A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Macchine della polizia: o bom gosto e a classe das viaturas policiais italianas

Um bom carro de polícia precisa ter algumas características simples, porém importantes: precisa ser robusto, e suportar os traumas do serviço sem reclamar; precisa ter manutenção simples e barata, para não ficar muito tempo fora de serviço quando, inevitavelmente, for parar na oficina; e precisa ser razoavelmente rápido para uma eventual perseguição. Se não custar muito caro, melhor ainda. Claro, existem carros diferentes para finalidades diferentes – um patrulheiro de bairro não vai usar o mesmo carro que um agente federal rodoviário ou da força tática –, mas estas qualidades são sempre bem vindas, em todos eles. Em todos os cantos do mundo. Mas hoje, vamos falar da Itália – onde, aparentemente, os carros de polícia precisam passar por outro crivo: eles também têm de ser estilosos e entusiastas. Bom, talvez não seja exatamente assim, e mais uma questão de disponibilidade. Afinal, se o seu país produz alguns dos carros mais desejáveis do planeta, por que raios você vai q

Matérias relacionadas

Seat restaura o primeiro carro do Rei Felipe da Espanha: um Ibiza 1986

Dalmo Hernandes

A Evolução do Nissan GT-R, parte 1: o nascimento do Skyline e a herança das pistas

Dalmo Hernandes

Os melhores carros de Adrian Newey, o mago da aerodinâmica da Fórmula 1 — Parte 2

Dalmo Hernandes