Edição diária: 19/06/2019
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #229

Maverick Super Luxo V8 “restomod”: meu Project Cars #229 está concluído!

Prezados amigos, depois de uma certa demora venho finalmente relatar a segunda (e última) parte do meu Project Cars #229:  meu Maverick V8 76, o “joão-pinto do asfalto”. Bom, pronto não tá, já que, para quem restaura carros antigos a palavra “pronto” não existe, mas… vocês entenderam, né?

Na primeira parte falei bem mais da história do carro e do meu casamento do que propriamente da preparação do carro, já que nessa fase foi feito basicamente só a funilaria, pintura e tapeçaria. Agora, na fase 2 é que a coisa muda de figura, que o motor rosna e o carro toma a forma que idealizei.

Antes mesmo de começar a descrever tudo o que foi feito no carro, gostaria de lembrar  que esse Maverick era originalmente um Super Luxo quatro-cilindros. Do carro original ficou praticamente só a carroceria. Fiz tudo do meu jeito, seguindo o que e gostaria de fazer no carro portanto, muita coisa foi melhorada e/ou customizada para deixar o carro mais seguro e mais do meu jeito.

Vou tentar descrever aqui todas as melhorias e mudanças feitas no carro. Tentei melhorar principalmente pontos de segurança como suspensão, direção, sinalização (melhores lanternas), freios além do motor e transmissão, é claro. Então vamos lá…

Continuando a história…

flatout IMG_3339

Só relembrando: na primeira fase fiz a funilaria, pintura (cor laranja califórnia), restaurei e recromei para-choques, soleiras e todos os frisos, substitui as rodas e pneus e fiz todo o interior (bancos Recaro revestidos de couro, volante Grant, tapetes importados) encostei o carro na garagem.

 

O interior foi feito todo em bege/caramelo com o forro do teto na cor creme. consegui também o conta-giros da coluna (igual ao original, mas foi montado por mim).

 

Motor elétrica e transmissão

flatout IMG_3452

O carro veio com um quatro-cilindros e a intenção era mesmo de deixar ele lá, talvez turbiná-lo, pois o sonho do V8 parecia distante demais. Comecei a pesquisar preços dos motores V8 e já havia desistido por hora. Foi aí que surgiu uma grande oportunidade para conseguir as peças todas vindas dos Estados Unidos: comando, tuchos, coletor de admissão e escape, flowmasters, carburador, cabos de vela, distribuidor, módulo, filtro de ar… vai falando aí. Pedi meio carro dos EUA!

flatout IMG_3831

A primeira mudança foi no motor: sai o quatro e entra o V8! O motor foi montado em São Paulo pela Tio Giuli garage. Comprei o motor de um amigo já com vira, pistões, bielas e cabeçotes e o Tio montou o motor pra mim. Demos uma ligeira preparada no motor, nada muito absurdo, mas colocamos um pouco mais de força na máquina: o bloco foi retificado e a gaxeta deu lugar a retentor para não vazar nunca mais, cabeçotes re-trabalhados e com componentes novos, todo conjunto foi balanceado na Retsan, o comando original substituido por um Edelbrock 270/280 com tuchos da mesma marca, carburador quadrijet edelbrock e coletor de admissão Edelbrock Performance.

Para deixar o coração da máquina bonito foram colocados também tampas de válvula e filtro de ar Edelbrock. Pra manter a “cuca fresca” foi instalado um radiador Champion de alumínio em conjunto com bomba dágua high-volume e válvula termostática também high volume (milodon). Bombas de óleo e combustível também high volume assim como o pescador, tudo Milodon. Motor todo montado com parafusos ARP.

flatout IMG_3830

A parte elétrica também foi toda melhorada com distribuidor novo, módulo de ignição e bobinas MSD e cabos de vela Ford racing.
A transmissão escolhida foi uma T5 com um trambulador “short’shifter” para engates curtos e precisos. A relação é uma 3,31:1 (do Maverick seis-cilindros) o que faz o carro arrancar bem e deixa o giro relativamente baixo na estrada. Sei que esqueci alguma coisa, mas nessa parte é isso que lembro.

Toda as instalações de motor e de tudo mais feito no carro foram feitas pela ocifina Biroli & Rizzato, em Potirendaba, no interior de São Paulo. O Odacir e o Vinícius Rizzato (esse veoiteiro nato) e o Biroli quebraram a cabeça durante os quase nove meses que o carro ficou “internado” para deixar tudo redondo.

 

Sistema de escape

Captura de Tela 2015-10-08 às 15.04.41

Aqui foram colocados coletores dimensionados Hedman curtos. O escape foi feito todo em 2,5″ com equalização em “H”. Os abafadores colocados foram dois Flowmaster S40 com ponteiras saindo na traseira do carro. Cortei a saia traseira para a saída das ponteiras e gostei do resultado. Tive que sair com as ponteiras bem na parte lateral, já que substitui o tanque original por um maior de 80 litros. Uma das coisas mais legais do carro são os difusores elétricos ou “cut-outs” instalados abaixo do carro (abrem e fecham uma saída direta de escape), antes do abafadores; assim posso abrir os difusores e ouvir toda a saúde do V8 quando quiser e sempre fechar quando for pegar a estrada por exemplo.

 

Suspensão, rodas, pneus e freios

flatout Maveco chip IMG_3879

A suspensão foi toda revisada, teve buchas e pivôs trocados. Importei a barra estabilizadora traseira o que ajudou muito a diminuir a rolagem da carroceria em curvas. As rodas originais foram substituidas por rodas palito 17, tala 7 e 9 e pintadas de preto na parte interna para seguir o estilo do carro. Os pneus colocados são 215/55 17 dianteira, 255/45 17 traseira.

Os freios originais também foram substituídos: Na traseira, os freios a tambor, que tem fama de travar, deram lugar a freios à disco de disco simples. Na dianteira, o sistema bendix de pistão simples (que não me passava confiança alguma) foram substituídos por freios Wilwood com pinças de 4 pistões. Um sistema de servo-freio também foi instalado.

 

Direção e segurança

A direção original “queixo-duro” nem era tão dura assim, mas eram 200 voltas de batente à batente o que não é muito seguro caso seja necessário desviar de algum obstáculo repentinamente. Importei a caixa de direção hidráulica da marca Borgeson, que é feita na medida para alguns carros da Ford, incluindo o Maverick sem precisar de adaptações. A direção ficou muito macia, pode se esterçar o carro com apenas um dedo e ficou como um carro moderno, com 3,5 voltas de batente à batente, tornando a condução além de mais confortável, mais segura.

flatout maveco IMG_3398

Os faróis e lanternas também foram substituídos por de melhor qualidade. Os dianteiros deram lugar à faróis diamond, com lentes lisas de vidro e lâmpadas halógenas. Na traseira, queria melhorar a qualidade de iluminação das lanternas mas manter a originalidade das mesmas. A saída foi pedir para um customizador fazer as lanternas de LED pra mim para encaixar nas molduras originais. Aproveitei para tirar aquele aspecto de “vesgo” do Maverick fase 1, retirando a divisão entre lanterna e luz de ré. Ficou muito bom, com a luz de freio bem visível, setas na cor âmbar e luz de ré também bem forte.

 

João-pinto do asfalto

flatout maveco posto rod IMG_3536

Trabalho como guia de observação de aves e o joão-pinto (corrupião, sufrê) é uma das aves mais bonitas, na qual me inspirei para fazer o carro preto e laranja. As faixas laterais são inspiradas no primo Mustang, as faixas do capô foram inspiradas nos Maverick Grabber de 1970 americanos. Se repararem na traseira, o friso original do Super Luxo continua lá, só que pintado de preto.

A tampa do tanque também é exclusiva, cromada e preta. Bom, ainda falta instalar o ar condicionado (comprei caixa evaporadora igual a do mustang) mas é só isso. Tem uma e outra coisa que pretendo melhorar, mas isso vou fazendo aos poucos, já que agora quero mais é curtir o carro!

flatout maveco posto IMG_3806

Só uma dica importante para quem está restaurando ou pensa em restaurar um antigo: Não tenha pressa, faça tudo com muita calma pois só assim ficará bem feito. Quando vi o motor pronto queria o carro já rodando na semana seguinte…foram oito meses! Restauração é um processo lento e quase artesanal, então curta o processo, pois quando chega perto do fim, chega dar uma tristeza!

flatout Maveco posto IMG_3693 flatout Maveco rod IMG_3145

Valeu galera! Qualquer dúvida sobre peças que usei, part numbers etc, é só me escrever que terei prazer em ajudar.

Boa sorte e grande abraço! Obrigado à todos que acreditaram e apoiaram a realização desse sonho! Obrigado ao pessoal da FlatOut pela oportunidade de mostrar aqui a restauração do “João-pinto do asfalto! Special thanks to my friends Conor, Ginny, Lyn and Bill…couldn’t have done it without you guys! 

Por Zapa, Project Cars #229

0pcdisclaimer2

Uma mensagem do FlatOut!

Zapa, que baita projeto! Ele provavelmente deve ter causado a torção de alguns narizes mais puristas, mas poucas coisas chamam a atenção como um belo projeto restomod, especialmente do Maverick. Mais legal é que tudo foi feito com boas referências e, mais importante, de acordo com seu (bom) gosto pessoal. Parabéns pelo projeto!

Matérias relacionadas

Project Cars #363: a conclusão do meu Honda Civic VTi EG6

Leonardo Contesini

Conte a evolução do seu projeto no FlatOut – última chamada!

Juliano Barata

Project Cars #297: a preparação do meu BMW 328i E36

Leonardo Contesini