FlatOut!
Image default
Car Culture Vídeos

London Motor Film Festival 2016: estes são os melhores curtas sobre carros deste ano

Ver um vídeo sobre carros é uma das formas que os entusiastas têm de sentir, ao menos um pouco, do que é acelerar o carro dos seus sonhos. Ou de se inspirar, admirando cada detalhe de um project car matador. Ou então, de admirar as habilidades de alguém que dedicou sua vida à pilotagem e agora é reconhecido no mundo todo. Às vezes, o vídeo em si — a música, a fotografia, a pós-produção — é a maior atração e, depois que acaba, você só consegue dizer “cara, que foda”. Não importa.

O que importa é que todas estas sensações e reações são possíveis com um bom vídeo sobre carros. E é exatamente para celebrar os melhores curtas-metragens automotivos do planeta que existe o London Motor Film Festival, que em 2016 chega a sua terceira edição.

O evento acontecerá no próximo dia 2 de setembro no The Grand, um dos edifícios mais antigos e luxuosos de Clapham, distrito no sul de Londres. Os curtas-metragens foram enviados por videomakers e produtoras do mundo todo pela Internet, e agora os melhores serão julgados por um verdadeiro time de especialistas que inclui o outlaw Magnus Walker e o ex-Fifth Gear Tiff Needell. Curtas artísticos, filmes institucionais e documentários puderam participar — e a gente selecionou alguns dos melhores finalistas (são quase 50 deles) para você conferir abaixo. Se estiver no trampo, salve o link deste post para ver depois, porque vale a pena.

 

Badass Latvian

O que acontece quando você coloca o melhor piloto de drift da Lituânia para andar de lado em seu BMW M3 E46 de 830 cv? Badass Latvian (que pode ser traduzido como “Lituano Fodão”), que é como a Gymkhana de Ken Block com menos logotipos da Monster Energy e dubstep.

 

The Real Italian Job

Inspirada pelo clássico “Um Golpe à Italiana” (The Italian Job, 1969), a Abarth produziu este curta em duas partes onde uma frota de Fiat 500 Abarth tenta impedir o roubo de planos secretos da divisão da Fiat — que incluem o Fiat 124 Spider Abarth. Porque não faria sentido usar o Mini Cooper, não é?

 

Porsche 924 GTP Restoration

Em 1976, a Porsche apresentou o 924, modelo de entrada no lugar do 914. Quatro anos depois, em 1980, o 924 GTP foi inscrito nas 24 Horas de Le Mans. Três exemplares, com três pilotos de diferentes nacionalidades — um alemão, um americano e um britânico, cada um com as cores de sua bandeira. Sendo o único Porsche a competir em Le Mans defendendo o Reino Unido, o 924 GTP 002 foi restaurado pela divisão britânica da fabricante, e todo o processo foi documentado neste belíssimo filme.

 

RWB Philadelphia #1 | Prince

A gente falou deste vídeo aqui. Nele, o emblemático Akira Nakai foi até a casa de um cliente em Filadélfia, nos EUA, para montar seu Porsche 911 RWB. O carro, um 993 verde-limão, recebeu o tratamento RAUH-Welt das mãos do próprio Nakai-San, com a ajuda da família do jovem proprietário. O documentário que mostra tudo é um dos mais bacanas que já vimos.

 

Chris Harris on Cars – Hypercars

Você conhece Chris Harris, o jornalista e apresentador que agora faz parte da equipe do Top Gear, e um dos caras que melhor mandam ao volante na atualidade. Este teste triplo com LaFerrari, McLaren P1 e Porsche 918 Spyder quase não é um curta com seus mais de 50 minutos de duração, mas certamente é a obra prima de Harris.

 

TESLA P85D /// Insane Metal Mode

Se você nos acompanha, sabe que o Tesla P85D já trocou farpas até com o Dodge Challenger Hellcat na pista de arrancada — graças a seu “Insane Mode”, acesso a toda a força de aceleração do Model S P85D. A potência é despejada toda de uma vez, provocando um belo solavanco e chegando aos 100 km/h em exatos três segundos. Mas, além de ficar colado no banco de um Tesla, o que mais pode acontecer com você em três segundos?

 

Texas Godzilla

“Texas Godzilla” é o nome do Nissan GT-R de mais de 2.000 cv feito pela T1 Race Developments — que, recentemente, cumpriu o quarto-de-milha em 7,38 segundos e atingiu os 376 km/h em meia milha, no Texas. Este vídeo mostra como o carro foi feito e, principalmente, como ele acelera. Insano.

 

Aston Martin Vulcan Hits The Track

Top Gear pode não ter mais Jeremy Clarkson, James May e Richard Hammond, mas nem por isso deixou de ser Top Gear na hora de produzir belos vídeos. O teste do Aston Martin Vulcan, monstro de pista com um V12 de sete litros e 800 cv, é uma bela prova disto. Coloque fones de ouvido.

 

Joyride

Com Joyride, a Pennzoil mostra que a melhor forma de vender lubrificantes automotivos é colocar uma Ferrari 488 GTB para andar de lado.

Finally 18

Nas 24 Horas de Le Mans de 2016 tivemos um dos finais mais surpreendentes da história do automobilismo: depois de liderar a prova praticamente toda, o protótipo da Toyota simplesmente parou faltando poucos minutos para o fim. Com isto, o Porsche 919 que vinha logo atrás acabou vencendo a corrida. Foi a 18ª vitória da Porsche em Le Mans, e este vídeo mostra como foi.

 

50 Years of F1

Uma das preciosidades desta edição do festival, 50 Years of F1 mostra de forma breve e artística alguns dos carros mais marcantes que a McLaren teve na Fórmula 1, com os carros vistos de cima e destaque para os capacetes dos pilotos. É uma produção relativamente simples, porém muito bem executada. É impossível assistir só uma vez.

 

Drift in the City

[vimeo id=”156590180″ width=”620″ height=”350″]

Esse negócio de colocar pilotos do Leste Europeu para andar de lado e filmar tudo parece mesmo dar certo: Drift in the City coloca o drifter profissional Sergey Kabargin ao volante de um Toyota Supra de drift pelas ruas de São Petersburgo, na Rússia. Um disclaimer no início do filme diz que todas as cenas foram feitas em ambiente controlado e são apenas encenações, mas a gente nem liga.

 

The Breakfast Club

Não se engane pelo nome de comédia/drama adolescente da década de 1980: The Breakfast Club mostra cinco dos maiores protótipos do Grupo 5 dos anos 1960 e 1970 — Ferrari 512S, Porsche 917K, McLaren M6B/GT e Lola T70 —, contando sua história e nos presenteando com belos sons e imagens. E muito rock and roll setentista ao fundo. Não dá para ficar melhor.

Matérias relacionadas

Mercedes-Benz 300SL “Gullwing”: os detalhes que você nunca viu do clássico alemão

Leonardo Contesini

Branco ainda é a cor da moda, mas o futuro dos carros deverá ser mais colorido, diz estudo

Dalmo Hernandes

Mais um engavetamento em Nürburgring – agora com 14 carros (veja o onboard)

Dalmo Hernandes