A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Mercedes lança GLE Coupe em resposta ao BMW X6, Neymar vira navegador de Sébastien Ogier, os detalhes do Mini mais potente já feito e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Mercedes apresenta seu novo crossover GLE Coupe

Captura de Tela 2014-12-10 às 11.06.34

Como você já deve ter notado, as fabricantes alemãs vivem se copiando (já falamos sobre isso por aqui). Desta vez é a Mercedes-Benz que deu sua “resposta” à BMW, lançando sua resposta ao X6, o SUV com perfil de cupê da marca bávara. Batizado GLE Coupe, ele é derivado do atual ML  — assim como o X6 é uma variação do X5 — e reune elementos de vários outros modelos da marca. A dianteira, por exemplo, é bem semelhante à do CLA, enquanto a traseira herdou o estilo das lanternas do Classe S cupê. O perfil, por sua vez, é influenciado pelos cupês de quatro portas da marca, o CLS e o CLA, mas com a traseira mais truncada.

260167752458423486

 

Por dentro, o GLE Coupe antecipa a cabine do ML 2015 (que será rebatizado como GLE), com uma tela de oito polegadas que mais parece um tablet espetado no painel, volante com base achatada, instrumentos do painel em copos separados e uma bela combinação de couro e madeira nas versões comportadas, ou fibra de carbono nas esportivas. Apesar do perfil semelhante ao do BMW X6, o Mercedes GLE Coupe terá espaço para três ocupantes no banco traseiro (o BMW só leva dois) — logicamente com menos espaço para a cabeça que o ML e também com menos espaço para a bagagem — são 1.600 litros (até o teto) no GLE Coupe e 2.100 litros no ML.

4617403041634923019

Se você precisa de algum apelo mais emocional para aceitar o GLE Coupe, talvez a linha de motores atraia seu interesse: o modelo terá a versão esportiva AMG GLE 63 com o motor V8 biturbo (ainda não se sabe se ele terá o novo 4.0 ou o antigo 5.5), e será o primeiro modelo a ganhar a versão GLE 450 AMG Sport, sobre a qual falamos outro dia aqui no Zero a 300 e que deverá usar um V6 3.0 biturbo com cerca de 370 cv. Os outros motores serão o V6 de três litros com 333 cv e uma versão V6 diesel de 255 cv.

 

Neymar vira navegador de Sébastien Ogier em rali

Depois de bater bola com Ken Block, o boleiro Neymar Jr. (ou só Neymar, se preferir) volta ao mundo dos carros. Desta vez ele encarou o desafio de ser navegador de rali de ninguém menos que Sébastien Ogier, o bicampeão do WRC, em seu Polo R.

No começo Ogier faz algumas manobras para introduzir o jovem brasileiro à dinâmica do rali, e Neymar parece não se intimidar com isso — pelo contrário, ele parece até curtir a adrenalina ralizeira. Em seguida, Ogier passa as instruções para a leitura do Roadbook, mas Neymar sequer consegue começar e logo desiste de orientar o piloto francês e apenas curte a viagem.

 

Primeiras imagens do Mini John Cooper Works são divulgadas na internet

2016-Mini-John-Cooper-Works-0

O Mini John Cooper Works deveria aparecer somente em janeiro de 2015, mas você sabe como são os segredos nestes tempos de internet. A galeria de fotos da versão mais radical da nova geração do Mini foi divulgada ontem (09) e mostra uma versão de produção muito parecida com o “conceito” apresentado no início deste ano no Salão de Detroit.

2016-Mini-John-Cooper-Works-4

Visualmente, o novo modelo terá grade exclusiva, para-choques mais agressivos com tomadas de ar e respiros maiores, faróis de LED, escape exclusivo, rodas de 17 polegadas (ou 18 polegadas, se você pagar um extra) e o tradicional logotipo John Cooper Works, que identifica a versão. Por dentro ele tem volante de couro, pedais de aço inoxidável e detalhes vermelhos nos bancos e no console central.

2016-Mini-John-Cooper-Works-5

Mas o que nos importa realmente é o que estará debaixo do novo capô: diferentemente do modelo anterior, o motor 1.6 dá lugar a um 2.0 turbo de 231 cv entre 5.200 e 6.000 rpm e 32 mkgf entre 1.250 e 4.800 rpm. O motor é o mesmo adotado em algumas versões dos BMW Série 1, 2 e 3, e é o mais potente a equipar um Mini até hoje, representando um salto de 20 cv em relação ao John Cooper Works anterior. O câmbio pode ser manual ou automático de seis marchas — com o primeiro o Mini JCW vai de zero a 100 km/h em 6,3 segundos. Com o computador trocando as marchas a arrancada é mais rápida e os 100 km/h chegam em 6,1 segundos. Outra novidade no JCW são os amortecedores adaptativos opcionais, com modo conforto e performance. Como dito anteriormente, o modelo será lançado oficialmente em janeiro no Salão de Detroit de 2015.

 

Segundo encontro Amigos Gearheads rola neste sábado em São Paulo

ftgjwBk_XhsNs6n96mSldou7R-z2797SDp28kqHNwDE

Quem acompanha o Zero a 300 diariamente certamente lembra do primeiro encontro Amigos Gearheads, organizado pelos leitores AllRacing e Nightrider do FlatOut em agosto passado. Agora, a dupla se reuniu novamente para organizar a segunda edição do encontro no próximo sábado (13/12) em São Paulo. A ideia, como no anterior, é levar para o mundo real o bate-papo que vocês todos mantém diariamente aqui nos comentários do site.

O encontro vai acontecer na mesma rua Carmo do Rio Verde, na esquina com a Marginal Pinheiros, no posto BR Vista do Panamby a partir das 14:00. Os organizadores solicitam apenas que sejam seguidas as seguintes regras: proibido fumar, não fazer burnouts, proibido som alto, estacionar somente nas vagas permitidas, proibida a venda de bebidas e disputas na rua nem exibicionismo. As confirmações de participação devem ser feitas pelo email [email protected]

 

Ford terá oito lançamentos no Brasil em 2015

mustang-meta (7)

A Ford confirmou nesta semana que irá lançar oito novos modelos no Brasil em 2015. Os lançamentos fazem parte de novos investimentos no mercado nacional e que irão manter a linha da marca no Brasil sintonizada com o mercado global. Segundo os camaradas do Carplace, os primeiros dos oito modelos cotados para 2015 são o facelift do Focus, que passará a ter a dianteira no mesmo estilo do restante da família Ford, e o facelift da Ranger, também com a nova identidade visual do modelo adotada no resto do mundo.

Em seguida virão o novo Edge e, o mais aguardado de todos, a nova geração do Mustang, que fará frente ao Camaro SS. As outras quatro novidades ainda não foram divulgadas, mas devem ser mudanças sutis no EcoSport — que irá encarar a chegada do Jeep Renegade no ano que vem — e possivelmente o motor 1.0 EcoBoost para o Fiesta.

Matérias relacionadas

Este é um legítimo Dodge Challenger de Vanishing Point

Dalmo Hernandes

BMW 130i, Volvo V40 T5 R-Design, Focus RS e uma seleção de hot hatches premium no GT40!

Leonardo Contesini

O maestro Herbert Von Karajan e o único Porsche 911 RS Turbo de fábrica do planeta

Dalmo Hernandes