Logan e Sandero recebem uma estrela no Latin NCAP, Porsche Boxster Spyder aparece sem disfarces, McLaren P1 terá versão Longtail e mais!

Leonardo Contesini 12 junho, 2018 0
Logan e Sandero recebem uma estrela no Latin NCAP, Porsche Boxster Spyder aparece sem disfarces, McLaren P1 terá versão Longtail e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Logan e Sandero recebem apenas uma estrela nos testes do Latin NCAP

renault-sandero-logan-latinncap2

Enquanto o Renault  Kwid recebeu uma razoável classificação de três estrelas no NCAP latino, seus irmãos maiores Logan e Sandero decepcionaram e saíram dos testes de impacto com apenas uma estrela.

LatrinNCAP-SanderoLogan

O motivo da baixa classificação se deve à proteção do peito do motorista, considerada “pobre”, e das coxas, considerada “marginal”. A proteção para os pés foi considerada “adequada” e para o restante do corpo “boa”. Além disso, no teste de impacto frontal a estrutura foi considerada instável, enquanto no teste lateral faltaram uma estrutura de melhor desempenho e dispositivos de absorção de energia.

Por último, Logan e Sandero não têm cintos de três pontos para todos os ocupantes, e o sistema Isofix é vendido apenas como opcional, dois elementos que colaboraram para que a classificação dos modelos fosse mantida baixa.

 

 

Chevrolet Spin renovada chega em julho

01_gm_504a_12-06-2018-1160x292

A Chevrolet anunciou nesta terça-feira (12) que a reestilização da van Spin, que já circula pelas ruas em testes, será apresentada em julho. Junto do anúncio a fabricante também revelou um teaser, que confirma o que já se esperava sobre o novo visual da minivan.

Ela irá abandonar a dianteira arredondada (que lhe rendeu o apelido de Capivara), com a grade dividida em duas partes, em favor de uma nova grade cromada, em peça única, e faróis mais incisivos, ao estilo dos irmãos Prisma/Onix e Cobalt.

Na traseira ela deverá ganhar novas lanternas e alguma reestilização na porta do porta-malas, mas sem mudanças muito extensas. Sob o capô ela continuará com o motor 1.8 de 111 cv e 17,7 kgfm compartilhado com o Cobalt, que pode ser combinado ao câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas.

 

 

Porsche Boxster Spyder é flagrado com teto aberto e visual speedster

Boxstesprider

O Porsche 911 Speedster ainda é apenas uma versão conceitual, aparentemente distante das linhas de produção, mas isso não significa que você não poderá comprar um speedster com um flat-6 aspirado da Porsche em breve: o 718 Boxster Spyder será exatamente como uma versão em escala 75% do 911 Speedster, como mostram estas fotos do carro em testes com o teto aberto.

O visual não é novidade no Spyder, mas ainda era uma dúvida nesta segunda fase da terceira geração do modelo, visto que ele só havia sido fotografado com o teto fechado. Agora, sem camuflagem alguma, podemos ver claramente que ele terá o deck traseiro em forma de bolha dupla continuando a elevação dos santantônios como os speedsters clássicos e os mais recentes da Porsche.

Boxsterspoder

Outra diferença entre as versões mais comportadas do Boxster está no para-choques traseiro, que tem um desenho próprio e um enorme difusor combinado às duas saídas de escape. Diferentemente dos outros modelos do Boxster, que usam motores flat-4 turbo, este Boxster Spyder (e seu irmão Cayman GT4) deverá usar uma versão amansada do flat-6 aspirado de quatro litros do 911 GT3 (e do 911 Speedster), com cerca de 400 cv.

Ainda não há data de lançamento do Boxster Spyder, mas considerando que ele já está circulando sem caumflagem despudoradamente, é provável que ele seja mostrado na metade do segundo semestre.

 

 

McLaren P1 ganha versão “longtail”

O McLaren P1 já faz parte do passado dos hipercarros, mas a Lanzante continua trabalhando para mantê-lo atualizado — ao menos enquanto o próximo hipercarro da McLaren não dá as caras. A preparadora/construtora britânica está desenvolvendo uma versão “longtail” para o P1.

A novidade foi compartilhada pela própria Lanzante em sua página no Instagram, com uma foto da dianteira acompanhada pelas frases “Coming Soon. P1 GT Longtail.” Ainda não há detalhes, mas nos parece claramente uma versão mais radical do P1, semelhante às demais Longtail da McLaren — no caso o F1, o 675LT e o futuro 570LT.

A Lanzante, caso você não saiba, é a preparadora/construtora britânica que ajudou a desenvolver os McLaren F1 GTR de Le Mans e também é a responsável pela conversão dos P1 GTR para as ruas — e para o recorde não-oficial de Nürburgring Nordschleife, com 6:42.

O projeto GT Longatil foi encomendado por um cliente particular, e tem mais respiros nos para-lamas e um pacote aerodinâmico mais desenvolvido que o original. Além disso, o carro está pintado em um tom de verde que remete ao F1 GT, a versão de rua do Longtail. O carro teve apenas três unidades, uma delas ainda pertence à McLaren e as outras duas estão com colecionadores. Será que um deles está tentando combinar um P1 com seu F1 GT?

 

 

Mustang GT350 antecipa pacote aerodinâmico do GT500

31e22c9a-ford-mustang-shelby-gt350-11

Discretamente a Ford revelou a linha 2019 do Shelby GT350 nesta segunda-feira (11). O modelo continua com seu V8 5.2 de virabrequim plano, 533 cv e 59,2 kgfm, porém ganhou alguns refinamentos mecânicos e um novo pacote aerodinâmico projetado para cortar alguns décimos de segundo nas pistas, mas que, por acaso, antecipa detalhes do GT500.

d6c065d0-ford-mustang-shelby-gt350-7

As novidades incluem um novo spoiler traseiro, com um Gurney flap opcional – o que ajuda a aumentar a downforce pelo aumento de pressão sobre o spoiler e redução da pressão abaixo da peça —, e uma nova grade frontal que foi desenvolvida com experimentos em túnel de vento feitos nos Mustang de corrida, melhorando a penetração aerodinâmica. Apesar de parecerem modestas, as novidades, segundo a Ford, “aumentam significativamente a eficiência aerodinâmica do carro”.

47a2222c-ford-mustang-shelby-gt350-4

Além dos itens de aerodinâmica, o GT350 também ganhou novas rodas de alumínio de 19 polegadas e pneus Pilot Sport Cup 2 desenvolvidos em parceria com a Michelin. A suspensão também foi atualizada com molas recalibradas e amortecedores modificados, enquanto a assistência elétrica da direção foi refinada com base no desenvolvimento dos GT350 de corrida.

d5bab446-ford-mustang-shelby-gt350-1

O conforto também entrou nos planos dos engenheiros da Ford, que deram ao GT350 novos bancos com ajustes elétricos, novos paineis de porta com revestimento de camurça escura, ar-condicionado dual zone, controle universal de portões eletrônicos, sistema multimídia com tela de oito polegadas e sistema de áudio opcional da Bang & Olufsen com 12 alto-falantes.

c45594c9-ford-mustang-shelby-gt350-10

As vendas do esportivo começam somente no início de 2019, e ele terá mais dois tons de azul na paleta de cores: azul “Ford Performance” e azul “Velocity”.