Edição diária: 17/06/2019
FlatOut!
Image default
Melhor da Semana

Melhor da semana: Argo Trekking e Edge ST lançados no Brasil, especial sobre freios, DeLorean máquina do tempo e mais!

Passou a semana trocando as bieletas do seu 206? Teve que fazer um chicote novo para seu Mercedes C230 1995 e por isso não teve tempo para visitar seu site favorito? Não se preocupe: ainda dá tempo de colocar a leitura em dia, e nós vamos te ajudar com nosso tradicional resumo de domingo com tudo o que rolou de mais importante ao longo desta semana.

 

Fiat Argo Trekking lançado por R$ 59.000

A Fiat apresentou ontem, durante um evento para jornalistas em Mogi Mirim/SP, o Argo Trekking,  versão aventureira do hatchback feita para aproximá-lo de um SUV compacto. O carro é equipado com o motor 1.3 Firefly da Fiat, com oito válvulas, 109 cv e 14,2 kgfm de torque, e câmbio manual de cinco marchas – mesmo conjunto mecânico do Argo Drive. A versão com câmbio CVT, novidade na linha Fiat, deve chegar apenas em 2020.

As mudanças se concentram na suspensão e nos elementos estéticos. Como um meio termo entre os modelos Way e Adventure da Fiat, o Argo Trekking tem vão livre do solo 40 mm maior em relação à versão Drive, chegando a 210 mm no total. Tal mudança se deve à suspensão, elevada em 18 mm, e ao uso de pneus de uso misto com perfil mais alto – os Pirelli Scorpion ATR de medidas 205/60 R15, com rodas de liga leve opcionais (sim, o Argo Trekking vem de série com rodas de aço estampado e calotas).

Por fora, o Argo Trekking também vem com retrovisores e teto pintados de preto, adesivos nas laterais e rack de teto, além de um spoiler na tampa do porta-malas. Por dentro, há forração escura e costuras laranja nos bancos e emblemas “Trekking” bordados nos encostos, cujo revestimento possui textura quadriculada.

O Fiat Argo Trekking custa R$ 58.990. Por este valor, a lista de equipamentos de série inclui central multimídia Uconnect de 7 polegadas, com tela sensível ao toque e integração com Apple CarPlay e Android Auto; vidro dianteiros e traseiros elétricos; retrovisores elétricos; e faróis de neblina. Como opcionais além das rodas de liga leve, a Fiat também oferece câmera de ré e uma linha de 50 acessórios Mopar, incluindo engate e suporte para bicicletas no teto.

 

 

Ford começa a venda do Edge ST no Brasil

A chegada do Ford Edge ST ao Brasil não é nenhuma novidade. Nós conhecemos o modelo em novembro passado, durante o Salão do Automóvel. Na ocasião, ele já poderia ser encomendado mediante sinal de R$ 30.000, com saldo a ser pago a partir da entrega do carro, que começaria a ser trazido “no início de 2019”. Não sabemos se alguém chegou a comprar o modelo na pré-venda, mas a Ford já começou a trazê-lo do Canadá nesta semana pelos mesmos R$ 299.000 anunciados no Salão.

O Edge ST será a única versão do SUV oferecida no Brasil, e vem equipada com o motor V6 Ecoboost de 2,7 litros, 340 cv e 54,3 kgfm. A transmissão é automática de oito marchas, e distribui a força para as quatro rodas por demanda.

As pretensões esportivas do Edge ST levaram a Ford a dotá-lo com suspensão recalibrada, bancos esportivos revestidos com couro e camurça sintética, e com a marca ST bordada no encosto, e maior suporte para o corpo, além de um modo Sport que altera o peso da direção e o mapeamento do acelerador e câmbio. As rodas de 21 polegadas também são exclusivas e calçam pneus 265/40 nos quatro cantos.

 

Mercedes-AMG A45 flagrado praticamente sem disfarces

Foto: DCN/Instagram

A Mercedes já está testando seu novo AMG A45 praticamente sem disfarces, usando apenas os para-choques camuflados. Isso significa que pela primeira vez podemos ver suas linhas finais, que estão bem mais agressivas que em seu irmão menos atlético, o A35.

Foto: DCN/Instagram

Começando pelo capô, que no A45 tem dois vincos longitudinais, remetendo ao capô com ressalto duplo do     300SL, que foi adotado por todos os modelos AMG há cerca de dez anos. Além disso, ele também tem a grade Panamericana dos modelos maiores, algo que seu antecessor não recebeu. Outra diferença em relação ao A35 são os para-lamas mais largos tanto na dianteira quanto na traseira, embora isso seja mais evidente nos dianteiros, que têm arcos salientes. Na traseira, ele se diferencia pelo spoiler duplo no teto e pelas duas saídas de escape duplas — o difusor parece ser o mesmo do A35.

Foto: DCN/Instagram

Já sabemos que ele terá até 421 cv com uma variação do atual 2.0 turbo da marca, mas esse número aparentemente será obtido com a ajuda de um motor elétrico de 48 volts instalado entre o bloco do quatro-cilindros e o câmbio automatizado de embreagem dupla e sete marchas, que deverá dar origem ao A45 S. Para preencher o espaço entre os 306 cv do A35 e os 421 cv do A45 S a Mercedes-AMG irá oferecer o A45 regular, com cerca de 385 cv. O lançamento do esportivo está previsto para a segunda semana de setembro, quando começa o Salão de Frankfurt.

 

Lexus UX 250h é lançado por R$ 170.000

A Lexus lançou nesta semana seu novo SUV compacto híbrido UX 250h. O Lexus UX 250h está disponível em três versões: Dynamic (R$ 169.990), Luxury (R$ 189.990) e F-Sport (R$ 209.990). Todas as três são equipadas com o mesmo conjunto mecânico: um motor 2.0 turbo aliado a um motor elétrico para entregar 181 cv. O câmbio é do tipo CVT e a tração é sempre dianteira. As diferenças ficam por conta do visual e dos itens de acabamento.

De série, todas as versões do UX 250h vêm de série com ar-condicionado de duas zonas, partida sem chave, bancos dianteiros aquecidos e com ajustes elétricos, sensores de estacionamento na dianteira e na traseira, câmera de ré, bancos de couro e luzes de LED diurnas.

A versão Dynamic vem equipada com central multimídia de sete polegadas, além de sistema de som com seis alto-falantes. A Luxury acrescenta bancos dianteiros refrigerados; central multimídia com tela de 10,3 polegadas com TV digital, DVD e navegador por GPS; coluna de direção com ajustes elétricos, carregador de celular por indução e sistema de som com oito alto-falantes. O modelo de topo, F-Sport, inclui sistema head-up display, cluster de instrumentos digital com tela de oito polegadas, suspensão com amortecedores adaptativos e rodas de 18 polegadas.

 

Daimler deverá encerrar parceria com Renault-Nissan

A parceria entre Daimler-Benz e Renault-Nissan, que permitiu à Mercedes lançar sua inédita picape média, está prestes a ser encerrada. Segundo apuração da revista alemã Manager Magazin, o CEO da Daimler, Ola Kaellenius não pretende renovar o acordo com os franco-nipônicos em nome de uma economia de 6 bilhões de euros até 2021.

Os rumores sobre a separação das empresas ganharam força depois que a Nissan anunciou o fim do Infiniti QX30 (baseado no Mercedes GLA), a Daimler anunciou o provável fim da marca smart (que atualmente é baseada no Renault Twingo) e firmou uma nova parceria com os chineses da Geely.

Os rumores também podem explicar a ausência da picape Classe X no Salão do Automóvel e a indefinição sobre o lançamento da Renault Alaskan e da própria Classe X na América do Sul. Caso a parceria seja realmente encerrada, dificilmente a picape alemã será lançada no Brasil.

 

Brasil terá “drogômetros” para fiscalização de trânsito a partir de 2020

No último dia 12 de abril, o Ministério da Justiça e Segurança Pública criou um grupo de estudos técnicos para avaliar as tecnologias de detecção de drogas no organismo dos motoristas brasileiros. Caso aprovados, a partir de 2020 a fiscalização de trânsito terá, além do etilômetro, os chamados “drogômetros”.

Os aparelhos são capazes de detectar a presença de substâncias psicoativas como maconha, cocaína, anfetaminas e metanfetaminas nos motoristas submetidos à fiscalização. O modelo para os testes é baseado em um estudo realizado pelo Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre em cooperação com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça, que comprovou a confiabilidade dos “drogômetros” e sua eficácia para reduzir acidentes.

O grupo de estudos tem até 12 meses para apresentar uma conclusão e elaborar as etapas de implementação do drogômetro em todo o país, bem como testes-piloto em algumas cidades selecionadas. Ainda no fim deste ano ocorrerá a licitação pública para a compra dos drogômetros e a fiscalização deverá ser iniciada em 2020.

 

Mortes no trânsito de SP diminuem no primeiro trimestre de 2019

O número de mortes no trânsito do estado de São Paulo no primeiro trimestre de 2019 caiu 0,6% em relação ao mesmo período de 2018 segundo os dados do Infosiga. Com 1.205 mortes em todo o estado nos três primeiros meses, este é o menor índice desde 2015.

A queda foi “puxada” pela redução de 5% no número de mortes de pedestres, apesar do aumento no índice de mortes de motociclistas, ciclistas, passageiros e motoristas de carros.

 

Exclusivo para assinantes e crowdfunders

Começamos a semana com um especial exclusivo com todos os detalhes do DeLorean “Time Machine” da trilogia “De Volta Para o Futuro” — desde a escolha do carro, a compra dos modelos, como eles foram modificados e onde eles estão atualmente:

Clique na imagem para ver o post

Chegamos ao final da nossa série com a cronologia dos hot hatches da Volkswagen:

Clique na imagem para ver o post

Contamos a história de Hans Mezger, o mago dos motores flat da Porsche:

Clique na imagem para ver o post

Falamos sobre o Envemo Camper, o “Cherokee brasileiro”, que usava chassi militar e motor de Opala:

Clique na imagem para ver o post

Explicamos tudo o que você precisa saber sobre freios e upgrades do sistema de frenagem:

Clique na imagem para ver o post

Diante de uma discussão interminável sobre os carros elétricos e as emissões da produção de eletricidade, demos uma boa olhada no assunto nesta pensata e tentamos descobrir se eles podem ser mais poluentes mesmo:

Clique na imagem para ver o post

Também contamos a história de Ed Iskenderian, o “mago” dos comandos de válvulas:

Clique na imagem para ver o post

Explicamos como e por que o Cosworth Ford DFV se tornou o motor mais vitorioso e mais duradouro da história da Fórmula 1:

Clique na imagem para ver o post

Contamos a história do Hemi Under Glass, um dos carros de arrancada mais icônicos já feitos:

Clique na imagem para ver o post

Explicamos como uma locomotiva de 1893 deu à Subaru sua cor azul:

Clique na imagem para ver o post

E contamos a história de Luigi Chinetti, o homem que levou a Ferrari para os EUA:

Clique na imagem para ver o post

 

Project Cars

No Project Cars desta semana, o leitor Felippe Almeida concluiu seu projeto e contou um pouco da rotina com seu Mitsubishi Eclipse 1991:

Clique na imagem para ver o post

 

Especiais do FlatOut

Contamos a história da Gladiator V10, que recebeu um facelift, um motor de Viper e uma suspensão off-road:

Clique na imagem para ver o post

Conhecemos a única Ferrari F430 Scuderia com câmbio manual de seis marchas do planeta:

Clique na imagem para ver o post

Conhecemos a história de Andrew Lee, um entusiasta que usou seu Nissan GT-R para lutar contra um câncer terminal:

Clique na imagem para ver o post

Relembramos a série Getway in Stockholm, a primeira série “viral” de carros da internet:

Clique na imagem para ver o post

E conhecemos o Lupo Bimoto, um hot hatch da Volkswagen que foi transformado em um cupê com chassi tubular com dois motores e 1.260 cv:

Clique na imagem para ver o post

Matérias relacionadas

Melhor da semana: os novos Mercedes CLA, Porsche 992 Cabrio e Huracán Evo, FlatOut Midnight, Concorde e mais!

Leonardo Contesini

O novo Porsche 992, os preços dos combustíveis, a avaliação da perua Volvo V60 e as novidades da semana no FlatOut!

Leonardo Contesini

Melhor da semana: os novos Jetta GLI, BMW M8 e CLA35 Shooting Brake, recorde em Nürburgring e mais!

Leonardo Contesini