A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Segredo Zero a 300

Novo Toyota Supra: tudo o que já sabemos sobre o retorno do ícone

Talvez você não tenha se dado conta, mas já faz 16 anos que os fãs do Toyota Supra estão aguardando uma nova geração do modelo. Foi em 2002 que a quarta geração do esportivo saiu de linha e sem deixar um sucessor, e nos anos seguintes a Toyota parecia mais preocupada em produzir sedãs e SUV prateados robustos e desalmados.

A história começou a virar em 2009, quando o atual CEO da marca, Akio Toyoda, assumiu a liderança e prometeu fazer carros mais inspiradores e mais esportivos. A promessa começou a ser cumprida logo no ano seguinte, quando a Lexus finalmente lançou o LF-A com seu V10 pornográfico. Em 2011 veio o herdeiro do AE86, o GT86, com seu motor boxer, peso leve e tração traseira. Só faltava o Supra.

O primeiro indício concreto de que o Supra voltaria apareceu em 2014. Em um dos primeiros posts do FlatOut (o 81º post dos mais de 7.800 publicados por aqui), conhecemos mais a fundo o conceito Toyota FT-1, que havia acabado de ser revelado no Salão de Detroit. Com perfil de grand tourer — capô longo, cabine recuada e traseira truncada — ele parecia exatamente o que se esperava de um Supra do futuro. Tanto que nós (e o resto do mundo) perguntamos se ele não seria o novo Supra.

Toyota-FT-1-2

A Toyota negou nos primeiros meses e anos, mas em 2017, quando os protótipos começaram a cair na estrada para testes no mundo real, não deu mais para disfarçar: o FT-1 era mesmo o novo Supra. Faltava só a confirmação, que veio neste último final de semana enquanto o Brasil se distraía com o carnaval.

toyota-supra-003

Com a apresentação do carro se aproximando, as primeiras imagens do carro já começaram a aparecer na internet, como vimos nesta manhã no Zero a 300. Mas isso não é suficiente para quem está 16 anos esperando o retorno do carro. Por isso, decidimos reunir neste post tudo o que já sabemos sobre o carro — desde seu visual, até suas características mecânicas.

 

Ele está sendo desenvolvido em parceria com a BMW, e será um irmão distante do novo Z4

2017-BMW-Z5-Roadster-5

 

Em 2011 a BMW e a Toyota anunciaram uma parceria técnica que, segundo especulações da época daria origem ao novo Supra. Não há como saber quando o desenvolvimento começou de fato, uma vez que são informações sigilosas, mas sabemos que o Supra foi todo desenvolvido na Alemanha, nas instalações da BMW M em Munique e próximo a Nürburgring. A dinâmica do carro, aliás, foi toda desenvolvida no lendário circuito alemão, ao lado dos novos modelos da BMW M.

Isso porque o Supra irá compartilhar a mesma arquitetura do novo Z4, com fibra de carbono e ligas de aço de alta resistência.

 

Ele será mesmo parecido com o conceito FT-1

TOYOTA_FT1_Exterior_020

Apesar da negação da Toyota, o Supra terá muito do visual do conceito FT-1, originalmente feito para a série Vision do game Gran Turismo. Nos protótipos camuflados já era possível ver o nariz pronunciado, as tomadas de ar bastante amplas do para-choques dianteiro, o teto em forma de bolha dupla e a traseira com spoiler modelado na tampa.

IMG_0456

Claro, as formas poderiam ser apliques instalados sob a camuflagem, mas elas continuaram as mesmas à medida em que a camuflagem diminuía. Depois com o teaser que a Toyota publicou, pudemos ao menos confirmar o formato do teto e de parte da traseira.

Toyota-FT-1-Concept-rear-three-quarters-view

E se a imprensa japonesa for bem-relacionada com as fabricantes locais como é a imprensa britânica, as imagens vazadas em revistas nesta semana entregam que ele será, na prática, uma versão de produção viável do FT-1.

 

Ele será menor e mais leve que a geração anterior

Baseado na mesma plataforma do próximo BMW Z4, esta nova geração do Supra irá adotar as dimensões compactas do roadster alemão. S

egundo a revista japonesa Best Car, que divulgou um quadro de medidas comparando as cinco gerações do Supra, este novo modelo será o menor e o mais potente de todas as gerações, e mais leve que as duas antecessoras.

IMG_0458

Ele terá 4,38 m de comprimento, 1,85 de largura, 1,29 de altura e 2,47 m de entre-eixos, enquanto a icônica geração passada tinha 4,52 m de comprimento, 1,81 de largura, 1,27 m de altura e 2,55 m de entre-eixos. O peso será apenas 14 kg mais leve: 1.496 kg do novo versus 1.510 kg do antigo.

As dimensões são praticamente as mesmas do Porsche 718 Cayman, que também tem 4,38 m de comprimento, 1,29 m de altura e 2,47 m de entre-eixos. A diferença fica na largura e no peso: o 718 tem 1,80 m e pesa 1.405 kg em sua versão GTS PDK, de 366 cv.

 

Ele deverá usar motores BMW e talvez não tenha opção de câmbio manual

Como se esperava de um Supra, ele terá um motor seis-em-linha turbo sob o capô, mas é pouco provável que seja um motor japonês, uma vez que a Toyota não está produzindo motores L6 no momento.

b61466cc462bf5a13fef21ef40b710df

O Supra até poderia inaugurar uma nova família de motores seis-em-linha, porém um documento vazado pelo BMW Blog no ano passado, revelou que há uma especificação de motores 3.0 turbo destinada ao projeto desenvolvido em parceria com a Toyota, ou seja: este Supra.

O documento ainda mencionava que ele usará duas versões do motor 2.0 turbo da marca alemã, e que todos os motores (o 3.0 e o 2.0) serão combinados a um câmbio automático de oito marchas, e não havia nenhuma referência a câmbio manual.

A revista Best Car publicou a mesma informação, e foi além entregando a potência e o torque do motor seis-em-linha: 340 cv e 41,8 kgfm — exatamente os números do BMW 240i. O motor 2.0 turbo deverá ter a mesma potência dos modelos 20i e 30i da BMW: 184 cv e 251 cv respectivamente.

 

Ele irá de zero a 100 km/h em 3,8 segundos

toyota-supra-006

Se o câmbio manual não estará presente, ao menos o Supra tentará compensar de outra forma: entregando desempenho. A aceleração de zero a 100 km/h segundo a revista Best Car será cumprida em 3,8 segundos. Isso é quase meio segundo mais rápido que o 718 Cayman GTS, e 0,1 segundo mais lento que o Audi TT RS e o 991 Carrera GTS PDK.

 

Ele será apresentado na forma de carro de corrida

Toyota-Supra-Racing-Concept-

Segundo a imprensa japonesa, o novo Supra será apresentado como um conceito (não muito conceitual), e fantasiado de carro de corrida. A ideia é reforçar o apelo esportivo e a ligação do Supra com o braço esportivo da Toyota, a Gazoo Racing. Por esse motivo…

 

… ele talvez não use o logotipo tradicional da Toyota

028_o

O pessoal do Motor1.UK conversou com o presidente da divisão Gazoo Racing, Shigeki Tomoyama, e descobriu que o Supra talvez não use a marca Toyota. Em vez disso, ele será identificado como o “GR Supra”, que é uma forma de agregar valor à divisão recém-criada e que, por ora, apenas enfeitou alguns sedãs da Toyota e da Lexus, embora seu objetivo seja realmente ser uma divisão fabricante de carros esportivos.

A Gazoo Racing também já está trabalhando em componentes de preparação que serão vendidos separadamente.

 

Ele poderá ter uma versão híbrida com tração integral

IMG_0460

Esta não foi confirmada e ainda soa muito especulativa, mas vale a menção: o Supra poderá se beneficiar do programa da Toyota em Le Mans, e acabar com um eixo dianteiro eletrificado para obter tração integral e um pouco mais de potência. Fala-se em uma versão de topo para ser lançada mais adiante, com 400 cv resultantes do motor 3.0 turbo e do motor (ou dos motores) no eixo dianteiro.

 

 

 

A produção começará ainda neste ano

toyota-supra-004

O início da produção do Supra está previsto para o segundo semestre deste ano, e ele será lançado como modelo 2019. Tanto o Supra quanto o Z4 serão produzidos na Áustria pela Magna-Steyr.

Matérias relacionadas

Novo Prisma já circula com menos disfarces, BMW M3 continuará com câmbio manual, novidades da Honda e Royal Enfield e mais!

Leonardo Contesini e Dalmo Hernandes

Um Gol GTS todo original, um Audi A3 1.8 turbo quase novo, uma Chevrolet C10 restaurada e mais no GT40

Dalmo Hernandes

Innocenti Mille e Elba: quando os Fiat brasileiros foram fabricados na Itália

Dalmo Hernandes