A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos Vídeos Zero a 300

Nostalgia JDM: viaje no tempo com estes vídeos de drift da revista Carboy

Você provavelmente já ouviu falar das revistas Option AutoBest Motoring InternationalHot Version, publicações japonesas que cobrem a cena de carros preparados e modificados na Terra do Sol Nascente desde os anos 80. No entanto, havia uma outra publicação, menos conhecida mas igualmente nostálgica: a Carboy. Assim mesmo, tudo junto. E, assim como as publicações mais famosas, eles também faziam (fazem?) alguns vídeos bem divertidos de assistir.

O nome não é dos melhores (na verdade, carboy também pode ser “garrafão” em inglês), mas isto é apenas um detalhe que também acaba contribuindo para a aura nostálgica da coisa toda. O que importa é que, tal como a Option, a Best Motoring e a Hot Version, a Carboy cobria a cena entusiasta JDM de forma detalhada e direcionada sem poupar informações sobre engenharia, preparação e customização. Eles não tinham um Keiichi Tsuchiya para conduzir os carros, mas isto não os impedia de realizar test drives e comparativos com carros modificados por preparadoras e também por entusiastas.

A melhor fonte de imagens da Carboy que eu encontrei foi um álbum no Flickr. Não entendo japonês, mas estas páginas parecem bastante informativas. E a diagramação é bacana, também. Olha só:

 

Na verdade esta edição é mais recente, de 2010, mas o aspecto das páginas é bem noventista, e boa parte do conteúdo é dedicada aos Honda dos anos 80 e 90. Aparentemente, em algum momento depois disto a Carboy deixou de ser publicada – o site da revista já não funciona mais, e é bem difícil encontrar informações sem ter alguma noção de japonês. De qualquer forma, desde quando é preciso entender outra língua para curtir vídeos de carros japoneses acelerando na pista?

Então se liga: 1988, 30 anos atrás. Os carros eram kei cars como o Suzuki Mighty Boy (que na verdade é a picape mais fofinha do mundo) e o Honda Life, compactos como o Toyota Starlet e esportivos como o AE86 e o Nissan Skyline R30. O cenário é alguma touge japonesa, porém em plena luz do dia, e as pessoas assistem a tudo sentadas nos barrancos – elas riem, comentam o desempenho dos pilotos e exclamam admiradas quando rola algum acidente. A estrutura se resume a alguns cones demarcando a pista, e a pilotagem é bruta. E, aos 2:26, você vê um Isuzu Gemini – que é nada menos que a verão made in Nihon do nosso adorado Chevrolet Chevette.

Como você deve ter percebido, este é apenas um de 12 vídeos que o usuário postou no YouTube postou. Ao quetudo indica, trata-se de uma seleção de vídeos antigos feitos pela própria Carboy, pois há uma pequena introdução feita em computação gráfica que é a cara do começo dos ano 2000.

Este outro vídeo traz cenas de campeonatos de drift promovidos pela Carboy entre 1989 e 1991. Dá para ver alguns esportivos icônicos, com o Toyota MR-2, o Mazda RX-7 e o Nissan 180SX, andando de lado em fila indiana (tandem drift) enquanto o pessoal na arquibancada (em alguns momentos, usando capacetes amarelos para se proteger da chuva) aplaudindo quando um jovem piloto, emocionado, vence uma das baterias. Ele sai do carro,, com uma expressão ainda surpresa e cansada, faz uma reverência ao público e é ovacionado:

A partir dos 10:30 do vídeo, começa uma parte mais bizarra da competição. Um dos pilotos simula uma convulsão antes de entrar no carro, arrancando gargalhadas dos espectadores. Outro colocou olhos, antenas e pernas de inseto em seu Nissan Silvia; e um terceiro decidiu colocar grama falsa no teto e no capô do carro, subir nele, dar uma tacada de golfe (bem ruim, por sinal) e só depois começar sua volta no circuito, ainda com a grama falsa em cima do carro. WTF?

E que tal isto? Acima, temos uma categoria de arrancada com carros japoneses! A maioria deles consiste em exemplares modificados dos Z-Cars da Nissan, em especial o 240Z (ou S30, ou Fairlady, dependendo do mercado de origem). Enquanto uns conservam as proporções originais, modificando apenas o tamanho das rodas e pneus, outros parecem verdadeiros funny cars, com bolhas de proporções bastante exageradas sobre uma estrutura visivelmente modificada. Você achava que arrancada era só coisa de americano?

Este outro vídeo também mostra arrancadas, porém com uma “fauna” automotiva mais variada, com direito a Skyline “Hakosuka”, Civic de quarta geração e Nissan 300ZX preparados para o quarto-de-milha:

Por outro lado, o mais bacana mesmo é ver a variedade de carros diferentes nas provas de drift. Se tiver tração traseira, tá valendo – de Fusca a Toyota Hilux, passando pelo Mazda RX-3 e seu Wankel de 1,2 litro girando a mais de 8.000 rpm e até por uma minivan decorada com o logo da Carboy, que de longe foi o veículo mais aplaudido em sua sessão de derrapagens controladas.

Talvez você sinta falta dos pilotos carismáticos e das garotas fantasiadas dos vídeos da Best Motoring, mas é fato que este material vintage é uma boa forma de gastar os primeiros minutos da manhã. Só é uma pena que não existam legendas…

Sugestão do leitor Marcos Amorim

Matérias relacionadas

Fiat lança Argo Trekking por R$ 59.000, Brasil terá “drogômetro” para fiscalização em 2020, Porsche 718 elétrico em testes e mais!

Chevrolet Camaro ganha edição especial de arrancada, Audi RS4 Avant estreia no Brasil, novos limites da rodovia Castello Branco e mais!

Leonardo Contesini

Coleção de muscle cars dos sonhos é apreendida e leiloada pela Polícia Federal dos EUA

Dalmo Hernandes