A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

O mais novo carro elétrico chinês de baixo custo é um… Mitsubishi Outlander modificado no Photoshop?

Nos últimos meses foi bastante noticiado o lançamento de uma nova fabricante chinesa, a WM Motors. A startup foi fundada em 2015 por Freeman Shen, ex-executivo da Geely (para quem não lembra, a atual dona da Volvo), com o intuito de fabricar veículos elétricos. O objetivo era rivalizar com a Tesla, que atualmente domina o mercado de elétricos, trazendo como diferencial o preço acessível.

De acordo com o Bloomberg, Shen conseguiu atrair investidores de todo o planeta e, em agosto de 2016, já havia levantado mais de US$ 1 bilhão para dar início a suas atividades. Matérias publicadas pela Forbes e pela Fortune na época falavam em uma produção anual de 200.000 por ano quando a fábrica em Shanghai começar a operar à capacidade total.

Então, há alguns dias, a WM Motors apresentou as fotos de divulgação de seus primeiros modelos. Só tem um problema: na verdade, as imagens são fotos de divulgação do Mitsubishi Outlander alteradas no Photoshop. Na cara dura.

Os primeiros a notarem a semelhança foram os caras do Electrek, site especializado em veículos elétricos e outras tecnologias relacionadas a eles. As fotos mostram quatro veículos: um sedã, um crossover com jeito de perua, e o tal SUV cujas imagens denunciaram a malandragem.

wm-1

O visual dos carros é moderno, com detalhes em laranja (cores vivas são uma tendência atual entre os conceitos elétricos), grade dianteira limpa e formas agressivas nos para-choques e saias laterais. Mas um exame mais minucioso nas imagens do SUV evidenciam que o ponto de partida foram fotos do Mitsubishi Outlander PHEV Concept-S, conceito híbrido do utilitário japonês que foi apresentado no Salão de Paris de 2014.

wmmotor2-2 mitsubishi-outlander-phev-concept-s-15-2

Por mais que as formas da dianteira e da traseira tenham sido radicalmente alteradas, bem como a área envidraçada e os arcos dos para-lamas; o entre eixos, o para-brisas e as maçanetas externas continuam exatamente iguais. Sem falar nos pinheiros ao fundo.

wmmotor-2 mitsubishi-outlander-phev-concept-s-18-2

Até o reflexo no vidro traseiro foi aproveitado

Observando com cuidado as fotos dos outros dois carros, deduzimos que o ponto de partida também foi o Outlander – o crossover é nada mais que uma versão mais baixa e larga do SUV, no fim das contas. Para fazer o sedã, bastou modificar a traseira.

2016_Weltmeister_05 1-1611231A55c34

A WM Motors também mostrou imagens de uma minivan elétrica que segue a mesma identidade visual dos outros três veículos. Não conseguimos identificar exatamente qual foi o veículo que serviu como base, mas enxergamos traços da atual Opel Zafira – especialmente pelo formato da área envidraçada e da linha de cintura.

Weltmeister opel_zafira_18

De acordo com a WM Motors, os automóveis foram desenhados por Sam Sun, o chefe de seu departamento de design, que já teria trabalhado para Volkswagen e Bentley. Por mais que sejam linhas originais, o modo como elas foram aplicadas acaba com qualquer credibilidade.

Não é incomum que fabricantes de automóveis utilizem projeções virtuais para divulgar novos modelos – afinal, na maioria dos casos a produção sequer começou. Só que estas projeções costumam ser feitas zero, e não partindo de fotos de carros de outras fabricantes, como fez a WM Motors.

Por outro lado, também não é incomum que os chineses copiem as linhas de outros carros. O que aconteceu aqui foi, no fim das contas, uma variação deste hábito.

Matérias relacionadas

Testarossa: 30 anos da Ferrari símbolo dos anos 1980

Dalmo Hernandes

O Santo Graal da Subaru: um dos protótipos do Impreza WRX STi está à venda – com 55 km rodados

Dalmo Hernandes

Nostalgia JDM: viaje no tempo com estes vídeos de drift da revista Carboy

Dalmo Hernandes