayrton Senna ganha canal oficial no YouTube, Volkswagen Amarok ganha motor V6 turbodiesel e mais!

Leonardo Contesini 2 maio, 2016 0
Lei quer proibir passageiros bêbados ao lado do motorista, Ayrton Senna ganha canal oficial no YouTube, Volkswagen Amarok ganha motor V6 turbodiesel e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Senna TV é lançado no YouTube

O Instituto Ayrton Senna colocou no ar neste último fim de semana seu canal do YouTube em homenagem ao piloto brasileiro. Batizado Senna TV, o canal oficial terá conteúdo exclusivo sobre o piloto, além de entrevistas com fãs, amigos e pessoas que conviveram ou foram influenciadas por Ayrton.

O Senna TV terá novos vídeos toda quinta-feira, e será apresentado pelo jornalista Rodrigo França. O conteúdo, felizmente, será mais aprofundado que aqueles clipes curtos e rápidos típicos da internet de hoje: no momento o canal já tem dois vídeos — um sobre as estreias de Senna, com 22 minutos de duração, e outro sobre campeões inspirados por Senna, com 17 minutos.

 

Projeto de lei quer proibir bêbado ao lado do motorista

teens drinking driving_0

Há pouco mais de uma semana foi protocolado na Câmara dos Deputados um projeto de lei que visa proibir o transporte de passageiros embriagados no banco do carona de um automóvel. O objetivo da proibição, segundo a justificação do projeto, é “impedir que a condução do veículo seja afetada por quem, ao lado do motorista e em estado alterado, tome atitudes que representem perigo para a segurança do trânsito”.

O texto ainda menciona exemplos de como um passageiro embriagado pode causar um acidente: “o indivíduo embriagado que, por brincadeira, tenta movimentar o volante, atrapalhando o condutor; o indivíduo embriagado que, com ânsia de vômito, tira a atenção do motorista. Porém, a relação de situações potencialmente perigosas é extensa. Basta considerarmos o quanto o álcool e outras drogas podem comprometer o julgamento de uma pessoa. O simples estado de euforia de quem está ao lado do condutor pode influenciá-lo, fazendo-o dirigir em velocidade inadequada ou executar manobras arriscadas”.

Segundo o autor do projeto de lei, tal proibição já é praticada na Bósnia-Herzegovina e na Macedônia. Os EUA e o Canadá também são citados por serem ainda mais rígidos — nesses países norte-americanos basta que um passageiro esteja consumindo álcool para configurar infração. O projeto deverá passar pela Comissão de Viação e Transportes e pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania para ser colocado em pauta e votado no plenário.

 

Os resultados do 1º Raid CVA Estrada Real

13083250_615796581901667_7514484634424895285_n

Neste fim de semana o pessoal do Clube de Veículos Antigos de Minas Gerais realizou a primeira edição do seu Raid de clássicos na histórica Estrada Real. O evento, que é um rali de regularidade, se estendeu ao longo do sábado e do domingo largando de Tiradentes e passando pelas cidades que margeiam a Estrada Real em Minas Gerais — Barbacena, Barroso, Dores do Campo, Prado e São João Del Rey.

13076633_616382515176407_9031678746405182190_n

Depois de dois dias de estrada, os vencedores foram Luís Augusto Malta e Eduardo Santana com um MGB 1979, seguidos por Guilherme e Matheus Machado em um Dodge Charger R/T 1979, e Sylvio Martins e Bernardo em um Puma GTE 1977. Em quarto ficou o Opala Comodoro 1980 de Maurício Neves e Filipe Cançado, na quinta posição o Opala Especial 1974 de Gustavo Meyer e Cristiane, em sexto o Mazda Miata 1991 de Clemenceau Saliba e Robert Farrer, seguidos por Rodrigo Giordano e Naza na sétima posição em um Dodge Charger R/T 1977, Mario e Deniel Lott em oitavo com seu Mercedes-Benz 500 SLC 1977. Em nono e décimo lugares ficaram Rafael Stehling e Pedro Ranieri com outro Charger R/T 1977, seguidos por Gustavo Lapertosa em um Impala Coupé 1961.

 

 

Volkswagen lança Amarok V6 diesel

2016-volkswagen-amarok-facelift

Ainda em meio à fumaça do escândalo Dieselgate, o último lançamento que você esperaria ver da Volkswagen é uma picape com um motor a diesel de seis cilindros. Mas é exatamente isto o que os alemães estão lançando nesta segunda-feira (2).

2016-volkswagen-amarok-facelift-2

A Volkswagen apresentou hoje o facelift da picape Amarok, que terá um novo V6 turbo de três litros a diesel com três níveis de potência — 163 cv, 204 cv e 224 cv. Neste último, de 224 cv, ele terá 56 mkgf disponíveis a apenas 1.500 rpm. O modelo será oferecido com tração traseira, mas terá o sistema 4Motion de tração 4×4 seletiva com câmbio manual, ou sistema 4×4 permanente com diferencial Torsen e câmbio automático de oito marchas. Por falar nos câmbios, as marchas mais altas são mais longas para reduzir o consumo de combustível — o modelo automático de oito marchas, por exemplo, pode chegar a 13 km/l segundo a fábrica.

2016-volkswagen-amarok-facelift-1

Em relação ao visual, a picape teve algumas mudanças sutis, limitadas à grade, elementos internos do conjunto óptico, rodas e um santo-antônio redesenhado na versão Aventura. Aparentemente o motor 3.0 TDI será o único oferecido, substituindo o 2.0 TDI que estava envolvido no escândalo das emissões.

 

O novo Mercedes-AMG E43 em ação

Depois de apresentar o novo E43 no Salão de Nova York, a Mercedes-AMG agora lançou o primeiro vídeo do esportivo em ação. O modelo, como já falamos anteriormente, será posicionado como versão de entrada da linha AMG na Classe E, posicionado abaixo do futuro E63 AMG. Como todo modelo 43 AMG, ele é equipado com um 3.0 V6 biturbo que, aqui, produz 401 cv — o E63 AMG deverá usar o 4.0 V8 biturbo com 571 e 612 cv nas versões base e S.

O E43 AMG também terá o sistema de tração integral 4Matic, com distribuição de torque maior na traseira, combinado com o novo câmbio automático de nove marchas (9G-Tronic). Com essa configuração, o E43 AMG vai do zero aos 100 km/h em 4,5 segundos e chega à máxima de 250 km/h.