A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo Hyundai Azera, a primeira imagem do crossover do Mustang, um novo V12 da Ferrari e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Novo Hyundai Azera é revelado em novas imagens

A Hyundai mostrou nesta semana algumas imagens a nova geração do Azera (também chamado Hyundai Grandeur em alguns mercados). O carro deverá fazer sua estreia em público no mês que vem, mas o que se vê nas fotos antecipa uma bela recepção.

O sedã com traseira fastback é parcialmente inspirado pelo conceito Le Fil Rouge, que a Hyundai mostrou no Salão de Genebra em 2018. Isto fica evidente, principalmente, no design da dianteira, que traz uma enorme grade com padrão de losangos metálicos, com os faróis integrados de forma suave, como se eles também fizessem parte da grade. O efeito é perceptível no escuro, com os faróis acesos. E a traseira agora é do tipo fastback, com caimento inclinado e um terceiro volume quase imperceptível.

O interior do conceito tem duas telas de 12,3 polegadas, uma para o quadro de instrumentos e outra para a central multimídia. As linhas da cabine são limpas e elegantes, e representam uma evolução linear em relação à geração atual. A Hyundai não dá detalhes a respeito da mecânica ou da plataforma, mas afirma que o novo Azera terá entre-eixos 4 cm maior, o que melhorará significativamente o espaço para os ocupantes do banco traseiro.

Mais detalhes sobre o novo Grandeur/Azera deverão ser revelados em novembro, mas especula-se que ele ganhará um novo motor 2.5 de quatro cilindros chamdo Theta 3, de 196 cv. Os outros motores V6 da família Lambda, de três litros (com 250 cv na versão MPI e 266 cv na versão com injeção direta GDi) e 3,5 litros (290 cv) deverão ser mantidos sem grandes alterações. (DH)

 

Ferrari registra um novo V12 mais eficiente

Parece que a era dos V12 aspirados não está ameaçada como parece. Ao menos não em território italiano. Além da Lamborghini, que já se comprometeu a usar eletricidade em vez de turbos para ajudar seus V12, a Ferrari agora acaba de registrar um novo motor de doze cilindros — o que, por si, significa que ela pretende mantê-los vivos. Mas as imagens do registro vão além.

Elas mostram que a Ferrari desenvolveu um cabeçote para aumentar a eficiência da queima, usando um sistema criado pela Honda nos anos 1970, mas agora aperfeiçoado com controle eletrônico. Trata-se de um  cabeçote com uma espécie de pré-câmara de combustão, onde a mistura ar-combustível é acendida para acelerar a queima completa. Isso permitirá um melhor controle de queima e melhor aproveitamento energético do combustível, além de proporcionar diferentes modos de operação do motor, uma vez que o carro precisa ser eficiente em baixas velocidades, sem perder a capacidade de produzir quase 1.000 cv.

Ainda não há detalhes sobre os modelos que serão equipados com esta nova tecnologia, mas nos parece claro que as sucessoras da GTC4 Lusso e da 812 Superfast certamente terão este novo motor. Além disso, considerando que a transição para a eletricidade deverá acontecer ao longo de 20 ou 30 anos, essa tecnologia deverá ser adotada também nos motores V8 da marca. Ainda hoje teremos um post explicando melhor esse sistema de câmara dupla. (LC)

 

Crossover do Mustang aparece em teaser

O tal crossover do Mustang está mesmo acontecendo. A Ford desistiu da ideia de batizá-lo Mach 1, mas não de fazê-lo inspirado no lendário cupê. Nesta sexta-feira (25) um vídeo publicado pelo site advocate.socialchorus.com e depois postado nas redes sociais da Ford (que, curiosamente, foi removido) apresentou a silhueta do modelo e a data de lançamento: ele chega em 17 de novembro, um dia antes dos dias de imprensa do Salão de Los Angeles.

A imagem mostra uma silhueta que poderia muito bem ser aquelas peruas e shooting brakes feitas sobre o Mustang, com o teto alongado até a traseira, terminando em queda acentuada como os crossovers fastback do momento.

Ainda não há muito o que dizer, nem muito confirmado sobre o modelo, exceto que ele será elétrico que poderá se chamar Mach-E, mas isso ainda é uma especulação da imprensa americana. (LC)

 

Donkervoort lança edição limitada com menos de 700 kg do D8 GTO

A Donkervoort, pequeno fabricante de esportivos holandesa, apresentou uma edição limitada do D8 GTO em comemoração aos 70 anos do fundador da empresa, Joop Donkervoort. A empresa começou fazendo réplicas do Lotus 7, isso explica o estilo do D8 que parece com uma versão moderna e agressiva do Lotus clássico.

Movendo esse esportivo com menos de 700 kg tem o motor 2.5 de cinco cilindros do Audi RS3, que produz 420 cv e 53 kgfm. A única opção de cambio é manual de cinco marchas com short shifter. A Donkervoort não revelou os tradicionais números de zero a 100 km/h ou velocidade máxima, os dados de desempenho revelados foram a força g máxima produzida pelo carro: são 1,02g em aceleração, 1,65 g em frenagem e 2,05 g de aceleração lateral em curvas. Como referência, o D8 GTO comum acelera de zero a 100 km/h em 2,8 segundos e tem velocidade máxima de 268 km/h.

A edição limitada, batizada de JD70, tem foco na redução de peso, mais de 95% da carroceria é feito de fibra de carbono, a bateria foi trocada por uma mais leve de íons de lítio, os bancos e o painel também são de fibra de carbono. Para ajudar a manter o carro grudado no chão há novas coberturas para as rodas que geram 50 jg de downforce na dianteira e 80 kg na traseira. O Donkervoort D8 GTO-JD70 terá 70 unidades, o carro começa a ser entregue em 2020. (ER)

 

Jaguar apresenta seu conceito Vision Gran Turismo Coupé

A parceria da Polyphony Digital, desenvolvedora de Gran Turismo Sport, com as fabricantes de automóveis do mundo todo continua rendendo frutos. O mais recente é o Jaguar Vision Gran Turismo Coupé, um esportivo elétrico que só vai acelerar nos circuitos virtuais do semi-simulador.

O carro é um cupê com carroceria extremamente baixa que, de acordo com a Jaguar, foi inspirado por diversos de seus modelos históricos das ruas e das pistas, em especial o Jaguar D-Type que conquistou a vitória nas 24 Horas de Le Mans por três anos consecutivos entre 1955 e 1957.

Diferentemente de outros conceitos criados para o game, o Jaguar Vision Gran Turismo Coupé traz linhas limpas e elegantes, sem componentes aerodinâmicos complexos ou formas inviáveis no mundo real. O que até nos leva a especular que a fabricante britânica possa, futuramente, usá-lo como inspiração para um modelo futuro. Algo assim já foi feito pela Toyota, que usou linhas de seu conceito FT-1 no Supra, e pela Bugatti, cujo conceito criado para Gran Turismo acabou antecipando parte das linhas do Chiron.

O interior que poderá ser visto no game é igualmente futurista, com um cockpit envolvente e todos os comandos concentrados em uma tela colorida, com formato de bumerangue. Embora seja um carro virtual, a Jaguar diz que ele é equipado com um sistema de inteligência artificial, batizado “KITT-E” pelos criadores. Eles também dizem que o conceito tem três motores elétricos, e potência total de 1.020 cv.

O Jaguar Vision Gran Turismo Coupé será disponibilizado em Gran Turismo Sport em um update marcado para o mês de novembro. (DH)

 

Aston Martin vai lançar motocicleta em parceria com a Brough Superior

Embora não costumemos falar disto com tanta frequência, o Reino Unido tem uma tradição com motocicletas tão forte quanto com os carros. Juntando estes dois mundos, a Aston Martin vai lançar uma motocicleta de edição limitada feita em parceria com a Brough Superior.

A Brough Superior foi fundada em 1919 e produziu motocicletas até 1940. Suas motos eram grandes, potentes e sofisticadas, o que lhes rendeu o apelido “Rolls-Royce das motos”.

Pouquíssimos detalhes foram revelados a respeito da motocicleta – na verdade, apenas um teaser com sua silhueta, e a declaração de que ela será produzida em quantidade “extremamente limitada”. Teremos de esperar até o dia 5 de novembro, quando a motocicleta será revelada no Salão de Milão, para conhecê-la. (DH)

 

Land Rover Defender já está no configurador de site brasileiro

O recém-apresentado Land Rover Defender já aparece no site brasileiro do fabricante e em seu configurador. O fabricante não fez anuncio oficial para o carro no Brasil, mas pelo configurador é possível ter uma ideia de como o utilitário pode chegar aqui. Assim como no resto do mundo, a única carroceria disponível por enquanto é a 110, de quatro portas.

O único motor que consta no configurador é o quatro cilindros 2.0 turbo à gasolina da família Ingenium, com 300 cv. Os motores diesel e o seis cilindros em linha à gasolina não são oferecidos. Todas as versões oferecidas na Europa constam no configurador: a básica sem nome, a S, a SE, a HSE e a edição de lançamento First Edition. As versões mais simples devem ser oferecidas apenas por encomenda, como ocorre com o modelo S do Discovery.

A lista de pacotes de acessórios e opcionais também são similares as oferecidas no exterior, incluindo as rodas de aço estampado, o terceiro banco na dianteira e os pacotes de off road, tecnologia e reboque. O lançamento do Defender no Brasil é aguardado para 2020, até lá a Land Rover pode informar mais detalhes sobre o carro no Brasil. (ER)

Matérias relacionadas

Semana Alfa Romeo no GT40: todos os modelos poderão anunciar na faixa até a próxima terça!

Juliano Barata

E se pudéssemos importar carros com menos de 30 anos?

Leonardo Contesini

Simplifique, adicione leveza e entre para a história: os 70 anos da Lotus e a trajetória de Colin Chapman

Leonardo Contesini