Mike Brewer dá sua versão sobre a saída de Edd China em Wheeler Dealers: “os motivos são dele, não meus”

Dalmo Hernandes 11 outubro, 2017 0
Mike Brewer dá sua versão sobre a saída de Edd China em Wheeler Dealers: “os motivos são dele, não meus”

Uma das coisas que poderiam não ter acontecido em 2017 foi a saída de Edd China de Wheeler Dealers (“Joias sobre Rodas” no Brasil, exibido no Discovery Turbo), programa no qual ele e seu colega Mike Brewer compravam carros, os recuperavam e modificavam, e então os revendiam com lucro. O programa estreou em 2003 (!), e seu formato altamente técnico o tornava extremamente popular entre os entusiastas e didático aos leigos. Mike tinha um bom faro para carros e Edd fazia um grande trabalho explicando em detalhes os serviços que iria realizar neles – dificilmente você assistia um programa sem aprender alguma coisa nova.

Os dois funcionavam bem trabalhando juntos, mas muita gente concorda que Edd era a espinha dorsal do formato. Sua saída do programa, em março, trouxe preocupação para muitos fãs. Isto porque o motivo era justamente o fato de os novos produtores de Wheeler Dealers, que foi reformulado pelo Discovery no fim do ano passado e passou a ser produzido internamente, decidirem reduzir drasticamente a porção técnica do programa. A ideia era trazer apelo a uma parcela maior (ou seja, menos específica) do público.

Na época, Edd publicou um vídeo em seu canal do YouTube explicando os motivos por trás de sua saída. “Esta nova direção é algo que não me deixa confortável, pois eu acredito que as reduções que eles me pediram para fazer comprometeriam a qualidade do meu trabalho e acabariam com a minha integridade e a do programa”, afirma.

Edd foi bastante diplomático e mal mencionou Mike, dizendo apenas que o público deveria dar uma chance a seu substituto, Ant Anstead, porque “é sempre duro ser o cara novo”. E desejou boa sorte a Mike em sua continuidade no programa.

Em um vídeo em seu Twitter, Mike disse que Edd era “um excelente mecânico e um grande amigo”, lhe desejou boa sorte nos novos projetos e convidou o pessoal para assistir à nova temporada que estrearia na segunda metade do ano. Parecia que tudo estava bem, de fato.

Acontece que a notícia foi mal recebida pelos fãs. O quanto mal recebida? Bem, a ponto de Mike Brewer receber até mesmo ameaças voltadas para si e sua família via Twitter, por exemplo. Aí complica, hein? O próprio Edd se manifestou em um vídeo pouco publicado pouco depois do anúncio de sua saída. No vídeo, ele pede que os fãs deixem Mike em paz, visto que a decisão não foi dele.

“Mike me ligou na semana passada e disse que não apenas ele, mas sua esposa e sua filha andaram recebendo ofensas e até ameaças de morte porque eu decidi sair do programa. Isto definitivamente NÃO é legal.” E ainda faz questão de deixar as coisas claras no que diz respeito à relação dos dois. “[Mike] é minha pessoa favorita no momento? Acho que não. E tenho certeza que também não sou a pessoa favorita dele, mas tudo bem. Nós dois somos adultos; vamos nos entender, superar e vai ficar tudo certo.”

wheeler-dealers1

O fato é que tudo isto levou Mike a manter-se, na maioria do tempo, discreto a respeito do destino de Wheeler Dealers. Ele passou a, ocasionalmente, responder aos comentários negativos dizendo que os fãs tivessem paciência e que, apesar da mudança no formato, Wheeler Dealers continuaria sendo um programa feito por gente que ama carros, acima de tudo. Contudo, em maio deste ano, ele respondeu pelo Twitter a um seguidor que o acusou de “apunhalar Edd pelas costas”.

“Edd saiu e não avisou nada, simplesmente jogou fora tudo o que foi construído ao longo de 13 anos… quem é o traidor?”, Mike dizia no tweet, que foi apagado pouco depois.

Agora, oito meses depois, os ânimos já se acalmaram e todo mundo seguiu em frente, certo? Bem, quase isto: no fim de setembro, foi publicado um vídeo no Youtube onde, durante um encontro de carros, Mike diz que “Edd se tornou um astro da TV, e quando você vira um astro da TV você acha que tem o direito de fazer o que quiser.

Mike Brewer se pronunciou em uma entrevista publicada hoje (11) no site Motoring Box e, agora que a poeira baixou e o primeiro episódio com seu novo parceiro Ant já passou na TV, falou um pouco sobre a sua versão da história. Que é um pouco diferente.

Ele diz que, em primeiro lugar, o vídeo era muito mais longo, porém foi editado e tirado do contexto, e que na verdade ele falou bem de Edd, mas isto foi omitido. Disse que também chegou a explicar aos fãs que o abordaram que adorou trabalhar com Edd por 13 anos, e que lhe deseja tudo de melhor.

Por outro lado, ele disse que os últimos meses foram bem difíceis para ele e sua família. “Me xingam na rua, nos restaurantes, supermercados e eventos de carro porque Edd tomou a decisão de deixar o programa? Seus motivos são claros e estão aí para as pessoas tirarem suas próprias conclusões”, declara.

De fato, na maioria das vezes Mike evitou falar a respeito da ruptura entre os dois e preferiu focar seus esforços em tranquilizar os fãs, dizendo que o programa não mudaria tanto assim.

[Os fãs] temiam, com base apenas nas declarações de Edd, o pior para o futuro do programa, pois eles se importam muito com ele. Precisei de alguns meses e muita paciência contra uma maré contínua de ofensas para chegar onde estamos hoje. Agora que o público finalmente assistiu  ao novo episódio, eles podem ver que foi exatamente como eu falei o tempo todo.

Quero deixar perfeitamente claro que em nenhum momento pediram a Edd para reduzir seu papel no programa. E, por favor, não esqueçam que eu nem sabia que ele estava de saída.

wheeler-dealers

De fato, por mais que o mecânico do programa tenha mudado e que o formato tenha ficado um pouco menos técnico, o novo episódio que estreou no dia 4 de outubro mostrou-se um bom programa de carros. O Escort RS Cosworth teve sua história respeitada, e até recebeu uma terceira asa traseira, como estava previsto no projeto original, como mencionamos ontem no post sobre os project cars com o Escort.

Além disso, a química de Mike Brewer e Ant Anstead foi “imediata”, na opinião da crítica. E, de fato, Mike tinha razão: a parte técnica do programa ficou um pouco menos técnica, mas o novo formato definitivamente não é uma mudança radical em relação às outras temporadas. Você pode assistir o episódio na íntegra abaixo (a questão é: até quando?) e tirar suas próprias conclusões.

De fato Ant, que apresentava For the Love of Cars (no Brasil, “Fanático por Carros”), também do canal Discovery, é um cara que também entende de mecânica, embora tenha uma personalidade mais jovial e lúdica, e também uma linguagem mais leve. No geral, curtimos. E você?