A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

McLaren GT revelado com 620 cv, Jaguar I-Pace lançado no Brasil, modelos Mini JCW ganham novo 2.0 de 306 cv e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

McLaren GT é revelado com motor V8 biturbo de 620 cv e máxima de 326 km/h

A McLaren, em tempo recorde, revelou seu mais novo modelo: o grand tourer batizado simplesmente McLaren GT – simples e eficaz, diga-se. O novo modelo, de acordo com a fabricante britânica, possui desempenho e aceleração de superesportivo, mas sua verdadeira vocação é atravessar continentes.

O McLaren GT, segundo a companhia, tem “DNA do Speedtail” e é mais longo do que qualquer outro modelo da marca. Ele tem 4.683 mm de comprimento, 2.675 mm de entre-eixos, 1.213 mm de altura e 2.095 mm de largura. Com isto, garante-se maior espaço interno para dois ocupantes e alguma bagagem – segundo a McLaren, o porta-malas traseiros tem tamanho perfeito para dois sacos de golf ou dois pares de esquis. São 420 litros no compartimento traseiro e mais 150 litros no compartimento dianteiro.

O motor é o V8 biturbo de quatro litros M840TE, com 620 cv a 7.500 rpm e 64,2 kgfm de torque entre 5.500 e 6.500 rpm – sendo que pelo menos 95% do torque já estão disponíveis a partir das 3.000 rpm. Com câmbio de dupla embreagem e sete marchas, o propulsor é capaz de levar o McLaren GT de zero a 100 km/h em 3,1 segundos, atingindo a velocidade máxima de 326 km/h. Apesar disto – e de o câmbio ter modos Comfort, Sport e Track – a McLaren afirma que o GT não foi feito para virar tempos na pista. O que não impede seu futuro dono de fazê-lo, claro.

O interior do carro parece mesmo mais arejado e amplo do que nos outros McLaren, além de trazer um estilo menos agressivo e mais elegante, e traz itens como um sistema multimídia atualizado e mais rápido, ar-condicionado de duas zonas e interior com revestimento opcional de casimira (o couro é de série). Outro opcional é o teto de vidro eletrocrômico, que escurece ao toque de um botão. A McLaren observa que o interior é mais silencioso que em seus outros modelos graças ao isolamento extra entre o motor e o habitáculo e aos suportes 50% mais flexíveis no cofre. A suspensão também tem ajuste mais macio, e pega emprestados do McLaren 720S os amortecedores adaptativos que escaneiam o piso à frente do carro e se ajustam automaticamente de acordo.

A companhia afirma que o McLaren GT foi feito para ser o mais leve possível, usando um monocoque de fibra de carbono com estruturas de impacto feitas de alumínio na dianteira e na traseira. Seco, o carro pesa 1.466 kg – apenas 47 kg a mais que o McLaren 720S. As rodas são de 20×8 polegadas na dianteira e 20×10,5 polegadas na traseira, com pneus Pirelli P Zero de medidas 225/35 na dianteira e 295/30 na traseira.

A McLaren diz que o GT já pode ser encomendado nas concessionárias da marca por todo o planeta, com as entregas começando no final de 2019. O preço parte de £ 163.000 – mais de R$ 840.000 em conversão direta. (DH)

 

 

Jaguar lança no Brasil o SUV elétrico I-Pace por R$ 450.000

A Jaguar lançou nesta terça-feira (14) seu SUV elétrico I-Pace. O modelo chega as lojas no próximo dia 27 e será vendido em versão única por R$ 449.190. O preço, contudo, se refere a um pacote especial de lançamento, que vem equipado com uma série de opcionais, como as rodas de 20 polegadas com acabamento usinado, sistema multimídia com áudio Meridian e sincronização com aplicativos de smartphones, teto panorâmico e carregador doméstico.

A Jaguar não divulgou quantos carros serão oferecidos com este pacote de lançamento, mas disse que a versão regular terá um pacote mais simples e custará R$ 437.000. O configurador do site da fabricante, contudo, exibe o I-Pace em três versões diferentes: S, SE e HSE — esta última com um pacote de equipamentos semelhante ao da versão de lançamento.

Todas as versões do I-Pace são equipadas com dois motores elétricos que somam 400 cv (um motor de 200 cv em cada eixo) e 69,6 kgfm, alimentados por uma bateria de 90kW que permite autonomia de até 470 km em condições ideais.

O FlatOut esteve presente no lançamento do modelo e, em breve, teremos uma avaliação do “mundo real” com o carro. Fique ligado! (LC)

 

Modelos Mini John Cooper Works ganham novo 2.0 de 306 cv

A Mini anunciou nesta quarta-feira o lançamento dos novos Clubman e Countryman John Cooper Works com um novo motor 2.0 turbo de 306 cv. O motor é uma variação do B48 semelhante à utilizada pelo X3 M35i, que tem um virabrequim reforçado, mancais mais largos, pistões e bielas revisados, um novo coletor de admissão e um amortecedor de vibrações.

Com o novo motor de 306 cv entre 5.000 e 6.250 rpm e 45,8 kgfm entre 1.750 e 4.500 rpm, o Clubman vai de zero a 100 km/h em 4,9 segundos enquanto o Countryman precisa de 5,1 segundos. Com o antigo motor de 231 cv, o Clubman precisava de 6,3 segundos e o Countryman precisava de 6,6 segundos. A velocidade máxima continua a mesma, limitada eletronicamente a 250 km/h.

Além dos componentes internos, o B48 também precisou de um melhor controle de temperatura, o que exigiu dois radiadores externos, um reservatório de expansão maior, um módulo de arrefecimento independente da ECU, ventoinha mais potente e um novo condensador. O câmbio Steptronic de oito marchas também tem um radiador próprio para seu lubrificante.

A suspensão também foi modificada para otimizar o comportamento dinâmico do carro, com nova geometria na dianteira. Os freios agora usam discos de 360 mm na dianteira, 330 mm na traseira e pinças de quatro pistões na dianteira nos dois carros.

Externamente, as únicas diferenças são as lanternas do JCW Clubman, que agora têm um arranjo interno que reproduz a bandeira do Reino Unido, a Union Flag/Jack. (LC)

 

Novo Honda Fit 2020 tem interior flagrado e exibe painel digital

A próxima geração do Honda Fit já está bem adiantado em desenvolvimento. Semanas depois dos primeiros flagras externos, agora foram feitos novos flagras, com direito à primeira imagem o interior do hatchback.

As fotos publicadas por um usuário japonês do Twitter, @laimu_206, dão uma noção melhor do exterior, que terá faróis triangulares e lanternas horizontais, avançando em direção à tampa do porta-malas.

Por dentro, embora não haja muita clareza, é possível ver parte do novo desenho do painel (que ainda está coberto), o volante e o cluster de instrumentos – que será digital, como é tendência no mercado atualmente, porém ainda terá mostradores analógicos para o nível de combustível e temperatura. O volante de desenho inédito traz alguns botões para comandos do rádio e outras funções.

Embora a Honda ainda não tenha se pronunciado oficialmente sob o motor, é dada como certa a adoção de motores turbo 1.0 e 1.5, sendo que este último será ligado a dois motores elétricos – o modelo híbrido possivelmente será a única opção na Europa. A estreia do novo Fit no Japão (onde ele se chama Honda Jazz) está marcada para o fim deste ano, com chegada às concessionárias no começo de 2020. Nos meses seguintes, ele deverá ser lançado na Europa. Já no Brasil, é improvável que ele seja lançado antes de 2021. (DH)

 

Aston Martin DB5 “Goldfinger” terá metralhadoras falsas

Em agosto do ano passado, a Aston Martin anunciou que iria produzir 28 exemplares do DB5 de James Bond — com a pintura prata, e todos os gadgets do espião. Passado quase um ano, os modelos já estão sendo fabricados no esquema de “continuation”, ou seja, usam os VIN originalmente reservados para a produção do DB5 nos anos 1960.

Nesta segunda-feira (14) a fabricante britânica divulgou um vídeo com os detalhes do carro e alguns dos gadgets do espião em funcionamento, como o esguicho de óleo escondido nas lanternas traseiras e as metralhadoras embutidas no para-choques dianteiro — tão falsas quanto divertidas.

Sendo uma série completamente artesanal, eles obviamente serão um tipo de brinquedo para bilionários: Aston irá cobrar 2,75 milhões de libras esterlinas (R$ 14,1 milhões) por cada unidade. (LC)

 

Volkswagen revela teaser do interior e sketch do novo Golf

A Volkswagen divulgou mais um teaser da oitava geração do Golf. seguindo a tendência da indústria automotiva. Dessa vez foram revelados um sketch e um teaser do painel do hatch médio. O sketch revela que três aletas horizontais atravessam uma grande tomada de ar que ocupa grande porção do para-choque. De resto é o mesmo Golf que já foi flagrado sem camuflagem.

No teaser do interior o fabricante revela apenas o painel, que tem tendências que devem ser seguidas pelos próximos modelos da marca. O volante é novo e não é compartilhado com modelos existentes. O painel digital tem grafismo diferente dos atuais da marca também e é acompanhado por uma central multimídia grande no topo do painel, deixando as saídas de ventilação em posição mais baixa.

O Golf é um carro que dita tendências na Volkswagen, então esse estilo de painel mais horizontalizado poderá ser visto nos modelos futuros da marca, o interior mais próximo desse na linha atual é o do Touareg. A oitava geração do Golf tem lançamento previsto para o salão de Frankfurt em setembro desse ano. (ER)

 

Smart ForTwo Final Collector’s Edition marca o fim da combustão interna na linha

A Smart apresentou nesta semana o ForTwo Final Collector’s Edition by Konstantin Grcic, modelo limitado a 21 unidades que, pelo que diz a empres,a será o último com motor a combustão interna – o três-cilindros turbo de 900 cm³ com 90 cv e 13,8 kgfm de torque, acoplado a uma caixa de dupla embreagem e seis marchas. Com este conjunto, o ForTwo é capaz de ir de zero a 100 km/h em 10,8 segundos.

O carro tem visual assinado pelo designer Konstantin Grcic, que deu ao carro uma pintura bicolor amarela e preta, incluindo rodas dianteiras e traseiras de cores diferentes, com o #21 nas laterais – um aceno aos 21 anos desde a estreia da marca Smart. O carro também traz uma plaqueta comemorativa nas soleiras das portas e um emblema nas molduras dos retrovisores, ambos alusivos à versão.

Depois que as 21 unidades do Smart ForTwo FCE forem feitas, a marca passará a fabricar apenas carros elétricos, tornando-se a primeira fabricante de automóveis a realizar esta transição completa. (DH)

 

DeTomaso anuncia retorno e vai apresentar um novo modelo ainda em 2019

Lembra do Ares Design ProgettoUno, o De Tomaso Pantera feito sobre o Lamborghini Huracán apresentado por Dany Bahar? Pois temos uma notícia ainda melhor: a DeTomaso verdadeira vai voltar a fabricar automóveis.

O anúncio veio da Apollo, companhia sucessora da Gumpert que, atualmente, fabrica o superesportivo Intensa Emozione. Ryan Berris, o novo gerente da marca, diz que a nova De Tomaso Automobil mostrará um novo conceito, o Project P (seria “P” de Pantera?) no Goodwood Festival Of Speed 2019, marcado para os dias 4 a 7 de julho. Segundo a Apollo, o conceito está sendo desenvolvido desde 2014, quando a empresa adquiriu os direitos sobre a marca De Tomaso.

Para Berris, o fundador Alejandro de Tomaso merece o mesmo reconhecimento de enzo Ferrari e Ferruccio Lamborghini – e, para isto, o novo supercarro será um modelo de alto nível, desenvolvido em parceria com empresas de reconhecimento mundial. Mais detalhes estão sendo mantidos em segredo, mas já estamos ansiosos. (DH)

Matérias relacionadas

Gol e Voyage ganham cara nova e versão única, Denatran faz confusão com parcelamento de multas, a volta do Jaguar XK e mais!

Leonardo Contesini

Picape Fiat Toro vaza na internet, BMW e McLaren planejam novo supercarro, os preços e versões do novo HB20, a estreia do Ford GT nas pistas e mais!

Leonardo Contesini

Chris Evans está fora de Top Gear, Chevrolet Onix flagrado em testes, a rede social de Clarkson Hammond e May e mais!

Leonardo Contesini