A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Novo Mini Countryman chega ao Brasil em abril, Alpina lança sua versão do BMW M5 (com tração integral e 610 cv!), Audi apresenta conceito do Q8 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Nova geração do Mini Countryman chega em abril

02145838390262

A produção do Mini Countryman está temporariamente paralisada na fábrica da BMW em Araquari. Mas, diferentemente das últimas paralisações da indústria brasileira, desta vez não se trata de adequação à demanda, e sim à chegada da nova geração do modelo.

New-2017-MINI-Countryman-Chestnut-5-750x499

Nesta segunda geração o crossover ficou 20 cm mais longo e ganhou entre-eixos 7,5 cm maior, proporcionando mais espaço para seus cinco ocupantes. Como os demais modelos atualizados da linha Mini, o Countryman deixou de exibir o estranho velocímetro no centro do painel, e adotou um conjunto de instrumentos mais convencional, deixando a touchscreen de 8,8 polegadas do sistema multimídia sozinha na porção central.

maxresdefault

 

 

Ela chegará no próximo mês, inicialmente apenas na versão topo de linha Countryman S, equipada com o motor 2.0 turbo de quatro cilindros de 192 cv e 28,5 mkgf e câmbio automático de oito marchas (é o mesmo conjunto do BMW X1). Os preços partem de R$ 144.950.

 

Audi leva Q8 em versão conceitual a Genebra

Dynamic photo, Color: Krypton Orange

Como aprendemos com a Porsche e, mais recentemente com a BMW, as marcas alemãs são mestres em aproveitar cada espaço disponível em suas linhas de produtos para explorar ao máximo os nichos do mercado e aumentar seu faturamento. Dito isso, você já notou que a Audi tem um modelo Q para quase todas as suas séries, não é? O quase fica por conta do A1, que (ainda) não tem um crossover para chamar de seu, e o A8, que também não foi crossoverizado.

Dynamic photo, Color: Krypton Orange

Mas isso não deve demorar para acontecer. A Audi levou a Genebra um conceito batizado Audi Q8 Sport Concept, um SUV de porte grande, com traseira truncada e powertrain híbrido. Ele é o segundo Q8 conceitual que a Audi leva a um grande Salão em 2017, o que significa que eles já devem avançados no desenvolvimento da versão final do modelo.

O SUV é equipado com um powertrain híbrido formado por um motor V6 TFSI de três litros e 450 cv, combinado a um motor elétrico de 27 cv (20kW) e um sistema elétrico de 48 volts. No total são 477 cv e 71,2 mkgf que levam o brutamontes aos 100 km/h em 4,7 segundos e à máxima de 275 km/h.

Com o powertrain híbrido, um modo de condução puramente elétrico, um pequeno conjunto de baterias de íons de lítio, uma série de recursos de economia de energia e um tanque de combustível de 85 litros, o Q8 Sport Concept é capaz de rodar até 1.200 km sem precisar de uma tomada, nem uma parada para abastecimento. Como a maioria dos sistemas de 48 volts, o motor elétrico move um compressor que dá uma força ao motor a combustão enquanto os turbos não pressurizam, eliminando o turbo lag. O câmbio tem oito marchas e, como todo grande Audi, distribui a força para as quatro rodas.

O powertrain será adotado nos modelos superiores da marca — A6, A7, A8 e Q7 — em um futuro próximo. Já o Q8 deve ser lançado em algum momento de 2018.

 

Alpina revela novo B5 Bi-Turbo

Se você puxar na memória o lançamento da nova geração do BMW M5, certamente lembrará que eles ainda não mostraram a nova geração do M5. É porque ela ainda está na fase de testes, especialmente nesta geração do esportivo, que terá tração integral pela primeira vez em sua história.

2017_03_BMW_ALPINA_B5_BITURBO_02 copy

Enquanto o M5 não chega, contudo, você pode resolver sua necessidade de um super Série 5 com o novo Alpina B5 Bi-Turbo, que foi lançado nesta semana em Genebra.

Ele não tem o pedigree da BMW M, mas as credenciais da Alpina tornam isso um mero detalhe. Ou você se importa com o fato de ter um Série 5 que vai de zero a 100 km/h em 3,5 segundos não ter o emblema tricolor da M? E tem mais: se você continuar esmagando o acelerador contra o chão do carro, os 200 km/h levam só mais 7,9 segundos para chegar (11,4 segundos a partir do zero) e o sedã segue acelerando até os 330 km/h.

O responsável por esse desempenho brutal é o motor V8 biturbo de 4,4 litros, que foi calibrado pelos engenheiros da Alpina para produzir nada menos que 608 cv e 81,4 mkgf — ainda mais potência e torque que o M5 30 Jahre da geração passada, o modelo mais potente da história do esportivo. E como o futuro M5, o B5 Bi-Turbo tem tração integral e esterçamento das rodas traseiras, o que ajudam o sedã médio-grande a se comportar como um carro mais curto em trechos sinuosos. Outro recurso interessante é o câmbio de oito marchas integrado ao sistema de GPS para antecipar as trocas (ou permanência) de marchas.

2017_03_BMW_ALPINA_B5_BITURBO_01 copy

O Alpina B5 Bi-Turbo chegará às lojas em setembro na forma de sedã ou perua, e custará € 112.000.

 

Chevrolet mostra Camaro Track em Genebra

01-chevrolet-camaro-track-concept-geneva-1

Sendo mais conhecida por seus esportivos que por seus carros mundanos na Europa, a Chevrolet foi a Genebra com um Camaro conceitual preparado ao gosto do público europeu que gosta de acelerar em circuitos e pretende chegar até eles dirigindo pelas belas estradas locais.

Batizado Camaro Track Concept, o modelo usa somente componentes oferecidos nos EUA pela Chevy Performance. O motor é o mesmo 6.2 V8 de 453 cv e 62,8 mkgf de torque do Camaro SS. Aqui ele trabalha em conjunto com o câmbio automático de oito marchas com borboletas no volante. A suspensão usa os amortecedores magnetorreológicos “Magnetic Ride”, que reduzem a altura de rodagem em 30 mm, além de um diferencial eletrônico de deslizamento limitado exclusivo do modelo. O pacote mecânico é completado pelo sistema de escape com válvula bypass para desviar o fluxo dos abafadores e freios Brembo de alto desempenho. Depois vêm os aperfeiçoamentos aerodinâmicos: splitter frontal redimensionado, saias laterais, difusor traseiro, e spoiler de 3 peças.

Quanto ao visual, o Track Concept é pintado de verde, capô e faixas no teto em preto brilhante. As lanternas são escurecidas e as rodas de 20 polegadas com pneus 285/30 na dianteira e 305/30 na traseira são pintadas de preto brilhante. Por dentro, os bancos originais deram lugar a um modelo esportivos da Recaro, o volante ganhou revestimento de camurça e base plana, e os pontos de apoio dos joelhos e braços foram revestidos com camurça.

Matérias relacionadas

Os carros de R$ 50.000 a R$ 60.000 mais legais anunciados no GT40

Dalmo Hernandes

Honda CBX 1050: a moto com motor de seis cilindros que roncava como um Fórmula 1

Dalmo Hernandes

Velozes e Furiosos 7 volta a ser filmado, um novo Jetta para o fim do ano, um novo Fusca de 560 cv e mais!

Leonardo Contesini