Edição diária: 17/06/2019
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Novo Camaro ZL1 terá câmbio de dez marchas, o Alfa Romeo Giulia “Mopar”, a despedida do Rolls-Royce Phantom e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Camaro ZL1 terá câmbio de dez marchas

2017-camaro-zl1 (1)

Não é preciso ir muito a fundo na ficha técnica do novo Camaro ZL1 para perceber que ele é promissor. São nada menos que 648 cv e 88,3 mkgf produzidos pelo motor LT4 V8 supercharged de 6,2 litros do Corvette Z06 e uma carroceria 90 kg mais leve que a do seu antecessor. Mas se nada isso é suficiente para te impressionar, aqui vai mais um detalhe: além do câmbio manual de seis marchas, o Camaro ZL1 também será equipado com um câmbio automático de dez marchas. Dez.

2017-camaro-zl1 (2)

Batizado Hydra-Matic, a GM diz que este câmbio terá trocas mais rápidas que o PDK da Porsche. É uma afirmação e tanto, afinal, o Hydra-Matic é um automático convencional, enquanto a caixa da Porsche usa embreagem dupla e é considerada uma das melhores da atualidade, com trocas ultra-rápidas e suaves. Além disso, já virou padrão: os Porsche com câmbio PDK são mais rápidos que as versões manuais tanto em linha reta quanto em circuitos.

2017-camaro-zl1 (9)

 

A GM afirma que em testes, comparado ao PDK, seu Hydra-Matic de 10 marchas é 36% mais rápido na troca da primeira para a segunda, 27% mais rápido de segunda para a terceira e 26% mais rápido de terceira para quarta. A primeira pergunta que nos vem à mente é: “Que milagre a GM fez?”

 

Alfa Romeo Giulia poderá ser equipado com acessórios Mopar

2016-alfa-romeo-giulia-mopar-accessories-1

Apesar de estar fortemente vinculada aos muscle cars da Chrysler nos anos 1960 e 1970, a Mopar é nada mais que a divisão de componentes do grupo — seu nome vem de Motor Parts. Por isso, é natural que, com a fusão da marca americana com a Fiat, os modelos com DNA italiano também passem a usar componentes e acessórios fornecidos pela Mopar (que é uma marca bem mais forte que “Fiat ricambi originali”). E isso inclui o Alfa Romeo Giulia.

Sério: a linha Mopar para o Giulia tem quase 80 upgrades estéticos, como uma grade dianteira em V e capas de retrovisor de fibra de carbono, e até um body kit aerodinâmico formado por spoiler dianteiro, saias laterais e difusor traseiro. O pacote Mopar ainda inclui soleiras iluminadas, capas de chave na cor do carro, tampas de válvula de pneu com o logotipo da alfa, tampas de alumínio para o tanque de combustível e bocal de óleo, rodas de liga leve exclusivas e até rack de teto. Para o lado de dentro do Giulia, a Mopar preparou uma manopla de câmbio de fibra de carbono, tapetes especiais e até cadeirinhas infantis.

 

A despedida do Rolls-Royce Phantom

2016-RR-PhantomZenith-01

Talvez você não tenha percebido, mas o Rolls-Royce Phantom já está entre nós há longos 13 anos e por isso chegou a hora da aposentadoria do velho saloon britânico. Mas você não acha que um carro tão exclusivo partiria sem deixar uma edição especial de despedida, não é?

2016-RR-PhantomZenith-02

Por isso os últimos 50 exemplares do Rolls-Royce Phantom Coupé e sua versão aberta Drophead farão parte de uma série especial chamada Zenith Collection. Todos eles já foram vendidos, mas você sabe como são essas marcas de carros milionários: eles sempre divulgam o material completo para deixar os pobres mortais babando nos carros dos seus clientes.

2016-RR-PhantomZenith-09

A Zenith Collection traz equipamentos exclusivos como uma prateleira para taças na traseira, um refrigerador para champanha e um banco de piquenique instalado no porta-malas. Os descansos de braço trazem acabamento de metal gravado a laser com as cidades em que o conceito de cada modelo foi apresentado — no caso Villa D’Este nos conversíveis e o Lago de Genebra no cupê. Os modelos também terão uma gaveta no painel, onde fica o número de série do modelo gravada em um estojo de alumínio polido e um pedaço de metal da linha de produção do Phantom em Goodwood, junto com as coordenadas de onde o metal veio.

2016-RR-PhantomZenith-06

Os detalhes de luxo continuam no painel de instrumentos, que agora tem velocímetro com mostrador de aço escovado, couro mais escuro na traseira da cabine e o revestimento de teto “Starlight” (que simula um céu estrelado). Os esquemas de pintura de dois tons foram inspirados nos Phantom dos anos 1930. A Rolls não divulgou os preços cobrados por cada exemplar, mas considerando que eles já saem de fábrica como colecionáveis, não precisamos pensar muito para encontrar muitos zeros na quantia.

 

Nova geração do Land Rover Discovery aparece em testes

Nos últimos quatro anos a Land Rover renovou praticamente toda a sua linha de produtos, sendo as únicas exceções foram o Defender e o Discovery 4. O primeiro manteve-se na mesma pois saiu de linha no fim do ano passado e será substituído em um futuro próximo. O segundo finalmente está a caminho, como mostra este vídeo do canal walkoArt.

Apesar da camuflagem é possível ver que o novo Discovery irá adotar elementos de design do conceito Discovery Vision de 2014, que também inspirou o Discovery Sport. Mesmo com linhas mais curvas, ele manterá sua identidade quadrada, e será produzido sobre o monocoque do Range Rover. Ele também ficará mais luxuoso, com head-up display a laser e uma tela central maior no painel, e adoção de materiais mais refinados.

land-rover-discovery-vision-concept-side-view-2

Sob o capô estarão os novos motores a diesel e a gasolina da família Ingenium, além de um powertrain híbrido, mas ainda não há detalhes sobre cilindrada e dados de desempenho. A data de lançamento ainda não foi confirmada, mas é realista esperá-lo no Salão de Frankfurt.

 

Nissan está preparando um novo Sentra Nismo

2017-nissan-sentra-nismo-spy-photo-1

Depois de apresentar o conceito Sentra Nismo, a Nissan parece estar trabalhando em uma versão de produção para ele, como mostram estes flagras do site Motor1. O modelo traz uma dianteira mais esportiva, com tomadas de ar remodeladas e novos faróis de neblina de LED. O carro também foi equipado com um splitter frontal, saias laterais, spoiler traseiro e rodas exclusivas.

2017-nissan-sentra-nismo-spy-photo

Ainda não se sabe como ele será por dentro, mas o conceito trazia bancos Recaro e volante esportivo de couro com alcantara e detalhes em cromo escuro. O modelo de produção, segundo o Motor1, deverá abandonar os bancos Recaro, mas deverá manter os demais toques exclusivos. Sob o capô o conceito usava um motor 1.8 turbo de 240 cv, contudo, a imprensa americana especula que ele irá usar um 1.6 turbo com pelo menos 190 cv. Independentemente da potência, como todo Nismo ele terá suspensão com calibragem esportiva e freios mais competentes. O lançamento é aguardado para o Salão de Los Angeles, em novembro deste ano.

 

Governo francês pode intervir no salário do presidente da Renault Nissan

O governo francês poderá intervir no salário do CEO da Renault Nissan, Carlos Ghosn. O conselho da Renault aprovou um plano de pagar ao executivo nada menos que 7,2 milhões de euros pelo último ano de trabalho. A quantia é a soma do salário de 1,2 milhões de euros, um bônus de 1,7 milhões pelo desempenho da marca e outros 4,7 milhões em ações e outros bônus. O pagamento foi visto como “excessivo” pelo governo francês, ainda que ele já tenha recebido outros 8 milhões de euros como CEO da Nissan.

O problema da decisão é que o executivo receberia mais dinheiro que os acionistas da Renault — e um dos maiores acionistas da marca é o próprio governo francês, com participação de 18% na empresa — e por isso, a decisão será revista por um conselho público.

Matérias relacionadas

Dear Father: um tributo emocionante à Porsche e aos fãs da marca – e outros vídeos épicos

Dalmo Hernandes

Novo prazo para as placas do Mercosul, as primeiras fotos do BMW M8, um Civic VTi turbo de 300 cv no Brasil e as novidades da semana no FlatOut e no YouTube do FlatOut

Leonardo Contesini

Supercarros pé-de-boi, VW Golf tira nota máxima no Latin NCAP, um acidente com a Ferrari F50 e mais!

Leonardo Contesini