A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Melhor da Semana

Melhor da Semana: a Ferrari SF90 de 1.000 cv, o novo BMW Série 1, novidades do Jetta GLI e mais!

Passou a semana lamentando o risco que alguém fez na porta do seu carro no estacionamento do supermercado? Ficou a semana inteira procurando uma nova lasanha no GT40 e nem lembrou de visitar seu outro site favorito? Não tem problema: aqui está nosso resumo com o que rolou de melhor ao longo desta semana!

 

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

 

SF90 Stradale: a nova Ferrari híbrida de 1.000 cv

Depois de ao menos três anos de espera a Ferrari finalmente apresentou seu primeiro modelo “regular” híbrido, a SF90 Stradale. Ela será posicionada acima da F8 tributo, com quem compartilha o motor V8 biturbo de 3,9 litros. A diferença é que na SF90 o motor produz 780 cv em vez de 720 cv e é combinado a um trio de motores elétricos — um na traseira, entre o bloco do motor e o câmbio, e outros dois no eixo dianteiro. No total o conjunto elétrico fornece 220 cv, o que totaliza 1.000 cv à disposição do motorista.

Com isso a Ferrari SF90 Stradale é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 2,5 segundos e de zero a 200 km/h em 6,7 segundos. O carro tem quatro modos de operação do powertrain, que variam desde o 100% elétrico com tração dianteira, passando por um modo a combustão de 780 cv e o modo “full-hybrid” com os 1.000 cv. Para conhecer todos os detalhes técnicos da nova Ferrari, dê uma olhada em nosso post completo neste link. 

 

A nova geração do BMW Série 1

A BMW revelou nesta semana a terceira geração de sua Série 1 (F40). O modelo adota pela primeira vez a tração dianteira, uma vez que passou a compartilhar a plataforma UKL com os modelos Mini e Série 2 Active Tourer, bem como a Série 1 sedã do mercado chinês.

Considerando que o modelo ficou 20 mm menor no entre-eixos, 13 mm mais alto e mesmo assim tem 33 mm a mais para as pernas dos ocupantes traseiros, ele aparentemente foi verticalizado — isto é: os bancos são mais elevados que na geração anterior. O porta-malas, que era uma das críticas ao modelo anterior, agora tem 20 litros a mais e uma abertura maior, chegando aos 380 litros.

Sob o capô, ele compartilha os motores com os modelos Mini: um 1.5 turbo de três cilindros, 140 cv e 22,4 kgfm no 118i, e um 2.0 turbo de 306 cv e 45,9 kgfm na versão M135i xDrive, com tração nas quatro rodas, capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 4,8 segundos e de chegar aos 250 km/h. Nas duas versões o modelo tem o câmbio automático de oito marchas, porém o 118i também pode ser equipado com uma caixa manual de seis marchas.

Por dentro, ele tem o layout inspirado no Série 3, com linhas horizontais sistema multimídia integrado, quadro de instrumentos digital e, no caso do M135i xDrive, bancos esportivos com revestimento que simula suede.

 

Novos detalhes sobre o Jetta GLI brasileiro

A Volkswagen confirmou nesta semana que o Jetta GLI será seu próximo lançamento, equipado com o motor 2.0 TSI de 230 cv do Golf GTI e um câmbio DSG de seis marchas com embreagem dupla banhada em óleo. Além destas informações (que apuramos em fevereiro — clique no link para ler), a marca também acrescentou que ele será capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 6,8 segundos e de chegar aos 250 km/h e terá suspensão independente na traseira.

Quanto ao visual, ele terá o mesmo para-choques do modelo estrangeiro e uma grade preta, sem cromados, e com o tradicional filete vermelho dos modelos esportivos da Volkswagen, diferentemente do modelo flagrado no Brasil. Por dentro ele também será como o modelo norte-americano, com o quadro de instrumentos digital, bancos de couro com ajustes elétricos, e volante do Golf GTI.

Infelizmente ainda não há menção aos preços, o que já era esperado, uma vez que eles precisam de alguma surpresa para o lançamento. Contudo, podemos estimar o preço com base na atual linha da marca. Considerando que o Golf GTI parte de R$ 151.530, ainda que em fim de carreira,  o Jetta GLI deverá ser posicionado entre ele e o Jetta R-Line de R$ 120.000. Isso sugere um preço inicial orbitando os R$ 140.000.

 

Renault e FCA negociam fusão – decisão deve sair na próxima semana

Depois de uma série de rumores divulgados na imprensa europeia, a Renault confirmou que recebeu uma proposta de fusão da Fiat Chrysler. O conglomerado ítalo-americano propõe aos franceses uma fusão das duas empresas em igualdade de participação (50/50).

Ainda há uma série de detalhes a serem acertados antes que uma fusão como esta seja concretizada. O primeiro deles é a resposta da Renault ao grupo FCA. A marca francesa pediu um prazo de 10 dias para apresentar uma posição, algo que deve acontecer entre esta semana e a próxima.

Caso concordem com a fusão, ainda é preciso definir se Nissan e Mitsubishi, partes da Aliança Renault-Nissan, e acertar os detalhes legais, uma vez que a fusão pode infringir leis anti-monopólio e afins. Se a fusão for concretizada, a FCA irá subir no ranking das maiores fabricantes do planeta, juntando-se à Renault na terceira posição, além de se tornar a maior fabricante em atuação no Brasil.

 

Nissan lança linha 2020 do Kicks

A Nissan anunciou nesta semana a chegada da linha 2020 do crossover Kicks com reajustes nos preços e algumas novidades em termos de equipamentos.

Todas as versões (exceto o modelo S Direct, voltado a pessoas com deficiência) têm luzes de LED nos faróis e piloto automático. Nas versões com câmbio CVT, também foi incluído um apoio de braço entre os bancos dianteiros. Outra novidade é a adoção de uma central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay para espelhamento de smartphones, assistente de partida em rampa e controles eletrônicos de estabilidade e tração.

Todas as versões do Nissan Kicks usam o mesmo motor de 1,6 litro e 114 cv. No Kicks S, o motor é acoplado a uma caixa manual de seis marchas, trazendo o câmbio CVT como opcional. Nas outras, SV e SL, a transmissão CVT é equipamento de série.

 

Ka Freestyle agora com motor 1.0

A Ford anunciou nesta semana que o Ka Freestyle passa a ser oferecido também com o motor 1.0 de três cilindros de 85 cv combinado ao câmbio manual de cinco marchas. Com isso, o crossover do Ka passa a custar R$ 56.690, uma diferença de R$ 7.400 em relação ao modelo com motor 1.5, que parte de R$ 64.090.

O pacote estético é o mesmo do modelo 1.5, com suspensão elevada, rack de teto, protetores plásticos nos para-lamas e protetor de soleiras. A lista de equipamentos de série também é compartilhada com o modelo mais caro, e conta com sistema multimídia com touchscreen de sete polegadas, bancos com revestimento parcial de couro, direção com assistência elétrica, rodas de liga leve de 15 polegadas e sensores de estacionamento na traseira, bem como assistente de partida em rampa, controles de estabilidade e tração e faróis de neblina.

 

Chery anuncia Arrizo5 elétrico para novembro

A Chery confirmou nesta semana que irá lançar no Brasil o sedã Arrizo 5e. O modelo deve chegar entre outubro e novembro, inicialmente importado da China. O plano da Chery é fazer dele o modelo elétrico mais barato do Brasil, o que significa que ele terá que custar menos de R$ 140.000. Como comparação, o Arrizo5 com motor a combustão, custa entre R$ 65.000 e R$ 72.000.

 

Porsche revela seu RSR para Le Mans

A Porsche divulgou nesta semana os esquemas de cores que o 911 RSR vai usar na edição 2019 das 24 Horas de Le Mans. A fabricante já garantiu o título do WEC na última etapa, em Spa-Francorchamps, no início do mês e, por isso, decidiu comemorar com uma pintura especial. Ela troca a listra vermelha que atravessa a carroceria por uma faixa dourada, simbolizando o ouro atribuído aos campeões. Retrovisores e asa traseira também são dourados.

Os dois carros que competem no WEC usam os números 91 e 92. O primeiro será conduzido por Gianmaria Bruni, Richard Lietz e Frédéric Makowiecki. O segundo trará os campeões Michael Christensen, Kévin Estre, e Laurens Vanthoor revezando ao volante.

 

JAC lança caminhão elétrico no Brasil

A JAC anunciou nesta semana a chegada do iET 1200, seu caminhão urbano elétrico. O modelo irá custar R$ 260.000 e já pode ser encomendado. As entregas estão previstas para o final do ano.

Com PBT de 5,8 toneladas, ele tem um motor elétrico de 132 kW (177 cv) e 122,4 kgfm e baterias suficientes para 200 km de autonomia. Em uma tomada comum de 220 volts, ele precisa de 17 horas para recarga completa, porém com as tomadas trifásicas de 380 volts, comuns em galpões comerciais e indústrias, o tempo de recarga cai para duas horas.

Apesar do custo significativamente superior — mais que o dobro de um caminhão de porte semelhante a diesel — o custo por quilômetro rodado com o iET 1200 é cinco vezes menor, considerando o preço da energia elétrica.

 

Chevrolet Bolt chega em setembro por R$ 175.000

Depois de seis meses desde que apresentou o Bolt no Salão do Automóvel a Chevrolet anunciou nesta semana que o modelo elétrico chega em outubro por R$ 175.000. Por este valor o modelo será oferecido na versão de topo Premier, equipada com um motor elétrico de 150kW (204 cv), alimentado por uma bateria de 60kWh que lhe fornece energia para rodar, em média, 383 km com uma carga. Com este conjunto, o Bolt é capaz de ir de zero a 100 km/h em 6,5 segundos. Segundo a Chevrolet, é possível obter uma autonomia de 145 km com 30 minutos em uma estação de recarga rápida.

O Bolt ainda vem equipado com retrovisor interno por câmera, assistente de estacionamento com visão 360°, quadro de instrumentos configurável, sistema multimídia com tela de 10,2 polegadas, sistem de recarga de smartphones por indução, alerta de ponto cego, alerta de colisão frontal com sistema de frenagem automática de emergência.

 

Exclusivo para assinantes e crowdfunders

Começamos a semana com um guia de mitos, verdades, dicas de manutenção e possibilidade de preparação do Mercedes Classe A de primeira geração. Confira neste link ou clique na imagem abaixo.

Continuamos com a terceira parte da história da Auto Union, desta vez com a formação da DKW e sua transformação na atual Audi. Confira neste link ou clique na imagem abaixo.

Depois explicamos como funcionam os amortecedores de massa, usados em alguns esportivos e no Renault R36 de Fórmula 1 na década passada, e que equipa o Honda HR-V Sport europeu, mas não veio com o motor turbo para o Touring brasileiro. Leia neste link ou clique na imagem abaixo para ler:

Também contamos a história do Citroën XM, o último modelo “exótico” da marca francesa. Leia aqui ou clique na imagem abaixo.

Nesta semana a primeira vitória de Emerson Fittipaldi na Indy 500 completou 30 anos. Para marcar as três décadas desta conquista histórica, relembramos todos os detalhes da prova. Leia neste link ou clique na imagem abaixo.

Com o encerramento do serviço de compartilhamento de carros da GM em oito metrópoles norte-americanas, incluindo Nova York, questionamos se esse tipo de serviço é realmente uma alternativa viável de transporte, ou apenas uma moda passageira estimulada pela tecnologia. Veja neste link, ou acesse o pôs clicando na imagem abaixo.

Com a iminente fusão entre a FCA e Renault, relembramos um episódio no qual a fabricante francesa se uniu aos americanos da Jeep para vender seus carros na América. Veja esta história aqui, ou clique na imagem abaixo.

Concluímos nossa série especial e exclusiva sobre a origem das retas e curvas americanas, e do automobilismo de endurance e turismo nos EUA. Confira aqui, ou na imagem abaixo.

E terminamos nossa série de homenagens a Niki Lauda com sua trajetória nas corridas de turismo. Veja neste link ou logo abaixo.

 

Project Cars

Nesta semana tivemos mais uma estreia no Project Cars: um Mercedes-Benz 300CE que será preparado com inspiração no lendário AMG Hammer, depois de viajar de Santa Catarina ao Rio Grande do Norte. Leia aqui ou clique na imagem abaixo.

 

YouTube do FlatOut

Nesta semana tivemos duas novidades no YouTube — uma em nosso canal, e outra no canal dos parceiros do Autoline. A primeira foi a avaliação do Honda HR-V Touring, feita para o canal Autoline:

… e a segunda foi a avaliação do novo Jaguar I-Pace no Velo Città. Sim: um SUV elétrico no autódromo. Como foi? Veja no vídeo abaixo:

 

Especiais do FlatOut

Aproveitando o papo da “americanização” da Renault, contamos a história de quando o Renault 5 Turbo do Grupo B foi transformado em um pace car para a Indy (leia aqui ou clique na foto)…

Também publicamos a galeria completa do ForDay 2019, o encontro anual dos entusiastas e fãs da F***. Clique neste link para entender os asteriscos e ver a galeria de imagens. Ou clique na foto abaixo.

Contamos a incrível história do chinês que dirigiu seu VW Quantum por 12.000 km, partindo da China para participar do Wörthersee Treffen na Áustria. Leia aqui ou acesse pela imagem abaixo.

E fizemos duas homenagens a Niki Lauda: falamos sobre seus carros de rua (clique aqui ou na foto abaixo)…

… e conhecemos uma entrevista em que Niki fala abertamente sobre sua vida, sua carreira e seus pontos de vista. Leia aqui ou acesse pela imagem abaixo.

 

Matérias relacionadas

Melhor da semana: aceleramos Argo Trekking e Range Rover Velar, nosso adeus a Niki Lauda e mais!

Leonardo Contesini

Melhor da Semana: os novos Corvette, Prisma e CLA35 AMG, Copa Hyundai HB20, DS3 de 400 cv e mais!

Leonardo Contesini

Melhor da semana: a nova Ferrari F8 Tributo, os novos RS4 e RS5 no Brasil, Passat GTS no Midnight e mais!

Leonardo Contesini