A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Mercedes lança o novo Maybach GLS600, Hyundai planeja carro de motor central, Citroën fora do WRC e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Mercedes lança o novo Maybach GLS600

A Mercedes-Maybach apresentou hoje, no Salão de Guangzhou, o segundo SUV de sua história, o GLS600. O  modelo é o topo-de-linha dos SUV da Mercedes e vem equipado com uma versão de 558 cv do V8 biturbo de quatro litros já usado em outros modelos da marca — AMG, inclusive — combinado ao motor elétrico de 48 volts que fornece 22 cv e 24,4 kgfm.

Esta variação é exclusiva do Maybach GLS600 e pode levar o crossover de 2.780 kg aos 100 km/h em apenas 4,9 segundos e acelera até os 250 km/h, enquanto roda até 8,5 km/l em percurso combinado cidade/estrada.

 

O Maybach GLS600 se diferencia dos GLS convencionais pela grade Maybach, com aletas verticais e sem a estrela de três pontas, além da pintura de dois tons característica da divisão de luxo, detalhes cromados nas colunas B e nas soleiras, rodas de 22 polegadas e o emblema Maybach nas colunas D, outra característica da divisão. Por último, ele tem uma soleira elétrica retrátil feita de alumínio anodizado e dotada de iluminação para que os ilustres passageiros escalem a cabine com segurança e conforto.

Lá dentro, eles encontram duas poltronas reclináveis como em todo Maybach, revestidas de couro Nappa e dotadas de aquecimento, ventilação e massageadores. A cabine ainda tem persianas elétricas, ar-condicionado com ajustes individuais, telas individuais para cada ocupante da traseira, assim como mesas retráteis no console central — que é opcional e pode ser ocupado com um pequeno compartimento refrigerado. O carro tem até uma fragrância exclusivamente desenvolvida para perfumar a cabine (chamada “white osmanthus blossom”).

O GLS Maybach ainda tem suspensão ativa, com molas pneumáticas e controle de rolagem da carroceria. O carro chega às lojas na segunda metade de 2020 e, embora a Mercedes-Maybach não tenha revelado o preço, estima-se que ele irá custar cerca de US$ 200.000. (LC)

 

Hyundai pode lançar esportivo de motor central-traseiro em 2020

Há alguns anos circulam rumores sobre um suposto esportivo flagship da Hyundai, com plataforma dedicada e desempenho próximo ao dos supercarros . Agora, com o Salão de Los Angeles, novas informações divulgadas pela própria fabricante nos dão uma luz sobre os fatos.

De acordo com os australianos do site Drive, foi o próprio Albert Biermann, chefe de pesquisa e desenvolvimento da fabricante, quem deu a letra. Segundo a publicação, ele disse, com estas palavras: “estamos preparando um esportivo insano para o ano que vem”, com estas palavras.

Embora a natureza deste carro seja um mistério, um carro apresentado pela Hyundai no mesmo evento pode indicar a direção do projeto: o protótipo RM19, feito com base no Veloster N, porém com um motor de 390 cv atrás dos bancos dianteiros. Segundo a Hyundai, o RM19 é capaz de ir de zero a 100 km/h em menos de quatro segundos – e especula-se que ele seja, na verdade, uma mula de testes para o novo modelo, que muito provavelmente será vendido sob a linha N.

Biermann também deixou em aberto a possibilidade de, além de um motor a combustão, o novo esportivo ter uma opção com powetrain elétrico. Ao menos não estamos tão longe de 2020, e novidades a respeito não devem demorar a surgir. (DH)

 

Maserati apresenta “mula” de testes para novo motor

A Maserati divulgou nesta semana “flagras oficiais” de um protótipo de motor central-traseiro, com camuflagem e tudo. Segundo a fabricante, o carro é uma “mula” de testes para seu novo motor – projeto que se fez necessário desde que a Ferrari anunciou que não vai renovar o contrato de fornecimento de motores à Maserati.

O carro lembra um Alfa Romeo 4C modificado. Mas, de acordo com fontes internas da marca que vazaram informações à imprensa europeia, é muito provável que o novo motor seja um V6, e não um quatro-cilindros turbo como se vê no 4C.

A Maserati ainda diz que o novo motor dará origem a toda uma nova família de propulsores, a serem utilizados em lançamentos futuros da marca. Ficamos curiosos em saber como o novo motor se encaixa nos planos futuros de eletrificação da Maserati, mas a resposta para esta questão deverá aparecer nos próximos meses. (DH)

 

Equipe da Citroën deixa o WRC por causa de saída de Sebastien Ogier

A Citroen marcou o campeonato mundial de rali durante os anos 2000, com nove títulos consecutivos do piloto Sebastien Loeb e oito títulos de construtores. Nos últimos anos a equipe da Citroen vem perdendo competitividade no campeonato, nessa quarta (20) ela anunciou sua saída do WRC.

Segundo a nota oficial da equipe a saída foi motivada pela saída do piloto Sebastien Ogier da equipe com o término da temporada 2019. A participação no WRC também fugia da nova proposta da marca, de investir em conforte e eletrificação. A divisão de luxo DS continua a participação na Formula E. (ER)

 

Ford planeja versão Shelby do Mustang Mach-E

O Ford Mustang Mach-E foi apresentado com uma gama completa de modelos, mas segundo executivos da marca ainda há espaço para um modelo Shelby acima do GT. O engenheiro chefe do modelo, Ed Krenz, revelou a revista britânica Evo que está ansioso para fazer o tratamento Shelby do Mach-E e buscar uma forma de conciliar performance com sustentabilidade.

O engenheiro adiantou que a versão Shelby teria que ser capaz de rodar o dia todo em um track day com uma carga. A Ford tem intenção de que o Mach-E siga a tradição de performance e experiência de direção do Mustang.

O Mach-E GT não teve a potência divulgada, mas a Ford revela que a versão esportiva do crossover faz de zero a 100 km/h em menos de 4 segundos e tem autonomia de 400 km. A versão Shelby deverá rivalizar em aceleração com o Tesla Model X, que é capaz de fazer de zero a 100km/h em 2,7 segundos. A autonomia do Shelby também deverá ser maior. (ER)

 

Yamaha apresenta scooter XMax 250 ABS no Salão Duas Rodas

A Yamaha apresentou no Salão Duas Rodas, em São Paulo/SP, sua nova scooter XMax 250 ABS. Prevista para chegar ao mercado brasileiro no segundo trimestre de 2020, a moto usa um motor monocilíndrico de 250 cm³ com comando simples no cabeçote, quatro válvulas, 22,8 cv e 2,5 kgfm de torque. Como é padrão no segmento, a XMax 250 tem câmbio CVT.

Como o nome indica, a moto trará de série freios ABS. Ela também possui controle eletrônico de tração e painel misto – com ponteiros físicos para conta-giros e velocímetro, e um display digital multifuncional para o nível de combustível, temperatura do motor e computador de bordo. Este último inclui funções como consumo instantâneo, autonomia, hodômetro digital e parcial, tempo de viagem, nível da bateria e alertas de manutenção.

A Yamaha XMax 250 ainda tem amortecedores invertidos na dianteira com curso de 110 mm, e suspensão traseira monobraço com curso de 92 mm e ajuste de pré-carga em até cinco níveis. A roda dianteira de 15 polegadas calça um pneu 120/70, enquanto a roda de 14 polegadas na traseira vem com pneu 140/70.

A fabricante ainda não declarou o preço da XMax 250, mas já adianta que ela será oferecida nas cores vermelho “Red Velvet”, azul “Matt Blue” e preto “Midnight Black”, todas com acabamento fosco acetinado. (DH)

Matérias relacionadas

Novo Porsche Panamera revelado, o ronco “selvagem” do Mercedes AMG GT R, a nova geração do Renault Fluence e mais!

Leonardo Contesini

O trailer de “Mad Max: Fury Road”, o fim de Car Town, os detalhes do futuro Toyota Supra e mais!

Leonardo Contesini

Toyota Supra terá 2.0 turbo de 265 cv, Polo GTS já está em testes, laranja poderá ser tendência nos carros brasileiros e mais!

Leonardo Contesini