Edição diária: 17/06/2019
FlatOut!
Image default
Notícias

Michael Schumacher está internado em estado grave após acidente na França — entenda a condição do piloto

Más notícias neste fim de domingo: o heptacampeão da F1, Michael Schumacher, está internado em estado crítico depois de sofrer um acidente de esqui na França. Apesar das primeiras informações, que disseram que seu estado não era grave, ele precisou passar por uma cirurgia de emergência após sofrer uma hemorragia cerebral.

O acidente aconteceu na manhã deste domingo (29), quando Schumacher esquiava nos Alpes Franceses com seu filho de 14 anos. Ele bateu a cabeça em uma pedra e foi levado ainda consciente ao hospital local. Mais tarde ele foi transferido para o Centro Hospitalar Universitário de Grénoble, onde chegou em coma induzido.

É importante esclarecer que o coma induzido é um procedimento padrão adotado em casos de lesões na cabeça, que levam à interrupção dos movimentos voluntários dos músculos do pescoço e da língua, causando obstrução das vias respiratórias e a consequente queda dos níveis de oxigênio no cérebro. Para manter a oxigenação e as vias aéreas do paciente, ele passa a usar aparelhos respiradores introduzidos pela traqueia, o que exige um estado anestésico profundo — que é o coma induzido.

Gary Hartstein, ex-médico da F1 e professor de anestesia e emergência no Hospital Universidade de Liège, fez esclarecimentos sobre esse tipo de lesão no Twitter, explicando que a hemorragia causa o aumento da pressão intracraniana, e é preciso reduzi-la com urgência por meio de intervenção cirúrgica — a cirurgia à qual Schumacher foi submetido ao chegar no hospital.

a6197d59d3624e2b470f6a7067008b0d

Ele ainda está em estado crítico e a recuperação depende de uma série de fatores, dentre os quais estão a severidade da lesão, a amplitude do aumento da pressão no cérebro, a rapidez com a qual foi feita a drenagem e a redução da pressão, e a qualidade dos cuidados e do tratamento intensivo.

Segundo sua assessoria, o piloto está “lutando pela vida” e estava usando capacete no momento do acidente.

De nossa parte, fica a torcida para que o campeão consiga se recuperar.

Matérias relacionadas

McLaren confirma hipercarro de três lugares inspirado no F1

Leonardo Contesini

Câmara rejeita o uso obrigatório dos simuladores em auto escolas

Leonardo Contesini

Cientistas transformaram gás carbônico em etanol… quase sem querer

Leonardo Contesini