Niva Concept: um Chevrolet russo com cara de Ford e motor Peugeot… e não é que ficou bacana?

Dalmo Hernandes 27 agosto, 2014 80
Niva Concept: um Chevrolet russo com cara de Ford e motor Peugeot… e não é que ficou bacana?

Quando o assunto é o Niva, a primeira coisa que vem à cabeça é o bom e velho utilitário soviético da Lada: rústico, resistente e icônico, logo ao lado do Jeep Wrangler e do Land Rover Defender — sem exagero. Você não pensa em um SUV com desenho moderno, em harmonia com as últimas tendências do design automotivo. Pois o conceito Chevrolet Niva se encaixa perfeitamente nesta definição. Mas, espera um minuto… Chevrolet Niva?

Caso você não se lembre, recentemente a Lada promoveu em seu utilitário uma atualização interessante — para-choques envolventes, rodas de 17 polegadas, ar-condicionado e vidros e travas elétricos. Fora isso, ele continuou igual, só que melhor. Ah, e ele passou a se chamar Taiga — como se isso fosse impedir o mundo inteiro de continuar chamando-o de Niva…

niva-old

Mas existe outro Niva comercializado na Rússia: o Chevrolet Niva, fruto de uma parceria entre a General Motors e a AutoVAZ (dona da Lada) e que usa uma variação da plataforma veterana com carroceria de visual modernizado — e foi a razão para que o Niva da Lada mudasse de nome. Acontece que as vendas do Chevy Niva aparentemente não iam muito bem: cerca de 23.500 unidades do utilitário foram emplacadas na Rússia e países vizinhos até a metade deste ano — 21% a menos que o mesmo período de 2013, segundo o site de notícias russo Wroom.ru.

Talvez os ex-soviéticos prefiram o visual rústico e honesto da versão da Lada — o Chevy Niva atual parece mais moderno mas, por baixo da carroceria é praticamente o mesmo jipe lançado em 1977. Mas o braço russo da Chevrolet vai resolver esta questão na próxima geração — ao menos é isto que o conceito Chevrolet Niva dá a entender.

chevy-niva (2)

Os primeiros teasers foram publicados há cerca de duas semanas, e agora — dias antes da apresentação no Salão de Moscou, que começa no dia 29 de agosto — as primeiras imagens oficiais foram reveladas. E o que vemos é um SUV compacto, porém dotado de linhas musculosas e agressivas, com alguns vincos e linha de cintura ascendente.

A dianteira agora segue a identidade visual atualizada da Chevrolet, com faróis estreitos ligados por uma fina grade e, abaixo, um “bocão” — elementos que fazem o Niva lembrar bastante o Ford Ecosport. Segundo o site australiano CarAdvice, o designer responsável pelo conceito foi Ondrej Koromhaz, da Holden, e o conceito foi construído na fábrica da subsidiária da General Motors em Melbourne, na Austrália.

O conceito também traz um tack no teto, faróis de longo alcance, snorkel e suspensão elevada. Os pneus são off-road, de medidas 235/70, e calçam rodas de 16 polegadas.

Quanto à mecânica, tudo indica que o atual motor de 1,7 litros e injeção será substituído por um 1.8 de origem Peugeot, capaz de entregar 135 cv, acoplado a uma caixa manual de cinco velocidades. Atualmente, o Chevrolet Niva é comercializado em outros países também com o motor Ecotec de 1,8 litro — derivado do Família I que, por muitos anos, equipou veículos da Chevrolet no Brasil. Não há planos para uma versão a diesel.

chevy-niva (3) chevy-niva (4)

Vamos ser bem honestos: achamos que a mistura (um SUV russo com um emblema Chevrolet, cara de Ford, projetado e construído pela Holden com motor Peugeot), por alguma razão, vai dar certo. Agora, se ele vai se tornar um ícone como o Niva original, aí já é outra história.