FlatOut!
Image default
Melhor da Semana

Melhor da Semana: BMW Série 8 a venda no Brasil, os carros de Senna, um BMW M3 de 700 cv e mais!

Passou a semana tentando entender porque a “luz de injeção” do seu Astra ainda está acesa? Ficou os últimos dias negociando com a seguradora a indenização do calço hidráulico do seu BMW F30 e não teve tempo de acessar seu site favorito? Pois não tem problema. Como sempre, aqui está nosso resumo com tudo o que rolou de mais importante na semana.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

 

BMW Série 8 a venda no Brasil por R$ 800.000

A BMW anunciou nesta semana a pré-venda do novo Série 8. O modelo chega somente no segundo semestre, mas já pode ser encomendado por R$ 799.950 na versão M850i xDrive.

O modelo é equipado com o atual V8 biturbo de 4,4 litros, 550 cv entre 5.500 e 6.000 rpm, e 76,5 kgfm entre 1.800 e 4.600 rpm, combinado ao câmbio automático de oito marchas, e ao sistema de tração nas quatro rodas xDrive. Com esse conjunto, o M850i vai de zero a 100 km/h em 3,7 segundos e tem velocidade máxima limitada eletronicamente a 250 km/h.

 

Mitsubishi Pajero Sport HPE lançado por R$ 266.000

A Mitsubishi começou a vender nesta semana a nova geração do Pajero Sport. Importado da Tailândia, o SUV de sete lugares chega em versão única, a HPE, por R$ 265.990.

Trata-se da quarta geração do Pajero Sport, que na versão HPE é equipado com um motor V6 turbodiesel de 2,4 litros, com 190 cv e 43,9 kgfm de torque. O câmbio é o automático INVECS-II, de oito marchas, naturalmente com tração 4×4 – o sistema Super Select 4WD-II, que tem seletor manual e diferentes modos de condução, incluindo areia, cascalho, lama, neve e pedras.

 

Dafra Apache RTR 200 lançada por R$ 12.500

A Dafra Apache RTR 200 começou a ser vendida no Brasil nesta semana. Projeto da indiana TVS, a Apache RTR 200 é montada na Zona Franca de Manaus, no Amazonas, em regime CKD. Nas lojas, ela custa R$ 12.490.

A Apache RTR 200 é uma evolução da Apache 150, com visual renovado e um novo motor monocilíndrico de 197,75 cm³, com 21 cv e 1,85 kgfm de torque. O motor é acoplado a uma caixa de cinco marchas com embreagem deslizante, que evita o travamento da roda traseira em reduções de marcha.

 

VW modifica linha do Up e do Polo

A Volkswagen anunciou nesta semana a linha 2020 do Up, que passa a ser oferecido em apenas três variantes: a de entrada MPI, que custa R$ 49.590; a intermediária Connect, de R$ 54.890; e a de topo Xtreme, que sai por R$ 56.890. Todas as três têm preço fixo e não oferecem quaisquer equipamentos opcionais – nem mesmo o câmbio automatizado i-Motion.

Além VW Polo 2020 também passou por mudanças na linha: agora, todas as versões trazem controles eletrônicos de tração e estabilidade de série série – e ficaram entre R$ 1.080 e R$ 2.040 mais caras.

Apenas as versões 1.0 MPI, com motor naturalmente aspirado de 84 cv e câmbio manual, e 1.6 MSI, com motor de 117 cv e câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis marchas, receberam novidades em termos de equipamentos. Ambos agora vêm com o Safety Pack de série, que inclui os controles de tração e estabilidade, hill holder, diferencial com bloqueio e computador de bordo.

Como opcionais, a VW oferece o Connect Pack (com retrovisores elétricos, rodas de 15 polegadas, central multimídia Composition Touch com tela de 6,5 polegadas, sensor de estacionamento traseiro e comandos no volante) e o Connect Pack II (com sistema de som Composition Phone, sensor de estacionamento e comandos no volante) por R$ 4.000 e R$ 2.045, respectivamente. As versões mais caras, Comfortline e Highline, não passaram por mudanças técnicas, mas tiveram o preço reajustado de R$ 70.480 para R$ 71.560 na versão Comfortline, e de R$ 75.820 para R$ 76.990. Ambas são equipadas com motor 1.0 TSI de 128 cv e 20,4 kgfm de torque, e câmbio automático de seis marchas.

 

Triumph Rocket 3 TFC ganha motor de 2,5 litros

A Triumph anunciou nesta semana a nova geração da Rocket III, seu modelo de topo. Batizada Rocket 3 TFC, além de trocar o algarismo romano pelo numeral, recebeu o sobrenome TFC, de “Triumph Factory Custom” – sua linha de motos mais caras e exclusivas, com fabricação artesanal e disponibilidade limitada.

Da Triumph Rocket 3 TFC, por exemplo, serão fabricadas 750 unidades numeradas, cada uma custando £ 25.000 – o que dá cerca de R$ 128.000 em conversão direta. Por este valor, leva-se para casa simplesmente o maior motor já colocado em uma motocicleta produzida em série: um três-cilindros de 2,5 litros, com comando duplo no cabeçote, arrefecimento líquido, 170 cv e 22,5 kgfm de torque. A título de curiosidade, são quase os mesmos números do motor cinco-cilindros Jetta Mk5, que também deslocava 2,5 litros e deslocava 170 cv, mas tinha um pouco mais de torque – 23,3 kgfm. O motor é acoplado a uma transmissão de cinco marchas.

 

Chevrolet conserta a dianteira do Camaro SS

Depois de dar ao Chevrolet Camaro SS uma dianteira de gosto questionável há dois anos, a GM apresentou na quinta-feira (02) um facelift para torná-lo mais atraente — especialmente agora que ele caiu para a última posição entre os muscle cars.

A barra pintada de preto na dianteira do Camaro SS agora é pintada na cor da carroceria e a gravatinha da Chevrolet passa a ser na grade igual nas outras versões. Os modelos LS, LT e ZL1 não receberam mudanças, mas agora o LT ganhou uma variação com motor V8 chamada LT1 – mesmo nome do V8 que o carro usa.

 

Aston Martin Vantage AMR mantém o câmbio manual vivo entre os esportivos

A Aston Martin lançou na quarta (1º) o novo Vantage AMR equipado com câmbio manual, o primeiro carro da nova fase da marca com esse tipo de transmissão e também o primeiro carro com o V8 AMG a ter três pedais. A caixa é a mesma Graziano de sete velocidades “dogleg” que foi utilizada no V12 Vantage S em 2016, que manda a força para as rodas traseira através de um diferencial de deslizamento limitado mecânico.

O V8 4.0 AMG tem os mesmos 510 cv dos outros Vantage, o grande diferencial no AMR é o envolvimento com o motorista: o modelo é 95 kg mais leve, vem com discos de freios de carbon-cerâmica e com uma versão atualizada da suspensão adaptável Skyhook da Aston Martin. Nos números o Vantage AMR tem uma certa desvantagem em relação ao Vantage tradicional, ele faz de zero a 100 km/h em 4 segundos, 0,5 segundos mais lento que o automático, a velocidade máxima de 314 km/h não mudou.

 

Fiat Grand Siena com predisposição para kit GNV

A Fiat iniciou nesta semana a venda do Grand Siena com predisposição para kit GNV. O pacote é um opcional do Grand Siena Attractive 1.4, vendido por R$ 690 – o que leva o preço do sedã para R$ 55.680. O kit, porém, não está incluído no pacote – o cliente precisa instalá-lo por conta, mandando o carro para uma oficina credenciada e aprovada pelo Inmetro, sob pena de perda da garantia caso não o faça.

 

Exclusivo para assinantes e crowdfunders

Começamos a semana tirando um assunto (e um mecanismo) do fundo do baú de lembranças esquecidas dos nossos avós: o câmbio 6M que a Simca oferecia no Brasil. O mecanismo é pouco conhecido e pouco difundido mesmo entre os antigomobilistas — é claro, portanto, que precisávamos descobrir como ele funciona:

Clique na imagem para ver o post

Aproveitamos o lançamento da Fuell, a nova moto elétrica americana, para contar a história de seu criador, o incansável Erik Buell:

Clique na imagem para ver o post

Esclarecemos uma antiga dúvida dos leitores: as diferenças entre HP, CV, PS, bhp, potência na roda, potência bruta, potência líquida e como cada uma destas é medida:

Clique na imagem para ver o post

Contamos a história de Malcolm Mayer, o engenheiro aeronáutico que desenhou os carros mais belos da Jaguar e nem era designer:

Clique na imagem para ver o post

Contamos também a incrível história do Fusca que foi o primeiro carro a rodar na Antártida – e voltou para vencer um rali:

Clique na imagem para ver o post

Para lembrar os vinte e cinco anos da morte de Ayrton Senna, montamos a lista completa dos carros de rua que o tricampeão teve:

Clique na imagem para ver o post

Explicamos as diferenças entre os principais tipos do sistema VTEC da Honda, incluindo os três sistemas i-VTEC, que apesar do mesmo nome, são completamente diferentes:

Clique na imagem para ver o post

Contamos a história da Triumph Rocket III, que segue como a moto com o maior motor do planeta produzida em série:

Clique na imagem para ver o post

Voltamos aos anos noventa para lembrar quais foram os carros que fizeram o editor Leo Contesini gostar de carros:

Clique na imagem para ver o post

E encerramos a semana com a história do Mago de Alta Gracia, o lendário preparador e construtor de motores Oreste Berta:

Clique na imagem para ver o post

 

Project Cars

Nesta semana o Project Cars teve estreia: o Honda Civic Si Nighthawk Black do leitor Giovani Marsaro:

Clique na imagem para ver o post

 

YouTube do FlatOut

Nesta semana tivemos duas novidades, mas só uma no YouTube do FlatOut: o Midnight com o BMW M3 E92 manual de 700 cv do Ricardo Mandalá:

A outra foi a avaliação do Volkswagen T-Cross 1.0 TSI Comfortline, que fizemos em parceria com o pessoal do Autoline:

 

Especiais do FlatOut

Nesta semana contamos a história do pequeno Autozam AZ1 que foi transformado em um supercarro Wankel que a Mazda jamais pensou em fazer, o GReddy 6-AZ1:

Clique na imagem para ver o post

Falamos sobre detalhes banais que eram objetos de desejo e diferenciais nos carros brasileiros dos anos 1980 e 1990:

Clique na imagem para ver o post

Explicamos os detalhes do infame contrato da Electronic Arts com a Porsche, que tirou os esportivos da marca dos principais games de corrida por quase vinte anos:

Clique na imagem para ver o post

E conhecemos a Phantom Z Sport Wagon: a perua Nissan 240Z que foi feita em parceria com o próprio designer do carro:

Clique na imagem para ver o post

Matérias relacionadas

Salão do Automóvel, o Hyundai HB20 de corrida, detalhes do Mercedes-AMG One e as novidades da semana no FlatOut e no YouTube do FlatOut

Leonardo Contesini

Melhor da semana: Bugatti, Koenigsegg e os lançamentos de Genebra, McLaren na Capuava, Project Cars e mais!

Leonardo Contesini

Melhor da semana: os novos Passat, Jetta GLI e Audi TT RS, FlaTalk no Youtube, a história do Honda NSX e mais!

Leonardo Contesini