Nutz: um filme para mostrar o universo e a paixão por carros dos gearheads brasileiros

Leonardo Contesini 17 agosto, 2014 76
Nutz: um filme para mostrar o universo e a paixão por carros dos gearheads brasileiros

Se você está lendo estas linhas nesse exato momento, é bem provável que você seja exatamente o que chamamos de gearhead, loucos por carros, graxeiros, caras com gasolina nas veias, contaminados pelo vírus da ferrugem e por aí vai.

Essa paixão inexplicável por carros move uma verdadeira legião que, ao contrário do que parece, continua aumentando e é maior do que se imagina. Prova disso, são os milhões de visitantes mensais que o FlatOut recebe, sedentos por sua (over)dose diária de car culture, ou ainda as centenas de Project Cars com suas histórias de relações entre homens e carros.

Mas você já parou para se perguntar o que move essa paixão automotiva que cada gearhead leva consigo? De onde vem essa obsessão por carros que faz tanta gente dedicar boa parte de suas vidas — ou até mesmo toda a sua vida a essas máquinas?

Essas questões inspiraram o diretor e autor gearhead Dino Dragone a rodar mais de 30.000 km por todo o Brasil atrás de boas histórias sobre essa paixão e dos maiores “loucos por carros” do país.

Obviamente ele não fez isso como uma viagem existencial. É que esse material será transformado em um documentário que promete ser um dos melhores sobre o tema, intitulado “Nutz – o Filme”. Apesar do nome, o próprio Dino conta no site oficial do projeto que você não deve encará-lo como um filme, e sim como “um tratado meticuloso baseado na maior paixão de todos que trazem ferrugem no sangue”. Não é presunção. Assistindo aos teasers e ao making of, já se percebe que o filme promete.

Os vídeos estão em playlist, e são executados em sequência automaticamente. Para avançar ou retroceder, use as setas

Em quase três anos de trabalho, o projeto já gerou mais de 800 horas de filmagens que incluem entrevistas com uma série de personagens conhecidos entre o público gearhead de todos os estilos, como o tri-campeão de Fórmula 1 Nelson Piquet — um verdadeiro maníaco por carros e motores, dono de uma das coleções mais fodásticas do país.

De acordo com o site do projeto, o documentário já está com 90% da montagem concluída, e ainda precisa passar pela fase de pós-produção, que envolve ajuste fino de imagem e áudio, trilha sonora original, tradução e legendagem, e editoração para DVD, além da obtenção de certificados e licenças da ANCINE e outros órgãos governamentais. Como você sabe, a produção cultural no Brasil nunca foi muito valorizada, e é realmente difícil tocar um projeto desse por conta própria.

Por isso, para concluir o projeto, Dino e seus parceiros da Firma Filmes e da Treze Produções estão arrecadando recursos por meio de crowdfunding, o mesmo tipo de financiamento que ajuda a manter o FlatOut no ar e sempre evoluindo, com uma série e recompensas para os colaboradores.

Para conhecer melhor o projeto, você pode visitar o site oficial de Nutz, o canal no YouTube, ou a fanpage no Facebook. Para colaborar, basta visitar a página do crowdfunding no kickante.com.br.

[ Sugestão de post: Matheus Utzig e Elzon Rippel ] 

  • 43thallys

    Não vejo a hora de lançar o/

  • Luiz Villanova

    Fiquei instigado. E a trilha sonora está de parabéns.

  • ZER07

    Fiquei ate com medo depois de não ter visto miniaturas durantes os 7 teasers, mas o ultimo vídeo da campanha no kickante me aliviou rs’

  • GSB

    O som da porta da garagem sendo aberta + as capas do Ford e GM = show!

  • Bruno Brasil

    Pelos teaser´s e quantidades de horas filmadas, deveria ser um seriado !!! Muito bom, ansioso !

  • Nilon Paes

    Agora eu fiquei empolgado!!!

  • Roberto Eduardo Santonini Ceco

    O Nutz será sem dúvida o filme do ano!!!

  • Hugo94

    (OFF) Galera,comprar a Citroen C5 2001 é caro manter ? eu sempre gostei desse modelo ai eu estava pensando comprar o meu primeiro carro.

    E caro manter ?

    E difícil ou fácil achar as peças ?

    E olha esse carro manos http://goiania.olx.com.br/citroen-c5-2001-iid-694897425

    Eu li vários sites disse que é bom,não dá problemas.

    • RaphaelXocaravan19784100

      Eu compraria.
      vá em uma concessionaria e escolha esses opcionais pra ver quanto custa um carro com isso.
      acho que o que requer mais atenção é essa suspensão.
      o carro parece bem, mas leve um mecanico”BOM”

    • RodrigoSM

      Achar peças é complicado, terá de importar talvez… principalmente por ser um carro de luxo e não tão comum.

      Pelas fotos o carro está bonito, vale a pena vê-lo pessoalmente, mas se pintar um dúvida, leve um mecânico contigo, de preferência especializado em Citroen PSA

      • Hugo94

        Importar as peças ? vixe ja lascou kkkkkkkkkkkkkkk

        • RodrigoSM

          Não é dificil importar… mas peças como as de acabamento são complicadas no Brasil… Não são impossíveis, mas é mais dificil achar…

          Eu não costumo achar isso um problema, antes matar uma vontade sua e comprar um carro bom, do que comprar um Golzinho e viver xingando o carro pq é um lixo

    • GabrielF100

      Meu tio tinha um, é um carro incrível, mas reserve alguns dinheiros pra possíveis gastos, pois apesar de estar barato, ainda é um carro de luxo!

      • Mario

        Conheço um lugar que tem 2 2.0 e 1 v6 pra venda de peças,

    • Bruno Alves

      Cara, tenta achar um V6. É praticamente o mesmo preço, mas a diferença ao dirigir é imensa. E creio que a manutenção dele não deve ser mais cara que a de um 2.0.

      • Hugo94

        A galera disse tem importa a peça ai ja fudeu

        • Bruno Alves

          Acho que eles quiseram dizer peças de acabamento, mas você não vai comprar um carro todo ferrado, certo? Esse que você colocou o link está em bom estado. Se precisar de peças, com certeza não serão de acabamento. E essas eu acredito que não seja tão difícil de se achar por aqui. O único problema é o preço.
          Para comprar esse tipo de carro usado, você tem que ter um pensamento. Você teria dinheiro para manter um sedã médio 0 Km, por exemplo? Se a resposta for não, esqueça o carro.
          A vantagem do carro usado é o dinheiro que você economiza na compra e o fato de se ter um carro especifico que não é mais vendido ou de se ter o seu carro dos sonhos.
          Mas você tem que se lembrar que a unica coisa que não baixa neles é o preço das peças, elas continuam com o mesmo preço do dia em que o carro saiu da concessionária.

        • rafaeru82 .

          Argentina amigo, lá você encontra praticamente qualquer coisa para PSA, pela metade do preço do BR. Você mora muito longe? Eu morava em Foz do Iguaçu, e manter meu Xsara VTs custava mais barato do que ter um gol. As peças eram tão mais baratas, que troca de pastilha era acompanhada dos 4 discos…

          • Hugo94

            Eu moro em Goiânia-GO KKKKKKKKKK

          • rafaeru82 .

            Desculpe a franqueza, mas não compre o carro. No seu estado não será fácil encontrar pessoas capacitadas para dar manutenção nesse carro. Ele costuma ser, digamos, exigente com o conhecimento técnico do reparador. O C5 já vem com a suspensão ativa renovada, não usa mais a amaldiçoada “mangueira polvo”, que reunia assistência a direção, embreagem, freios e suspensão numa bomba só. Esse carro exige uma manutenção periódica nas esferas da suspensão hydractive (aquelas ‘bolas’ verdes sobre os amortecedores), a cada 60 mil km (45 em caso de trafego por vias esburacadas). O fluido que a suspensão utiliza custa bastante caro (menos da metade do preço na Argentina), e precisa de manutenção conforme indicado no manual. Esses carros não aceitam gambiarras, infelizmente. Especialmente a suspensão, não possui compartilhamento de componentes com mais nada que tenha rodas nesse mundo… O carro, como o pessoal já comentou, é fabuloso! Especialmente na versão V6 24v (bebe a mesma coisa que o 2.0 e anda muito melhor). Mas, sem manutenção, é incrivelmente ruim e nada confiável. Boa sorte!

          • DJUNIOR

            O pai do meu amigo tem um e é exatamente isso que você falou, só que ele tá achando o carro um pouco manco. Motivo: andou forte num 328i pela afamada Infernandes Lima daqui da cidade(quem for de Maceió vai manjar da piadinha) que nos fins de semana é praticamente vazia 😀

          • Hugo94

            Ah cara ja tirei na lista kkkkkkkkkk

          • Pavle Bulatovic

            Como pode falar com tanta propriedade que no estado dele não será fácil encontrar pessoas capacitadas? você conhece as oficinas? conhece os mecânicos? você está sendo soberbo e pretensioso ao julgar de forma superficial o conhecimento técnico das pessoas, a questão crucial é se o interessado na compra tem rendimentos compatíveis para realizar a manutenção de peças e serviços oferecidos pois referente a conhecimento técnico e estrutura operacional a cidade de Goiânia está bem atendida, sou de Brasília-DF e várias vezes vou a Goiânia realizar serviços em meus veículos devido ao preço inflacionado que temos na capital federal, segue abaixo algumas oficinas em Goiânia que tem o material necessário para manutenção de qualquer veículo, inclusive realizo eventuais manutenções nelas.

            Eurofix: especializada em carros europeus (BMW, Mercedes, Ferrari, Maserati, Lamborghini, Audi e etc..);

            Box 21: especializada na linha BMW, Audi e Mercedes;

            AUTOFrance: especializada somente em automóveis do grupo PSA, principalmente Citroen;

            BH Imports: trabalha com importados em geral.

          • rafaeru82 .

            Bem, desculpe-me se pareci indelicado, mas meu irmão morou 3 anos em Brasilia e partilho a mesma ideia de que, digamos, a “capital federal” e entornos não são referências para muitas coisas além da pecuária, duplas sertanejas e políticos safados. Baseando-se em dados, a venda de carros (especialmente franceses) é consideravelmente menor em relação ao sul e sudeste, o que suponho, reduza o interesse de reparadores em especializar-se. Minha intenção não é ofender nem desmerecer a capacidade técnica do povo goiano ou do entorno mas, se aqui (em Curitiba) qualquer oficina minimamente descente PRECISA reparar carros franceses se não quiser morrer de fome, não me parece a realidade que você e nosso amigo que estava considerando em comprar o carro encontram.

    • Paulo Jr

      kra.. tenho um amigo q tem um C5 2003.. essa semana estourou um amortecedor dianteriro.. não há peças aqui na região..

      • Hugo94

        Então……………………..não vou comprar esse carro :(

        • Paulo Jr

          É um carro muito bom.. mas a manutenção dele não ajuda muito.. é uma pena..

    • lightness RS

      Olha cara, meio óbvio que não deve ser seu primeiro carro……..

      É carro caro, ‘de rico’, você é rico? Se é beleza, se não é, mesmo que o carro custe uma mixaria pelo que é, a manutenção continua igual! Só pegue se tiver grana pra manter ou saber mexer e comprar peças em outros países…

      E não faça que nem o bando de corno por ai e pegue um carro que não consiga manter!! Pra depois terminar estragando os carros… Podemos ser gearheads mas pra comprar um carro tem que ter RACIONALIDADE acima de tudo.

      • Hugo94

        Tu foi mais agressivo do que o resto conversou comigo,ja tenho 25 carros na lista que eu criei.

        • lightness RS

          Não fui agressivo, fui realista.

    • joaoalbertoborelli .

      carro francês é roubada, mas se vc tem grana cai pra dentro !!

    • Pedro Reithler Marroquim

      Primeira a coisa a dizer, ainda terei minha C5 Break, carro dos meus sonhos!

      Mas cara, como primeiro carro não rola, fora que tem que ter uma reserva de dinheiro considerável, uma mão de obra especializada de extrema confiança e principalmente evitar usar como carro de diária. Mas é um carro fantástico, e vale cada dor de cabeça que der.

    • Bruno PR

      Encontrar um C5 desses em bom estado é raridade, pois a grana que um carro desses puxa na manutenção é muito alta, pra você ter uma ideia, no C4 Pallas do meu pai vão 2mil pilas pra trocar os 4 pneus.

  • RaphaelXocaravan19784100

    Piquet, mestre.

    • Matheus Vieira

      Ri demais quando ele falou isso HAHAHAHHAHAHA

      • RaphaelXocaravan19784100

        eu também o cara falou com a maior naturalidade

    • Oi Raphael! Piquet no filme aparece super espontâneo, deu um show de simpatia! E o cara do cemitério de carcaças.. esse é o Fabiano Tilli, figura incrível! Um cara inteligente, muito gente fina! O depoimento dele no doc tá sensacional…de rirr… e chorar..ehhehe 😉

      • RaphaelXocaravan19784100

        Olá, muito legal mesmo os teasers..espero em breve assistir completo
        abraço

  • Felipe Alfano Perrone

    800 horas? Transforma em série!!!

  • Marcos Amorim

    Parece muito bom, só espero que seja melhor divulgado que alguns outros do gênero. “A Turma da Camber”, que conta a história do Patinho Feio e seus criadores, só consegui ver o trailer, nada do filme completo.
    Mas esse, se for exibido em algum cinema do DF, darei um jeito de assistir.

  • Samir Lessa

    eu posso ser gearhead sem ter um carro ou sem poder dirigir??

    • Pé de Pano

      A regra é: gostar e admirar o automóvel, respeitar e conviver com a diversidade. Sendo assim, até meu vovô é gearhead!

    • Alvaretts

      Mas claro! Quase todos começam assim, na infância ou adolescência.

    • Rodrigo

      taca-le pau, Samir véio!!!

    • Bruno PR

      Claro parça, eu também não posso dirigir, mas carro já tenho :D. To reformando um Fusquinha 81, moh orgulho o/

    • Vitor Saes

      Ah cara, isso é normal. Eu e você nos encontramos na mesma situação. Eu me considero sim gearhead por ser apaixonado por esse mundo!

  • Lucas Neves

    800 horas de filmagem?
    Poderia ser o Top Gear Brasil =D

  • DJUNIOR

    Creio que daqui de Maceió só eu e mais uns 3 ou 4 que frequentam diariamente ao FlatOut! irão caçar os DVDs assim que forem chegando aqui hehehehehehe 😀

  • joaoalbertoborelli .

    Eu tmb sou um grande gearheads brasileiro, porem quebrado, curto vários estilos de carros desde nacionais ate alemães !!

    • João! é isso aí.. o que vale e nos motiva é essa paixão! :)

  • Matheus Utzig

    Bahhh, muito feliz pela postagem, mesmo! Valeu FlatOut! Ainda mais quando se tem algum conhecido na tela rsrsrs. O Impala branco do final eu conheço:

  • DANA ECR

    FlatOut! n eh um mero site que empurra cultura automotiva “guela à baixo” em seus leitores, eh um campo de conhecimento, de troca de vivência, por isso que eh um sucesso no meio… prova disso eh o PC e o numero de FÃS que frequentam o site.
    Sobre o post, SENSACIONAL os TEASER’S

    Só no aguardo do FORUM!!!

  • Matheus Utzig

    E bah, tem trechos da Dekabras! Que fica uns 15km aqui de casa. Massa demais!

    • Matheus, amigo, obrigada por divulgar nossa parada! essa foto é recente? NUTZ!! hahaha

      • Matheus Utzig

        Agradeça ao FlatOut! Eles sim são fodas! hahaha. Essa foto eu tirei em 2011, vai completar 3 anos agora em setembro! Abraços 😀 !

  • Hélio

    cara esse caminhao branco baixo do primeiro teaser, mato a pau

  • AstolphoGM6

    Parece ser extremamente bem produzido, e a Diversidade de Estilos, Gostos, tipos de carros… achei muito FlatOuter!!!

    Curti hein, quando lançar vou providenciar o Meu!

  • Bruno PR

    Fantástico, nunca tinha visto tanto Galaxie na vida kkkkkkkkk

    • Bruno, você gosta de Galaxie? ah…o “dono” do assunto aqui no Brasil chama-se Dino Dragone, o NUTZ mor! hahaha e é o diretor do filme! Escreveu 2 livros e tal sobre o assunto.. :)

      • Bruno PR

        Admiro muito o Galaxie e o Landau, assim como Maverick e Opala, aliás, acho que a Chevrolet e a Ford podiam “dar a louca” e voltar a vender V8s por aqui.

  • Leonardo Mendes

    Pergunta imbecil que não quer calar:
    Os danos na suspensão – e, possivelmente, no chassi – de um lowrider se intensificam com aqueles saltos?

    • Raphael Medeiros

      Nenhuma pergunta é imbecil. Imbecil é permanecer ignorante. Creio que deve afetar sim.

    • Totiy Coutinho

      A estrutura trinca só de rebaixar o carro quanto mais dando esses saltos até em fusca ,depois, mesmo soldando nunca mais fica bom

    • Lucas Oliveira

      quando é bem feito se faz reforço no chassi, suportes e bandejas…
      teve um programa no discovery turbo, o Turbinados (é do BR), e os caras falaram sobre a cultura low rider e um pouco das partes tecnicas

    • O cara pr®a responder isso é o NUTZ Ricardo Petito. Procura ele no FB! O cara é NUTZ total! e tem uma oficina da hora! :) https://www.facebook.com/Scapetito

  • Chamonix_fan550S

    Muito bom! E o mais importante, é algo Brasileiro de pessoas que tem orgulho disso… É muito bom mostrar que o cenário Gearhead BR não se resume a essa molecada do “narguili” e do “stance brasileiro”.

  • Rodrigo Sublime

    I’m Nutz! Kit Romi Isetta

  • Antonio Manoel

    O Piquet é daqui de Brasília (mora aqui). Já vi alguns dos carros de sua coleção de perto. O GT eu vi quando ainda era original no primeiro Track Day que eu fui (15/05/2011) e vi o Piquet pessoalmente pela primeira vez. Depois de quase um ano sem aparecer novamente, o Piquet voltou lá com o mesmo GT, mas com pneus slick da Hoosier e todo preparado para pista, além de uma Ferrari 308 GTO e uma 599 GTO (no mesmo dia). Também já vi um Rolls Royce da década de 20, alguns Cadillac da década de 50 e alguns Mustang’s da década de 60 em uma exposição de carros antigos, mas não achei o arquivo destes.

    Enquanto ao filme, to na ansiedade pra ver ele pronto. Já vi que promete muito, pois mostra vários estilos de vida diferentes com gostos diferentes, mas que dividem o mesmo gosto, os carros. É como se fosse o Flatout em forma de filme…

  • Antonio Manoel

    O Piquet é daqui de Brasília (mora aqui). Já vi alguns dos carros de sua coleção de perto. O GT eu vi quando ainda era original no primeiro Track Day que eu fui (15/05/2011) e vi o Piquet pessoalmente pela primeira vez. Depois de quase um ano sem aparecer novamente, o Piquet voltou lá com o mesmo GT, mas com pneus slick da Hoosier e todo preparado para pista, além de uma Ferrari 308 GTO e uma 599 GTO (no mesmo dia). Também já vi um Rolls Royce da década de 20, alguns Cadillac da década de 50 e alguns Mustang’s da década de 60 que o Piquet emprestou para uma exposição de carros antigos, mas não achei o arquivo destes.

    Enquanto ao filme, to na ansiedade pra ver ele pronto. Já vi que promete muito, pois mostra vários estilos de vida diferentes com gostos diferentes, mas que dividem a mesma paixão, os carros. É como se fosse o Flatout em forma de filme…

    • Antonio, valeu brother! Isso mesmo. Os personagens, os NUTZ, são pessoas de estilos de vida totalmente diferentes, idades diferentes, lugares diferentes, mas que compartilham a mesma paixão – gearheads! – e isso faz com eles tenham comportamentos similares…cada um mais NUTZ q o outro! Abraços! Se puder contribua lá no Kickante!

  • Sensacional o post! A equipe NUTZ, Dino Dragone, Jac Cordeiro, Ivan Vale Ferreira, Zelé Volpato e Eduardo Medeiros agradece! Incrível repercussão! Tamo junto!