A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Maverick Berta será protagonista em filme policial, o tempo de volta do Alfa Giulia em Nürburgring, Mitsubishi lança ASX O’Neill e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Maverick Berta será protagonista de filme

11896239_10153559920509138_759351460821835925_n

O lendário Maverick Berta, que disputou a clássica Divisão 3 pela equipe Hollywood nos anos 1970, voltou à ativa. Mas não espere vê-lo acelerar nas pistas brasileiras. A missão do V8 preparado por Oreste Berta desta vez é em frente às câmeras, como protagonista de um filme brasileiro com pretensões internacionais chamado “Maverick: Manhunt Brazil”.

 

A sinopse no IMDB não fala muito sobre o que esperar do filme: “Um estranho chega à pequena cidade de Passo Fundo, no sul do Brasil. E ele está em uma caçada a um assassino que acaba se tornando uma enorme conspiração envolvendo tráfico internacional de drogas”. Parece policial, meio ação. Mas o que interessa é que o carro usado por algum desses caras, provavelmente o estranho que irá caçar o assassino envolvido com narcotraficantes, é o Maverick Berta Hollywood. Você talvez não o tenha reconhecido por que ele foi envelopado de preto fosco para ganhar um ar mais sinistro, mas por baixo do vinil é exatamente o carro que conhecemos nas pistas brasileiras.

Embora o filme ainda não tenha um site oficial, nem fanpage no Facebook, as imagens de divulgação informam que ele será lançado em 2016. Esperamos ao menos uma cena de perseguição matadora.

 

Alfa Romeo Giulia teria completado o Nordschleife em 7:43

alfa-romeo-giulia-quadrifoglio-verde-nurburgring

Os limites de velocidade em determinados trechos de Nürburgring Nordschleife só devem ser suspensos em 2016, depois de uma reforma no circuito. Mas um rumor, que mereceu até banner, dá conta de que o novo Alfa Romeo Giulia teria completado o percurso em 7:43, ou 9 segundos à frente do recordista atual do mesmo segmento, o BMW M4. Ou o mesmo tempo gasto pelo Porsche 911 GT3 RS!

Como parece bom demais para ser verdade, ainda aguardamos uma confirmação oficial do tempo. Mas isso já mostra que o novo sedã da Alfa Romeo não pretende chegar ao mercado com papel de coadjuvante. o Giulia quer os holofotes reservados aos protagonistas. Seja em que palco ele tiver de atuar.

 

Mitsubishi lança ASX O’Neill no Brasil

FlatOut 2015-08-27 às 11.56.56

A Mitsubishi está lançando no Brasil uma edição especial e limitada do crossover ASX. Criado em parceria com a marca de surf O’Neill o ASX O’Neill terá 300 unidades, uma pegada mais aventureira e uma lista especial de equipamentos e acessórios de série.

Por fora, o modelo recebeu uma nova grade dianteira, mais robusta e alinhada com a identidade visual da marca, e pintada em cinza grafite — mesma cor dos retrovisores, maçanetas, molduras dos faróis de neblina e parte inferior dos para-choques. Os faróis agora têm máscara negra e as rodas de 17 polegadas são exclusivas da versão. Sendo um carro com inspiração no surfe, o ASX O’Neill também vem equipado com rack de teto com espuma protetora. A versão é identificada por uma faixa diagonal nas portas dianteiras.

FlatOut 2015-08-27 às 11.57.02

Por dentro, os bancos de tecido ganham a marca O’Neill e o sistema multimídia com touchscreen e controles no volante é item de série. Ali, a identificação da versão é feita por uma plaqueta no porta-luvas, indicando o número da série de 300 unidades. O motor é o 2.0 16v com comando variável MIVEC e 160 cv de potência — o mesmo das versões comportadas do Lancer — combinado ao câmbio CVT com simulação de seis marchas e paddle shifters no volante.

 

Cesvi mostra carros com manutenção mais cara e mais barata do Brasil com o IMV

chevrolet_celta_51-620x403

O Cesvi (Centro de Experimentação e Segurança Viária) lançou em agosto um índice que pode ajudar muita gente a se decidir sobre a próxima compra de carro. Novo ou usado, já que o IMV, ou Índice de Manutenção Veicular, levou em conta os 45 carros mais vendidos em 2014 no Brasil.

VW-Golf-GTI

Quanto mais alta é a nota, mais caro o carro é de manter. Os carros que cobram mais caro na oficina são o VW Golf GTI, com 52 pontos, e o VW Jetta Highline TSI, com 49. Os que cobram menos, com 20 pontos cada um, são o Chevrolet Celta, os Fiat Uno, Palio Fire, Fiorino, os Toyota Etios e Etios Sedan e os Volkswagen Gol e Voyage.

 

Ferrari estuda uma plataforma modular de alumínio

ferrari_california_t_13

Cada modelo da Ferrari usa uma plataforma própria. Isso faz os custos de desenvolvimento de cada um deles serem altíssimo, algo que o preço alto de cada unidade talvez não compense. Ainda que o projeto se pague, economizar é a palavra mundial de ordem na indústria automotiva e a Ferrari não escapa dela, ainda mais depois de emitir ações, com acionistas sempre atentos aos resultados financeiros. A solução pode ser a adoção de uma plataforma modular.

Segundo o site Carzi, a marca italiana pode estar estudando uma plataforma em alumínio para servir de base a seus novos modelos. O material seria mais fácil de consertar, em caso de batidas, e mais barato do que a fibra de carbono. O primeiro modelo a adotar a nova plataforma deve ser o sucessor da Ferrari California T, previsto para surgir por volta de 2017.

 

Volta da Ranger aos EUA pode reviver o Bronco

2016-Ford-Bronco-Concept-Front

Quando o Troller T4 de segunda geração foi apresentado no Brasil, a imprensa dos EUA chegou a noticiar que ele poderia ser vendido por lá como o novo Bronco. A coisa não caminhou, mas não impediu que a demanda pelo renascimento do jipão continuasse acesa. Tanto é que a empresa renovou a patente pelo nome e já estuda produzi-lo na fábrica de Wayne, em Michigan, que atualmente produz o Focus. O modelo médio vai passar a ser fabricado no México, o que pode deixar a planta ociosa se nenhum acordo para novos produtos for fechado. E é aí que entra o novo Bronco.

O fato é que o Jeep Wrangler anda vendendo muito nos EUA e reina sozinho em sua categoria. Além da Ford se interessar em pegar um naco deste mercado, a GM também pretende produzir um jipão, com a marca GMC, para atacar o rival da FCA. E também substituir o Hummer, especialmente em tempos de gasolina barata. Pelo menos nos EUA…

 

FCA tem novidades sobre o Charger e o Barracuda

2016-Dodge-Charger-release-date-and-price

O final desta década reserva grandes novidades para o grupo FCA, de acordo com o site Automotive News. O CEO da empresa, Sergio Marchionne, teria mostrado aos concessionários na última terça, em Las Vegas, uma série de novos produtos,e entre eles um novo Charger e o Barracuda conversível, agora sob a marca Dodge, em vez de Plymouth, que já habita os campos elíseos.

Tanto o Charger quanto o Barracuda, que seria um Challenger em escala 7/8, usariam a mesma plataforma que estreará no Alfa Romeo Giulia. Segundo relatos de um concessionário, o Charger seria parecido com um Corvette com quatro portas, com um estilo que lembra o do conceito Charger R/T de 1999.

A ideia do grupo é revisitar alguns nomes históricos e modernizar seus ícones atuais, uma receita para manter as vendas em alta enquanto se atinge os níveis de emissões e de economia de combustível que o governo norte-americano vai passar a exigir.

Marchionne teria mostrado também o SUV da Alfa Romeo, novos Maserati, como o Alfieri, o Grand Cherokee Trackhawk, com o motor 6.2 V8 HellCat, o Grand Wagoneer e a nova geração do Wrangler. Também teria prometido pelo menos 30 novidades para os próximos dois anos, o que inclui o Giulia e o Fiat 124, baseado no Mazda MX-5 Miata.

Matérias relacionadas

Como a má conservação das estradas influencia os acidentes fatais no Brasil

Leonardo Contesini

Nissan GT-R e Mercedes GT R se enfrentam na rua e na pista. Qual deles é o melhor?

Dalmo Hernandes

Os pocket rockets mais legais que se pode comprar em 2018 (e que não temos por aqui…)

Dalmo Hernandes