A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Motos Pensatas

Minha primeira moto — ou “terapia em duas rodas”

É natural que as coisas mudem. Nada está estático, nada é absoluto. Absolutamente nada. Mas é impressionante como as coisas podem mudar drasticamente em pouquíssimo tempo. Escrevo estas palavras entre um cigarro e outro – vício que nunca tentei largar, embora hoje considere esta possibilidade –, no quarto onde cresci. Na casa de onde saí há quase quinze anos, para onde achei que jamais voltaria. As circunstâncias que me trouxeram até aqui pouco importam

Matérias relacionadas

Sobre as complicações desnecessárias que as fabricantes de carros inventam

Dalmo Hernandes

Estas são as motos de rua mais potentes que se pode comprar hoje em dia

Dalmo Hernandes

O que a Kia pode aprender com os acertos da Hyundai?

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados