A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Notícias

Marginais Pinheiros e Tietê terão limite de velocidade reduzido de 90 km/h para 70 km/h

A prefeitura de São Paulo decidiu reduzir o limite de velocidade das marginais Tietê e Pinheiros, as duas principais vias da capital paulista. A justificativa é o aumento do número de mortes no trânsito paulistano após um ano de queda (2013). Com a mudança, o limite irá cair de 90 km/h para 70 km/h nas pistas expressas e de 70 km/h para 60 km/h nas pistas locais.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) não divulgou dados específicos sobre o aumento do número de mortes, mas segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado, que baseia suas estatísticas somente nos boletins de ocorrência registrados pela Polícia Civil, o aumento foi de 4,5 % entre janeiro e setembro. As duas marginais são as vias com o maior número de acidentes fatais na capital — em 2013 foram 63 mortes nesses locais, quase 6% do total das 1.152 mortes ocorridas no trânsito da cidade em 2013.

Segundo o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, a alta das mortes se deve aos acidentes ocorridos durante a madrugada e nos fins de semana envolvendo jovens e consumo de álcool. Contudo, o secretário não relacionou as mortes aos limites de velocidade, tampouco mencionou quantas mortes ocorreram devido à alta velocidade, mas criticou a falta de fiscalização da Lei Seca, que é feita pela Polícia Militar, embora a corporação tenha multado mais motoristas por consumo de álcool até outubro deste ano do que nos primeiros dez meses de 2013. Além disso, durante a madrugada o tráfego de caminhões é liberado e a fiscalização se restringe aos radares fixos — não há agentes de trânsito patrulhando os trechos onde notadamente há abusos.

Vale mencionar ainda que as marginais já têm radares de fiscalização de velocidade e rodízio e também são líderes no número de multas aplicadas  — somente um dos radares da marginal Tietê aplicou mais de 107.000 multas em 2012. A arrecadação com multas chegou a R$ 1,2 bilhão em 2013 e deverá aumentar 29% em 2014, mas isso aparentemente não contribuiu para reduzir o número de mortes.

SAO PAULO/SP - 10/05/2010 - NOVA / VELOCIDADE / MARGINAL / TIETE - GERAL/JT - Placa de sinalizacao de velocida na pista expressa da Marginal Tiete.

Tatto ainda afirmou que o limite de velocidade será reduzido em várias outras vias da cidade, sem especificar quais serão afetadas. Basicamente, os limites serão reduzidos em 10 km/h (com exceção das vias expressas das marginais) – onde é 70 km/h passará a ser 60 km/h e onde o limite já é de 60 km/h será reduzido para 50 km/h. Desde o começo do ano passado a prefeitura de São Paulo vem reduzindo o limite de velocidade de algumas regiões como a avenida Ibiraquera, onde a velocidade máxima passou de 60 km/h para 50 km/h e em áreas do centro e dos bairros Moema e Santana, onde os limites são de 40 km/h.

Logicamente a medida é polêmica, não apenas pela redução dos limites de velocidade, mas também por que apesar de concentrar o maior número de mortes no trânsito, as duas marginais também são as vias por onde mais trafegam carros na capital: são 350.000 veículos por dia na marginal Tietê e outros 180.000 na marginal Pinheiros, totalizando 530.000 veículos circulando diariamente nas marginais. Multiplicando pelos dias de um ano, o número de mortes é proporcionalmente baixo em relação ao volume de tráfego: são 190 milhões de veículos e 63 mortes em 365 dias, o que resulta em uma morte a cada 5,7 dias e 3 milhões de veículos.

É importante notar também que boa parte dos acidentes fatais ocorridos nas marginais envolvem motociclistas: das 39 mortes ocorridas na marginal Tietê, 21 vítimas eram motociclistas (53% do total), enquanto na marginal Pinheiros 11 das 24 (46%) aconteceram sobre duas rodas. O quadro de maior risco, como já vimos neste post, é quando o diferencial de velocidade entre os veículos é alto demais, uma situação perfeitamente ilustrada pelo tráfego de algumas motos no corredor formado por veículos parados ou quase. Quando um motociclista trafega em velocidade inadequada pelo corredor, ele está mais sujeito a tornar-se vítima dos erros dos outros motoristas (ou até mesmo da casualidade, devido à sua necessidade de estar atento a todos os lados).

Outra questão é que, por conta do Rodoanel ainda não estar completo, as marginais ainda são a principal ligação da cidade e da região sul do estado com as rodovias Ayrton Senna/Carvalho Pinto (SP-070) e a Via Dutra (BR-116), que ligam São Paulo ao Rio de Janeiro. Considerando que as duas marginais somam 47 km de extensão, uma redução de 20 km/h no limite de velocidade aumenta significativamente o tempo necessário para cruzar ambas de ponta a ponta.

 

Matérias relacionadas

A Audi criou um R8 V10 para o novo Final Fantasy XV – e ele está à venda

Leonardo Contesini

Richard Hammond volta a se acidentar durante as gravações de The Grand Tour

Dalmo Hernandes

São Paulo terá 40% mais radares e espera arrecadação de R$ 1,2 bilhão em 2014

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados