A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Lançamentos

Novo Hyundai HB20 é lançado e parte de R$ 46.490 – conheça as versões, preços e equipamentos

A Hyundai, enfim, revelou por completo a nova geração do compacto HB20. O modelo de entrada da marca ganhou uma plataforma atualizada, derivada da primeira, porém com maior proporção de aços de ultra-alta resistência. O visual também evoluiu, por fora e por dentro, enquanto um novo motor 1.0 turbo, mais potente e tecnologicamente avançado, foi introduzido. A fabricante já apresentou de uma vez o HB20 hatch, o sedã HB20S e o aventureiro HB20X. Sabemos bem o carro que está em sua mira: o Chevrolet Onix, que também acabou de chegar à sua segunda geração.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

Já sabíamos como o carro era graças à longa sequência de teasers que a Hyundai divulgou para preparar terreno, mas agora podemos ver todos os seus detalhes e analisar as mudanças. As proporções deixam claro que a plataforma é uma evolução da anterior, e a identidade visual do novo carro é uma mistura de influências: nota-se a conexão com a geração anterior, mas também podemos ver elementos de carros maiores da Hyundai.

A dianteira ficou mais baixa, com faróis mais afilados e uma grade em formato de trapézio invertido, com algumas curvas em seu contorno, enquanto o perfil ganhou uma linha de cintura ascendente. Além disso, foi adotado um aplique plástico na coluna “C”, que dá a impressão de um teto “flutuante” – a Hyundai o chama de “efeito X”.

 

Na traseira do hatch, vemos que as lanternas têm formato de bumerangue, e agora ficam em posição mais baixa. Já o HB20S, como já comentamos, tem uma traseira fastback que traz clara inspiração no Hyundai Elantra. O HB20X, por sua vez parece buscar traços no SUV Kona, vendido lá fora e cotado para o Brasil.

Já o interior, que finalmente conseguimos ver, evoluiu mais com formas horizontalizadas, acabamento aparentemente mais refinado e, nas versões mais caras, uma central multimídia com tela flutuante. Os bancos também são novos, e contam com melhor apoio lateral – e podem receber um revestimento de melhor qualidade, dependendo da versão escolhida. O interior mudou mais do que o lado de fora, na verdade – e era fato que o lado de dentro do HB20 envelheceu pior que a carroceria, com uma arquitetura visivelmente criada no começo da década. Agora o painel ficou mais esbelto, o que teoricamente passa a sensação de um habitáculo mais amplo.

Isto posto, grande novidade do novo HB20 é o motor 1.0 turbo de três cilindros, com injeção direta GDi. Voltado às versões de topo, ele desenvolve 120 cv e 17,5 kgfm de torque – um bom salto se comparado ao antigo, que tinha 105 cv e 15 kgfm de torque. As versões intermediárias seguirão usando o motor 1.6, agora com 130 cv e 16,5 kgfm de torque. E a versão de entrada seguirá com o 1.0 naturalmente aspirado de 80 cv e 10,2 kgfm. O motor 1.0 naturalmente aspirado vem sempre com câmbio manual de cinco marchas. O 1.6 naturalmente aspirado pode ter câmbio manual ou automático, sempre de seis marchas; e o 1.0 turbo só pode ser acoplado à transmissão automática de seis marchas.

A Hyundai está investindo pesado na variedade de versões em um primeiro momento. Confira, a seguir, preços e equipamentos de todas as versões do HB20 hatch.

HB20 Sense 1.0 – R$ 46.490: direção elétrica, ar-condicionado, comandos no volante, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, trava Isofix, limpador e desembaçador traseiro, banco do motorista com ajuste de altura, computador de bordo, tomada de 12V no console, rádio blueAudio com Bluetooth e entrada USB

HB20 Vision 1.0 – R$ 48.990: acrescenta rodas de aço de 15 polegadas com calotas, vidros elétricos nas quatro portas com um-toque para o motorista e alarme

HB20 Vision 1.0 com multimídia blueMedia: os mesmos acima, mais central multimídia blueMedia com tela de 8 polegadas e integração com Apple CarPlay e Android Auto

HB20 Evolution 1.0 – R$ 53.790: os mesmos acima, mais rodas de liga leve de 15 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, volante com ajuste de altura e profundidade, sinalização de frenagem de emergência, ar-condicionado digital, vidros elétricos com função um-toque em todas as portas, vidros e travas com abertura remota, e painel de instrumentos com tela digital

HB20 Vision 1.6 – R$ 57.990 (MT6) ou R$ 62.790 (AT6): os mesmos da Vision 1.0, já com a central multimídia. No caso do câmbio automático, há ainda cruise control, limitador de velocidade e apoio de braço para o motorista

HB20 Evolution 1.0 turbo – R$ 67.190: os mesmos da Evolution 1.0, mais rodas de 15 polegadas com acabamento diamantado, cruise control, limitador de velocidade e apoio de braço para o motorista

HB20 Diamond 1.0 turbo – R$ 73.590: os mesmos da Evolution 1.0 turbo, mais airbags laterais, partida no botão, faróis com projetor e DRLs em LED, acendimento automático dos faróis, aletas para trocas de marcha, câmera de ré e sistema start-stop

HB20 Diamond Plus 1.0 turbo – R$ 77.990: acabamento “premium” nos bancos, frenagem automática de emergência, alerta de mudança de faixa e sistema de monitoramento de pressão dos pneus

Os equipamentos se repetem nas versões do sedã HB20S e do HB20X – exceto que nenhum dos dois é vendido na versão Sense. Confira os preços abaixo:

HB20S Evolution 1.0 – R$ 58.390
HB20S Vision 1.6 MT6 – R$ 62.590
HB20S Vision 1.6 AT6 – R$ 67.390
HB20S Evolution 1.0 turbo – R$ 71.790
HB20S Diamond 1.0 turbo – R$ 76.890
HB20S Diamond Plus 1.0 turbo – R$ 81.290

HB20X Vision 1.6 MT6 – R$ 62.990
HB20X Vision 1.6 AT6 – R$ 67.890
HB20X Evolution 1.6 AT6 – R$ 69.890
HB20X Diamond 1.6 AT6 – R$ 75.190
HB20X Diamond Plus 1.6 AT6 – R$ 79.590

Por enquanto, apenas o HB20 hatchback começou a ser vendido. A Hyundai diz que o HB20S e o HB20X estreiam em novembro.

Vale observar que a estratégia assumida pela Hyundai é oposta ao que a Chevrolet fez com o Onix. Enquanto a Hyundai aposta no hatchback, incluindo a versão de entrada, a Chevrolet preferiu focar-se no sedã Onix Plus – e só depois liberou os preços do hatch e da versão de entrada.

A recepção quanto à estética do novo HB20 foi mista – há quem tenha gostado, e há quem critique a tentativa de aproximá-lo dos rivais maiores usando faróis e lanternas grandes demais. Por outro lado, ele parece ter o que o grande público procura em um compacto. O Onix, por sua vez, amadureceu em estética, com dimensões visivelmente mais generosas – dá para dizer que ele ficou mais bonito, até.

O HB20 tem injeção direta de combustível no motor 1.0 turbo – algo que falta no Onix, que até agora não havia adotado os turbocompressores. E ambos trazem semelhanças na ficha técnica e nos demais equipamentos.

Isto posto, o Chevrolet Onix parte de R$ 48.490 – exatos R$ 2.000 a mais que o HB20 de entrada. Será uma briga boa, que talvez seja decidida por fidelidade a um dos modelos.

Matérias relacionadas

Os carros mais legais que Steve McQueen teve fora das telas

Dalmo Hernandes

Ferrari 365 GT4 BB: Berlineta Boxer? Não. Brigitte Bardot

Leonardo Contesini

Sim, este é um VW Jetta com motor Honda K20 – ou o herege que encontra um lugar entre nós

Juliano Barata