A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Novo Civic Type R flagrado em Nürburgring, Renault Duster ganha sistema de recuperação de energia, Mercedes confirma AMG roadster e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Revelado o logotipo de “The Grand Tour”

13503103_472108006321079_4633408926490601062_o

Depois de especulações e da revelação do nome “The Grand Tour”, Jeremy Clarkson agora divulgou em sua conta no Twitter o logotipo do novo programa. Nenhuma outra informação foi revelada, apenas a marca com estilo retrô, que remete aos esportivos dos anos 1980.

O programa não tem data para estrear, mas já se sabe que o primeiro episódio será gravado em 17 de julho em Joanesburgo, na África do Sul. The Grand Tour terá outros 35 episódios divididos em três temporadas de oito programas.

 

Duster Oroch ganha câmbio automático e recuperação de energia

duster-oroch_0057

A Renault anunciou hoje (29) a linha 2017 do SUV Duster e sua picape Duster Oroch. Os modelos agora serão equipados com direção eletro-hidráulica e sistema de recuperação de energia, ambos adotados para melhorar os níveis de consumo de combustível da dupla franco-romena.

duster-oroch_0096

 

Batizado “Energy Smart System”, o sistema funciona durante as desacelerações, sempre que o motorista retira o pé do acelerador. Nessa condição o alternador passa a recuperar energia e a enviá-la para a bateria. A Renault promete uma melhora de até 11,5% na eficiência energética.

duster-oroch_0026

Uma terceira novidade é a oferta de câmbio automático na picape Duster Oroch — o mesmo câmbio de quatro marchas do Duster. Como no SUV, ele será oferecido apenas na versão Dynamique 2.0 e custará R$ 76.580.

 

Bugatti Chiron quer o recorde de carro mais rápido do mundo

bugatti_chiron (20)

Você deve lembrar que em 2010 a Bugatti voltou ao Guinness Book como o carro de rua mais rápido do planeta depois de atingir 431 km/h na pista de testes da Volkswagen em Ehra-Lessien. Por isso, o anúncio da velocidade máxima de 420 km/h para o Bugatti Chiron causou certo estranhamento: se ele é melhor e mais avançado, por que cazzo ele não é mais veloz?

Foi o que os britânicos da Autocar perguntaram ao chefão da Bugatti, Wolfgang Durheimer, durante o Festival of Speed em Goodwood. A resposta? Segundo Durheimer, o Chiron é realmente mais rápido que o Veyron, mas a marca ainda não sabe o quanto. Até agora, a marca fez simulações em computador que mostram que ele será mais rápido que o Veyron Super Sport, mas admitiu que “sentar no carro e fazer acontecer é uma história diferente.”

Estima-se que o Chiron tem potencial para chegar aos 463 km/h, mas a Bugatti ainda não confirmou o dado. Aparentemente o problema está nos pneus: o Veyron WRC tinha sua velocidade máxima limitada a 417 km/h para impedir acidentes com os pneus em altas velocidades (e proprietários pouco cuidadosos) e aparentemente este é o mesmo motivo pelo qual o Chiron é limitado a 420 km/h.

A Autocar diz que a Bugatti pretende fazer uma tentativa de recorde com o Chiron em 2018 na mesma pista de Ehra-Lessien, por isso, até lá precisamos esperar para confirmar. Enquanto isso, Christian Von Koenigsegg trabalha em seus hipercarros suecos e, quem sabe, ultrapassa a marca dos 420 km/h.

 

Mercedes confirma versão roadster do AMG GT

mercedes-amg-gt-roadster-spy-photo

Depois de boatos a respeito de uma versão roadster do AMG GT, a Mercedes finalmente confirmou a produção do modelo conversível a partir do próximo ano.

A confirmação foi feita pelo próprio chefe da Mercedes-AMG, Tobias Moers, ao site Auto Express. Ao falar sobre a versão aberta do modelo durante o lançamento do GT R em Goodwod, ele disse que o AMG GT Roadster pode aparecer no fim deste ano: “O conversível já está muito além da prancheta. Ele será o próximo modelo AMG GT a ser lançado”, disse Moers. Questionado sobre uma possível canibalização do SL, ele diz que não vê a questão com preocupação, pois o SL é mais um grã-turismo, enquanto o GT Roadster será “um legítimo esportivo”.

Mercedes-AMG-GT-Roadster-rendering-2

O AMG GT Roadster deverá usar uma capota de tecido em vez de um sistema de metal para manter o baixo peso, e será oferecido nas versões base, e S.

 

Honda Civic Type R 2018 é flagrado em Nürburgring

A atual geração do Civic Type R ainda está quebrando recordes em vários circuitos e mal completou um ano no mercado, mas a Honda já está preparando a próxima geração do hot hatch, como mostra este vídeo gravado em Nürburgring.

Assim como a atual geração, seu sucessor também está sendo acertado dinamicamente nos 21 km de curvas, retas e variações altimétricas do Inferno Verde. Surpreendentemente, o modelo deverá estrear daqui a um ano e meio, ou dois anos e meio depois do lançamento do atual Type R.

O próximo Type R deverá adotar muitos elementos visuais da atual geração, como os para-lamas largos e a asa traseira fixa. A dianteira será praticamente a mesma da nova geração do Civic, porém com para-choques mais agressivos. Na traseira, ele terá três saídas de escape vindas de seu 2.0 turbo — o mesmo usado atualmente, porém com uma nova calibragem que produzirá cerca de 350 cv.

Matérias relacionadas

Quem disse que Nissan GTR não faz zerinho? Bônus: duelos do R35 com o Skyline GT-R R33!

Juliano Barata

Shelby GT500 Super Snake 1967 à venda: conheça a história do Mustang com motor de Ford GT40

Dalmo Hernandes

Um Pontiac GTO de plaqueta, caracterizado como The Judge e com motor de corrida à venda no Brasil

Dalmo Hernandes