A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos Zero a 300

Maybach S650 Pullman 2019: as definições de ultra-luxo foram atualizadas com sucesso

Se você tem dinheiro praticamente infinito e quer um carro ultra-luxuoso, duas das opções mais tradicionais são britânicas: um Rolls-Royce ou um Bentley. Acontece que, veja só, estas duas marcas podem até ter nascido no Reino Unido e lá terem suas sedes, mas elas são propriedade de alemães e usam tecnologia alemã: a Rolls-Royce pertence à BMW e a Bentley faz parte do Grupo Volkswagen. Sendo assim, por que não escolher um carro de alto luxo alemão de verdade? Se você também se fez esta pergunta, saiba que o Mercedes-Maybach S650 Pullman tem tudo para ser este carro. E ele acaba de ser renovado para ficar ainda mais opulento.

Como você deve lembrar, a Mercedes-Maybach é a divisão de alto luxo da Mercedes-Benz, que há uns dois anos mudou a sua nomenclatura para colocar um “Mercedes-” na frente dos nomes de suas submarcas – Mercedes-AMG e Mercedes-Maybach. Mas muita gente ainda diz só “AMG” e “Maybach”, mesmo. Enfim: há algumas décadas o maior e mais luxuoso sedã da Mercedes que se podia comprar era o 600 Pullman, limousine construída artesanalmente entre 1963 e 1981 que tornou-se o Mercede favoritos de ditadores e celebridades multimilionárias.

mercedes-600 (1)

O nome Pullman era uma referência/homenagem aos luxuosos vagões de trem de passageiros operados pela empresa americana de mesmo nome – mais especificamente, os vagões onde os passageiros mais abastados dormiam durante as viagens mais longas, com acomodações mais intimistas e requintadas. O 600 Pullman original tinha a mesma identidade visual do Classe S da época, porém era considerado um modelo separado e tinha até código próprio – W100, enquanto o Classe S era o W108. E o W100 era tão grande e pesado (a versão curta tinha 5,45 metros de comprimento e 3,2 metros só de entre-eixos) que precisou de um motor V8 novo, desenvolvido especialmente para ele, porque o seis-em-linha mais potente que a Mercedes tinha na época simplesmente não dava conta.

O Maybach S650 Pullman é a versão moderna do clássico. E ele definitivamente faz por merecer o sobrenome.

mercedes-maybach_s_650_pullman_50

Ao pagar pelo menos meio milhão de Euros por um S650 Pullman – a Maybach não é muito específica, até porque se você é o tipo de pessoa que precisa saber o preço exato de um Maybach, você não é o tipo de pessoa que realmente pode comprar um Maybach – você (ou melhor, o seu chauffeur) leva para casa um sedã de 6.499 mm de comprimento (mais de um metro mais longo que um Classe S “comum”), 1.905 mm de largura, 1.598 mm de altura (10 mm a mais que o Classe S, resultando em um aumento expressivo no espaço para a cabeça) e impressionantes 4.418 mm de entre-eixos. Para se ter uma ideia, o carro mais curto construído pela Mercedes, o Smart ForTwo, tem 2.695 mm de comprimento e 1.873 mm de entre-eixos. São carros diferentes em todos os aspectos, claro, mas esta comparação dá uma boa dimensão do tamanho que tem o S650 Pullman.

mercedes-maybach_pullman_s_600_guard_5

A grade nova…

Mercedes-Maybach-Pullman-1

… e a grade antiga. Qual delas você prefere?

O visual do lado de fora não mudou muito: o maior destaque segundo a própria Maybach é a nova grade com filetes verticais em vez de horizontais. As inspirações foram duas: o conceito Maybach 6, apresentado em agosto de 2016, e o padrão dos ternos “risca-de-giz”. O carro também ganhou rodas de 20 polegadas com o desenho 10-hole (dez furos). E agora é possível optar por uma pintura em dois tons totalmente personalizados.

O motor é um V12 biturbo de seis litros (5.980 cm³) capaz de entregar 630 cv e 102 mkgf de torque, acoplado a uma caixa automática de seis marchas. Com isto, o enorme sedã mais de 4.500 kg ainda consegue ir de zero a 100 km/h em 6,5 segundos – até que o chauffeur se saiu bem nesta. A Maybach não divulgou uma foto do motor, porque na real quem compra um Maybach S650 não liga muito para isto. Porque o dono de um desses raramente dirige o carro.

mercedes-maybach_s_650_pullman_3 mercedes-maybach_s_650_pullman_4

Aliás, quem vai dentro do Maybach S650 Pullman 2019 é quem percebe as maiores mudanças. Para começar, há três novas opções de cores para o revestimento interno: cinza Magma Grey, marrom Mahogany Brown e a combinação de bege Silk Beige com azul Deep Sea Blue. Então,  há o novo sistema de som com o recurso 2 Cabin, que permite que se toque músicas diferentes no cockpit e na área dos passageiros. Além de serem separadas por uma partição de vidro acionada eletricamente, as duas áreas do carro provavelmente contam com alto-falantes direcionais, que utilizam ondas de alta frequência, ouvidas só por quem está voltado diretamente para o alto-falante. O sistema de som padrão é um Burmester com sistema surround “high-end 3D”, que opcionalmente pode trazer alto-falantes no teto e nos encostos de cabeça dos bancos – e você pode até escolher os alto-falantes que melhor se adaptam ao seu gênero musical favorito.

mercedes-maybach_s_650_pullman_1 mercedes-maybach_s_650_pullman_2

Repare como a porta fica afastada dos assentos, facilitando o acesso e a saída

Um detalhe interessante: os ocupantes dos bancos executivos (os que ficam mais ao fundo, com mais conforto e espaço) podem rebater o assento dos bancos à sua frente e assistir o que quiserem em telas LCD que ficam escondidas embaixo deles. Também há uma tela maior, entre os encostos de cabeça.

mercedes-maybach_s_650_pullman_5

O teto solar só está disponível para os passageiros. O chauffeur tem de se contentar com sistema de som separado com alto-falantes de alta qualidade, tela sensível ao toque de 12,3 polegadas, ar-condicionado exclusivo, bancos de couro, muito espaço e um V12 biturbo de 630 cv…

mercedes-maybach_s_650_pullman_75

Uma nova e muito precisa interpretação do termo “almofadinha”. O carro das fotos tem couro bicolor em bege e azul escuro (nas fotos ele parece preto, mas o site da Maybach deixa claro que é azul), além de acabamento em nogueira de verdade

No console central, além de um frigobar, há um porta-taças com grampos que prendem a base das taças para que elas não caiam com o carro em movimento. E, claro, saídas de ar individuais, porque cada pessoa tem suas próprias preferências quanto à temperatura do sistema de ar-condicionado. E todos os vidros do compartimento de passageiros vêm com persianas. O teto solar panorâmico também possui uma cobertura, para quando se busca mais privacidade. E, com tanto espaço e conforto disponíveis, um pouco de privacidade ali de vez em quando é uma boa ideia.

 

Matérias relacionadas

Interlagos será reaberto neste mês, novo Audi TT é lançado no Brasil, o Sandero RS de cara limpa, um recall de quase 500.000 carros da Honda e mais!

Leonardo Contesini

Jeep registra novo SUV no Brasil, “elétricos não estão prontos”, Lego lança Aston de James Bond (com assento ejetável e metralhadoras) e mais!

Leonardo Contesini

Renault Duster ganha cara nova para 2015, Polícia apreende carrinho de supermercado em rodovia de SC, o Range Rover mais luxuoso já feito e mais!

Leonardo Contesini