A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Novo Audi Q7 é lançado no Brasil, o ronco ameaçador do Jaguar F-Type SVR, BMW Série 1 sedã em testes e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Novo Cruze começa a ser fabricado em maio

Captura de Tela 2016-01-28 às 11.43.28

A General Motors confirmou na última quarta-feira que a produção da nova geração do Chevrolet Cruze começará em maio. Chamado por enquanto de Projeto Fenix, o novo Cruze chegará ao Brasil ainda neste ano.

A nova geração será baseada na plataforma D2XX, a mesma do Opel Astra de quinta geração, lançado ano passado na Europa. Espera-se que esta nova geração traga também o novo motor 1.4 Ecotec turbo de 155 cv como substituto do atual 1.8 16v, mas ainda não há nada confirmado pela fabricante.

2016-chevrolet-cruze-compact-car-mo-design-980x380-07

O que se sabe é que ele manterá o câmbio automático de seis marchas e ganhará um novo sistema multimídia, a terceira geração do MyLink com Apple CarPlay, Adroid Auto e uma touchscreen de oito polegadas. O lançamento no Brasil é previsto para o segundo semestre.

 

Audi lança Q7 no Brasil

novo-audi-q7-620x454

 

A Audi lançou nesta semana a nova geração do Q7 no Brasil. O modelo será oferecido em versão única, equipada com motor 3.0 V6 TFSI, por R$ 399.990 — popularmente conhecido como R$ 400.000.

Baseado na plataforma MLB2, o Q7 manteve os três metros de entre-eixos e os dois metros de largura da primeira geração, porém ficou ligeiramente mais curto (5,07 m) e mais baixo (1,71 ante 1,74 m). O motor 3.0, apesar da sigla TFSI (Turbo Fuel Stratified Injection) é sobrealimentado por um compressor de polia para produzir 333 cv e 44,9 mkgf (entre 1.250 e 5.000 rpm), e pode levar o SUV aos 100 km/h em 6,1 segundos e à máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente. O câmbio é automático (Tiptronic) de oito marchas.

audi-q7-2017-novas-lanternas-620x413

Outra novidade mecânica é o eixo traseiro direcional, capaz de esterçar as rodas traseiras em até 5 graus. O funcionamento é semelhante ao do Porsche 991: em velocidades altas elas esterçam na mesma direção das dianteiras, e em baixa velocidade esterçam para o sentido oposto para auxiliar manobras de estacionamento.

audi-q7-2016-interior-620x413

Por dentro o Q7 trocou o quadro de instrumentos convencional pelo “Virtual Cockpit” da Audi, uma tela TFT que projeta instrumentos virtualizados, mapas e outras informações básicas para o motorista, e também conta com um head-up display com projeção de 20 x8 cm no para-brisa.

 

 

Mercedes-Benz Classe A atualizado chega ao Brasil por R$ 137.000

Classe-A-2016-3-620x433

Em setembro do ano passado a Mercedes levou ao Salão de Frankfurt a reestilização do Classe A — a primeira desde o lançamento do modelo em 2013. Agora, depois de quatro meses o modelo renovado chega ao Brasil, com preços que partem de R$ 137.000.

Classe-A-2016-1-620x429

As mudanças foram sutis, limitando-se aos para-choques e conjunto óptico — que ganhou um rearranjo interno. Por dentro as mudanças são igualmente discretas: o novo sistema Dynamic Select, com modos de condução que alteram respostas do acelerador, trocas de marcha, firmeza da suspensão e da direção; e uma atualização do sistema multimídia, com interface redesenhada, tela maior e Apple CarPlay integrado.

Classe-A-2016-2-620x427

As versões A200 e A250 continuam com a mesma motorização e potência: a primeira com um 1.6 turbo de 156 cv e a segunda com um 2.0 turbo de 211 cv. Quem traz novidades é o A45 AMG, que teve a potência elevada de 360 para 381 cv e agora vai de zero a 100 km/h em 4,2 segundos (ante 4,6 da versão anterior). Os preços começam em R$ 137.000 no A 200, R$ 189.000 pelo A 250 Sport e chegam a R$ 293.000 no Mercedes-AMG A 45.

 

BMW Série 1 sedã é flagrado em testes

2018-BMW-1-Series-Sedan-35

Para quem acompanha o Zero a 300 diariamente, não é novidade que a BMW está planejando um sedã para a Série 1. Eles até mostraram uma versão conceitual do carro no fim do ano passado, em Guangzhou, na China. Agora, o pessoal do Carscoops flagrou o modelo em testes.

Comparado com o conceito ele parece ligeiramente maior na traseira, e o balanço dianteiro também parece ter sido encurtado — resultando em um “stance” bem mais interessante, a propósito. Assim como o Série 2 Active Tourer e o novo X1, o Série 1 sedã será baseado na plataforma UKL, de tração dianteira (porém com opção de tração integral). Os motores serão semelhantes aos do crossover e também aos da linha Mini: 1.5 turbo de três cilindros e 2.0 turbo de quatro cilindros, sempre combinados ao câmbio automático de oito marchas.

2018-BMW-1-Series-Sedan-6

O que ainda não se sabe é se ele será um modelo global, projetado para concorrer com Audi A3 Sedan e Mercedes CLA, ou se será um modelo exclusivo para o mercado chinês. Caso seja um modelo global, podemos também esperar uma versão M, possivelmente equipada com uma variação do motor 2.0 turbo (que chega aos 231 cv no Mini JCW) e tração integral.

 

Jaguar lança vídeo oficial do F-Type SVR

Na quarta-feira (26) a Jaguar confirmou o lançamento do F-Type SVR em Genebra, no começo de março. Agora, eles decidiram causar crises de ansiedade no mundo todo com o primeiro vídeo do esportivo. É claro que não poderia faltar o ronco do V8 sobrealimentado.

Se você não leu a nota no Zero a 300 de ontem, aqui vão as especificações: o F-Type SVR será mais leve, mais rápido e mais potente, com 575 cv e velocidade máxima de 321 km/h. Além disso, ele terá suspensão recalibrada e freios redimensionados.

Matérias relacionadas

Juntos, estes dois SUVs somam 4.000 cv – e deixam superesportivos para trás

Dalmo Hernandes

Koenigsegg One:1 quebra recorde de zero a 300 km/h, o novo apresentador do Top Gear, o possível preço do Sandero RS, carros de Paul Walker roubados e mais!

Leonardo Contesini

Opala picape, hatch, águia, Caravan 4P, etc: veja os Opala que a GM fez, mas nunca produziu em série

Juliano Barata