A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos Vídeo Zero a 300

Nissan GT-R de 1.000 cv e Civic de 250 cv juntos na pista? Sim – e foi uma bela corrida!

Desde 1991 a Hot Version, publicação irmã da Best Motoring International (esta, fundada em 1987) testa esportivos japoneses preparados em circuitos e touges no Japão. É claro que as preparadoras levam seus carros a fim de tê-los divulgados, mas aparentemente quem sai ganhando mesmo são os pilotos, que parecem realmente se divertir disputando corridas em carros com diferentes níveis de preparação e características completamente distintas entre si.

São caras que só querem acelerar, dá para ver. Pilotos de diferentes categorias do automobilismo japonês, e também alguns dos preparadores dos carros que se arriscam a conduzir suas próprias criações, juntaram-se no circuito de Tsukuba em 2012 para uma “batalha sem discriminação”: oito carros de diferentes categorias do mercado doméstico japonês, com níveis de preparação distintos e (quase) todo tipo de configuração mecânica, juntos na pista, em uma corrida de cinco voltas.

As preparadoras incluem Amuse, Top Secret, Spoon e MCR, e os carros vão de Honda Civic de 250 cv a Nissan GT-R de 1.000 cv, classificados por deslocamento do motor – o menor sai na frente. E esta é a única regra. Será que rola uma disputa competitiva? É o que a gente vai ver agora. São 20 minutos de vídeo, mas passa rapidinho.

Quem larga na ponta é o Honda Civic Type R FN2 da Spoon. Ao volante, Seiji Ara, que tem no currículo nada menos que uma vitória nas 24 Horas de Le Mans em 2004, revezando ao volante do Audi R8 LMP com Rinaldo Capello e Tom Kristensen. O motor foi preparado pela Spoon para entregar 250 cv, e também recebeu uma nova ECU, roda de 18 polegadas e diferencial com autoblocante mecânico. Já o último do grid é o Super GT-R da Top Secret, preparadora do lendário Smokey Nagata, com componentes HKS e da própria Top Secret, além de dois enormes turbocompressores GReddy TD06-25G para entregar seus mais de 1.000 cv.

A propósito, você vai querer ver os dois Civic desta corrida disputando na famosa Gunsai Touge!

Entre eles, caras como outro Civic sedã preparado pela Seeker, com um K22 de 2,2 litros e 280 cv; um Honda S2000 com deslocamento ampliado para 2,35 litros e capacidade para entregar 300 cv, um Nissan 370Z com motor V6 de 3,5 litros e 350 cv; um 370Z preparado pela Amuse com motor v6 de 3,7 litros e 380 cv; um Subaru Impreza com turbo HKS; e 470 cv e outro Nissan GT-R, preparado pela MCR e acertado para entregar 650 cv.

No momento da largada, o GT-R vermelho da MCR dispara na frente de todo mundo – mas não consegue tomar distância do pelotão logo atrás dele. Nas primeirsa voltas os carros se mantém bastante próximos entre si, sem muito espaço para ultrapassagens, mas as coisas começam a ficar melhor definidas nas voltas seguintes. Não demora para que as longas retas de Tsukuba dêem vantagem ao Super GT-R 1000 da Top Secret, que alcança o rival e começa a pressioná-lo.

O Subaru Impreza, com o drift king Keiichi Tsuchiya ao volante, vem logo atrás, mas a surpresa fica por conta do Honda S2000: ele foi o único naturalmente aspirado que conseguiu dar algum trabalho aos turbinados ao longo da prova.

Uma das razões para isto está justamente na capacidade natural do motor F20/F22 de subir de giro rapidamente, chegando mais rápido à faixa de rotações onde apresenta melhor rendimento. Isto sem falar no acerto dinâmico excelente do roadster, frequentemente colocado entre os melhores de todos os tempos neste aspecto e, por esta mesma razão, um dos favoritos dos preparadores de alto nível.

Neste belíssimo vídeo, gravado em 2013, o S2000 da Arvou já havia recebido um supercharger para entregar 400 cv. Na corrida da Best Motoring, ele era naturalmente aspirado

No fim das contas a disputa foi entre o GT-R 1000 preparado por Smokey Nagata e o GT-R da MCR, com 350 cv a menos. No entanto, em um circuito rápido e curto como Tsukuba, potência bruta não é muito mais importante do que acerto de suspensão e a dinâmica do carro. A dupla de Honda Civic ficou para trás, sim, mas considerando a disparidade na ficha técnica dos carros, os números na pista não foram tão díspares assim: o melhor tempo da corrida foi feito pelo GT-R da Top Secret, que fez sua volta mais rápida em 00:59,493. Já o Civic da Seeker, que teve o pior tempo, virou 1:04,224 – menos de cinco segundos de diferença.

Mas há um detalhe interessante aqui: para tornar a disputa mais justa, os dois GT-R foram calçados com pneus de rua, enquanto os outros puderam calçar pneus de pista. No fim da última volta, o handicap quase custou ao Godzilla da MCR o segundo lugar, pois o Subaru Impreza se aproximava cada vez mais. Nas curvas, o GT-R perdeu bastante velocidade por conta do desgaste acelerado dos pneus dianteiros.

Outra questão importante foi o acerto dos carros. A maioria deles estava ajustada para circuitos de touge – as famosas estradas nas montanhas do Japão, com longas sequências de curvas bastante fechadas que normalmente são contornadas de lado. Com um setup diferente, talvez o GT-R 1000 tivesse aberto uma vantagem maior, ou talvez o S2000 tivesse conseguido o terceiro lugar.

De qualquer forma, o que se vê é uma demonstração de diferentes tipos de carros japoneses, com diferentes configurações, acelerando com tudo na pista só por diversão. É por isso que a gente gosta tanto dos vídeos da Best Motoring, afinal.

Aliás, fique à vontade para sugerir outros vídeos bacanas da Best Motoring e da Hot Version nos comentários!

Matérias relacionadas

Este Subaru Forester “STI” com motor 2.5 de 340 cv está à venda

Dalmo Hernandes

“Han Lue” de Velozes e Furiosos está fazendo um Datsun 240Z de corrida para o SEMA Show

Dalmo Hernandes

Atomic Punk: o hot rod moderno inspirado por Ed Roth e por uma música do Van Halen

Dalmo Hernandes