A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Mobilização contra a venda de Interlagos, Alonso em Le Mans, Ford GT quebra recorde “sem querer” e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Entidades se mobilizam contra privatização de Interlagos

berticompet

No último dia 24 de janeiro o movimento Interlagos Hoje protocolou no Ministério Público Estadual de São Paulo uma petição na qual questiona formalmente o Projeto de Lei 01-00705/2017, que dispões sobre o processo de privatização do complexo de Interlagos — o qual inclui o Autódromo José Carlos Pace e o Kartódromo Ayrton Senna.

Segundo o coordenador do movimento, Sergio Berti, o principal questionamento da petição é a ausência de garantias de preservação da prática do esporte motorizado no circuito, uma vez que após tornar-se propriedade particular, não há lei que proíba o novo proprietário de demolir o autódromo e desviar a função do espaço. “As promessas apresentadas pelo prefeito João Doria Júnior carecem de fundamento básico: sua promessa de privatizar Interlagos e garantir a continuidade do uso para o qual o circuito foi construído não encontra respaldo legal. Uma vez tornado particular não há lei que garanta isso”, diz o documento enviado à imprensa. O advogado responsável pela petição acredita que “o assunto tem ampla base para que o Ministério Público do Estado de São Paulo se oponha ao Projeto de Lei, tomando as medidas legais cabíveis”. A petição ainda destaca que o complexo é uma área de lazer importante para a região pois oferece “condições para a prática de vários esportes e atividades variadas”, e que “as afirmações de que o complexo gera prejuízo aos cofres públicos não correspondem à realidade dos fatos”.

Não há prazo para o julgamento da petição, mas ela seja julgada procedente, o Ministério Público deverá instaurar uma ação judicial para interditar a privatização de Interlagos.

 

Nova geração do Porsche 911 terá motores híbridos

Porsche-911-mule-4

Na primeira vez que ouvimos algo sobre os motores da nova geração do Porsche 911, soubemos que a fabricante havia descartado os powertrains híbridos para o esportivo, o que soou até um pouco estranho, dado que já faz alguns anos que se fala em um 911 auxiliado por energia elétrica. Pois agora o site Automobile News publicou novidades sobre o modelo, e elas dão conta de que ele terá mesmo um sistema híbrido.

O site não obteve detalhes sobre a cilindrada do motor, mas soube que o flat-6 turbo passará a desenvolver 400 cv na versão Carrera, enquanto a versão Carrera S chegará aos 450 cv. O modelo GT3 também ganhará um motor turbo, como já havíamos visto anteriormente, e deverá chegar aos 560 cv. No topo da escala de potência ficarão os modelos Turbo e Turbo S, que deverão chegar aos 600 cv e 630 cv, respectivamente.

O Automotive News também apurou que o ganho de potência virá parcialmente do sistema de 48V que a Porsche pretende adotar nos modelos, embora não tenha ficado claro se todos eles serão equipados com o motor elétrico ou se apenas as versões de topo.

Também fala-se em um 911 e-Hybrid, mas o CEO da Porsche, Oliver Blume, antecipou que ele só será lançado quando houver demanda por isso. O modelo será equipado com um flat-6 3.0 e um motor elétrico de 100 cv. Juntos eles terão 490 cv e 77,4 kgfm para levar o 911 aos 100 km/h em 3,5 segundos e à máxima de 317 km/h — além de permitir que ele rode 65 km usando apenas eletricidade.

 

“Piloto por um dia” em Interlagos no próximo dia 11

27164851_1625681764164795_5988445989271120314_o

Anote aí na agenda: no próximo dia 11 de fevereiro o pessoal da TRS Race Team, em parceria com a Liga Desportiva de Automobilismo (LDA), irá organizar a segunda edição do “Piloto por um Dia”. As inscrições já estão abertas e, por preços partindo de R$ 250, você pode acelerar seu carro na pista de Interlagos!

Para se inscrever você só precisa acompanhar a TRS Race Team e preencher o formulário de pré-inscrição neste link. O evento é aberto a qualquer tipo de carro e a qualquer pessoa com CNH válida. Se você não tiver um carro para track day, também é possível alugar carros de pista. A inscrição é válida para um piloto e um carona. Ao longo dos próximos dias vamos divulgar mais informações aqui mesmo no Zero a 300.

 

Ford GT quebrou recorde “sem querer”

wdmp-170425-18419-1516908281

A Ford nunca prometeu quebrar nenhum recorde com seu novo GT. Eles tinham apenas a ambição de vencer Le Mans novamente — e foi exatamente o que fizeram em 2016, derrotando a Ferrari mais uma vez. Mas isso não os impediu de quebrar um recorde meio “sem querer”, como conta o pessoal da Road & Track.

Há alguns meses a Ford descobriu um problema em um de seus GT de pré-produção que foram emprestados à imprensa, e para descobrir o que estava acontecendo enviou a unidade problemática junto de outro modelo de pré-produção ao Virginia International Raceway. Ao acelerar o carro não-defeituoso para fins de validação do problema, ele acabou completando uma volta em 2:38,62. Esse tempo, por acaso, é quase dois segundos mais baixo que o tempo do então recordista Dodge Viper ACR, que fez sua volta mais rápida no circuito em 2:40,02. Segundo Johnson o GT usado nos testes sequer tinha o acerto ideal para recordes, dado que não era um exemplar Competition Series, que vem sem ar-condicionado, com escape de titânio e outras medidas de redução de peso.

img-20171110-140042-1516913579

Somente três pessoas da Ford estavam presentes quando o recorde foi estabelecido, o que levanta questionamentos sobre sua validade. Mas não deixa de ser um feito e tanto, especialmente se você considerar que o Viper ACR é um carro capaz de completar uma volta em Nürburgring na casa dos 7 minutos cravados. Será que a Ford não quer levar seu GT à Alemanha não?

 

Alonso confirmado nas 24 Horas de Le Mans pela Toyota

Alonso

Depois de uma adaptação nas 24 Horas de Daytona neste último final de semana, a McLaren e a Toyota confirmaram que Fernando Alonso irá participar das 24 Horas de Le Mans (e até de outras rodadas do WEC) pela equipe japonesa. O anúncio foi feito pelas equipes e pelo piloto espanhol nesta terça-feira (30).

Alonso disse que nunca escondeu sua vontade de conquistar a Tríplice Coroa do automobilismo — que é a vitória no GP de Mônaco, na Indy 500 e nas 24 Horas de Le Mans, feito alcançado até hoje somente por Graham Hill — e que chegou perto da Indy 500 no ano passado, mas não conseguiu. “Agora tenho a chance de disputar a vitória em Le Mans, graças à McLaren. É um desafio imenso, muita coisa pode dar errado, mas estou pronto, preparado e disposto a brigar”, disse.

Apesar do foco em Le Mans, Alonso disse que continuará comprometido com a Fórmula 1. “De forma alguma este desafio irá me afastar do meu objetivo principal com a McLaren. Em 2018 meu objetivo é ser competitivo em todos os GP e acho que estamos perto de conseguir isso.”

 

Matérias relacionadas

SP terá 1.600 novos agentes credenciados para multar, Nissan Versa ganha versão Nismo e motor três cilindros, Toyo lança sucessor do Proxes R888 e mais!

Leonardo Contesini

Um raro Uno 1.6R 1990 com frente alta e painel digital do Uno Turbo Europeu: FlatOut Midnight!

Juliano Barata

BMW M3 poderá virar híbrido, redução de acidentes nas Marginais de SP, Porsche de McQueen vendido e mais!

Leonardo Contesini