A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Mustang terá versão híbrida, os detalhes do novo McLaren, o novo Kia Picanto e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Mustang tera versão híbrida

bb2e6a940907c1704af166782ad14cdd

Depois de abrir o caminho para os novos tempos com a volta de um Mustang turbo, a Ford agora irá produzir uma versão híbrida de seu pony/muscle car. O anúncio foi feito nesta última terça-feira (3) durante uma coletiva de imprensa em sua fábrica de Flat Rock, nos EUA. Na ocasião o CEO da marca, Mark Fields, anunciou não apenas o Mustang, mas também outros 12 modelos que usarão algum tipo de eletrificação — sejam híbridos, elétricos ou plug-in — nos próximos cinco anos.

O Mustang será lançado em 2020 e terá potência semelhante à do V8, porém mais torque (e provavelmente mais peso). É provável que ele seja equipado com o motor 2.3 EcoBoost auxiliado por um sistema elétrico de 48 volts integrado ao câmbio automático, substituindo o conversor de torque, o alternador e o motor de partida.

Entre os outros 12 modelos híbridos estão a picape F-150, que poderá usar seu motor elétrico como gerador de energia para ferramentas ou outros tipos de trabalhos remotos; táxis baseados na Transit; o Police Interceptor; um modelo autônomo; um crossover compacto; e uma Transit plug-in para a Europa.

 

Kia revela o novo Picanto

3rd-generation-kia-picanto_gt-line-front-quarter

Você talvez sequer lembrava de sua existência, mas o Kia Picanto acaba de ganhar uma nova geração — e ela parece nervosa. O porte do carro é o mesmo: o comprimento continua medindo 3,6 metros, porém ele ficou ligeiramente mais espaçoso (ou menos apertado) por dentro com o aumento de 15 mm no entre-eixos, obtido pelo deslocamento dos eixos em direção às extremidades do compacto.

3rd-generation-kia-picanto_gt-line-interior

 

O visual agressivo é cortesia da versão GT Line (em qual marca francesa chamada Renault eu vi esse nome?), que tem apelo esportivo na decoração, como os detalhes em vermelho na carroceria, as costuras contrastantes no interior, o volante com empunhadura esportiva, saias laterais e rodas de liga leve.

3rd-generation-kia-picanto_gt-line-side

Ainda não há detalhes sobre a motorização, mas é possível que ele mantenha o mesmo 1.0 de três cilindros usado pela atual geração e também por seus primos da Hyundai, o i10 e o HB20. Também existe a possibilidade de a versão GT Line ser equipada com o motor 1.0 turbo da Hyundai-Kia, de 120 cv, já adotado nas versões GT Line de outros modelos — especialmente agora que a Volkswagen lançou ou up! com motor TSI na Europa.

3rd-generation-kia-picanto_gt-line-rear-quarter

O novo Kia Picanto será lançado oficialmente no Salão de Genebra, em março deste ano, porém ainda não se sabe se ele será trazido para o Brasil.

 

 

Crianças nascidas hoje jamais irão dirigir, prevê especialista em robótica

2016-tesla-model-s-update

Lembra das previsões para o futuro que se fazia nos anos 1990? Pois é… já não se faz mais futuros como antigamente e isso se deve provavelmente às rápidas mudanças na evolução tecnológica. Por outro lado, esta evolução acelerada aplicada à tecnologia autônoma dos carros, levou o especialista em robótica da Universidade de San Diego, Henrik Christensen — que também é diretor o Instituto de Robótica Contextual da Universidade — a declarar que as crianças nascidas nos dias de hoje jamais irão dirigir um carro.

Isso significa, na prática, que em menos de 20 anos não precisaremos mais dirigir nossos carros. Segundo Christensen, os carros autônomos começarão a aparecer em 10 ou 15 anos e todas as fabricantes de veículos — Daimler, GM e Ford, por exemplo — já disseram que em cinco anos colocarão seus carros autônomos nas ruas.

Ainda segundo Christensen, a popularização dos autônomos não será uma questão de gostar ou não de dirigir, mas de se tornar mais produtivo com o auxílio desta nova ferramenta, pois as pessoas quando dirigem não podem fazer mais nada. Além disso, com os autônomos será possível dobrar o número de carros nas ruas sem a necessidade de ampliar a infra-estrutura. O especialista ainda completou dizendo que a propriedade de carros como conhecemos hoje deixará de existir em 20 anos: “os carros se tornarão um serviço”

 

 

Coreia proíbe venda de modelos Porsche, Nissan e BMW

03-1483422488-south-korea-bans-bmw-porsche-nissan-sales-3

A Coreia do Sul proibiu a venda de dez modelos da Nissan, BMW e Porsche devido a fraudes em documentos de homologação. O banimento é resultado de uma investigação realizada pelo governo coreano sobre os fabricantes estrangeiros após o escândalo das fraudes da Volkswagen.

Em agosto de 2016 o governo já havia anunciado que iria proibir a venda dos dez modelos após descobrir que as fabricantes haviam fraudado documentos de testes de emissões e níveis de ruído, mas a proibição, contudo, só foi aplicada em dezembro passado. Os modelos são: BMW X5 M, Nissan Qashqai, Infiniti Q50, Porsche Macan S Diesel, Porsche Cayenne SE Hybrid & Turbo, Porsche 918 Spyder, Porsche Cayman GTS, Porsche 911 GT3 e Porsche Panamera SE Hybrid.

Juntos estes modelos já venderam mais de 4.500 unidades no País. Além da proibição das vendas, os fabricantes também terão que pagar uma multa de US$ 5,9 milhões.

 

McLaren revela o monocoque do novo P14

monocage-tease-final_0

Como você já deve saber, a McLaren está preparando um sucessor para o 650S, chamado por enquanto de P14. O modelo já foi flagrado em testes praticamente sem disfarces e será lançado em março, no Salão de Genebra, com portas diedrais semelhantes à do clássico F1.

Captura de Tela 2017-01-04 às 14.38.33

Enquanto o lançamento do carro não chega, a McLaren decidiu atiçar os fanáticos por detalhes técnicos divulgando o monocoque do novo esportivo — uma estrutura em forma de T, que permite um recorte maior no teto para as portas diedrais, facilitando o acesso ao cockpit. Segundo a McLaren, a nova geração da “Super Series” (série à qual pertence o 650S) irá pesar cerca de 1.290 kg — quase 20 kg a menos que o modelo atual.

McLarenP142-620x413

O motor do P14 será o mesmo V8, porém com cilindrada aumentada e alimentação revista para aumentar a potência de 650 cv para perto de 700 cv.

Matérias relacionadas

Este Peugeot 308 GTi widebody de 302 cv é animal – e nos deixa meio tristes

Dalmo Hernandes

Semana Audi nos Classificados GT40: todos os modelos da marca anunciam de graça até terça-feira que vem

Leonardo Contesini

Você consegue decidir entre um Subaru WRX STI 22B e um Mitsubishi Evo Tommi Mäkinen Edition?

Dalmo Hernandes