FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo Porsche 992 Cabriolet, Range Rover SVAutobiography Long Wheelbase no Brasil, um BMW M850i com meteoros e mais!




deskquadrado1int / mobquadrado2int

Tag do Google Publisher

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

 

Porsche apresenta a versão Cabriolet do 992

Poucos mais de um mês depois da apresentação do Porsche 911 992, a fabricante alemã já começou a promover a diversificação do modelo: foi apresentado ontem (8) o novo 911 Cabriolet. O conversível ganhou uma nova capota automática que precisa de apenas 12 segundos para ser armada ou desarmada (contra 30 segundos da geração anterior) e pode ser acionada com o carro em movimento a até 50 km/h. O teto removível agora utiliza uma armação de magnésio, que de acordo com a fabricante confere à capota um formato mais definido quando fechada, e evita o efeito “balão” em alta velocidade.

A Porsche também afirma que o novo Cabriolet é mais rígido que seu antecessor graças à adoção de reforços estruturais no assoalho e na parede corta-fogo, além de novos pontos de ancoragem do motor que ficam mais próximos ao centro de gravidade do carro. Por conta disto, o 911 Cabrio da geração 992 é o primeiro de sua linhagem a adotar o sistema PDCC (Porsche Dynamic Chassis Control), que inclui suspensão adaptativa e antes era reservado apenas às versões de carroceria fechada.

No mais, o Porsche 911 Cabriolet 992 segue o roteiro do cupê e, inicialmente, será disponibilizado nas versões Carrera S e Carrera 4S, ambas movidas pelo mesmo flat-six biturbo de três litros com 450 cv e 54 mkgf de torque, acoplado à nova transmissão de dupla embreagem e oito marchas. (DH)

 

Land Rover lança Range Rover SVAutobiography Long Wheelbase no Brasil

A Range Rover acaba de introduzir seu novo modelo de topo no Brasil: o SVAutobiography Long Wheelbase, que como o nome diz, traz como um dos destaques o entre-eixos alongado. O SUV de luxo foi desenvolvido pela Jaguar Land Rover SVO (Special Vehicle Operations), que realizou todas as modificações estruturais e estéticas da nova versão, incluindo a opção por pintura de dois tons e demais detalhes de acabamento externo.

O lado de dentro do SUV certamente é seu maior atrativo. Usando e abusando de materiais nobres como madeira, alumínio e couro, o SVAutobiography LWB é equipado com sistema de som Meridian de alta fidelidade, com 29 alto-falantes para entregar 1.700W de potência; central multimídia com tela de oito polegadas; câmeras de 360°; e luz ambiente com dez configurações diferentes, entre outros recursos. Para encarar terrenos difíceis, naturalmente o Range Rover é dotado do sistema Terrain Response 2, que reconhece a superfície sobre a qual o veículo trafega e ajusta automaticamente a suspensão, as respostas do acelerador, o controle de tração, o câmbio e os freios de acordo.

Quem vai atrás, porém, é quem realmente recebe o melhor tratamento. O compartimento traseiro conta com dois bancos individuais da grife italiana Poltrona Frau, revestidos com couro Windsor, que possuem controle de temperatura, massageadores e descanso para os pés. O console central tem um compartimento refrigerado que comporta uma garrafa de champagne, e o sistema multimídia vem com duas telas independentes sensíveis ao toque – que também podem ser acionadas por controles sem fio convenientemente acomodados no console. Cada um dos ocupantes tem acesso a uma mesa dobrável, que pode ser revestida de couro ou madeira, no encosto do banco à frente.

O Range Rover SVAutobiography LWB é equipado com o mesmo V8 supercharged de cinco litros das demais versões, porém calibrado para entregar 565 cv, um ganho de 40 cv em relação às demais versões, e 71,3 mkgf de torque. O motor é acoplado à transmissão automática de oito marchas ZF 8HP. O preço parte de R$ 1.157.088. (DH)

 

Nova geração do EcoSport em testes na Europa

Com a atual geração do EcoSport chegando ao seu sexto ano, a Ford já está preparando seu sucessor. O modelo seguirá baseado no Fiesta, porém irá adotar uma identidade menos distinta do hatchback. Isso na Europa, ao menos, onde o modelo foi flagrado em testes pelos britânicos da Autocar.

Apesar da camuflagem, parece claro que o novo crossover terá um visual mais próximo da atual geração do Fiesta europeu — aquela que não é oferecida no Brasil nem nos EUA. A dianteira e o formato dos faróis são claramente inspirados no hatchback, bem como seu perfil lateral. Ainda não se sabe se ele será lançado como uma terceira geração do EcoSport ou se terá outro nome.  No Reino Unido o modelo é o mais vendido do segmento, o que deve ser um ponto favorável para manter o nome.

O novo EcoSport deverá ser lançado em 2020 na Europa, mas ainda não sabemos se ele será vendido no Brasil, apesar de a atual geração ser o segundo modelo mais vendido da marca por aqui, atrás apenas do Ka. Isso porque ele é baseado na sétima geração do Fiesta, que não será produzida no Brasil. Ao mesmo tempo, se a Ford tem apenas Ka e EcoSport como modelos de grande volume de vendas, ela precisará manter o EcoSport competitivo, o que pode forçá-la a trazer a nova geração do crossover, ainda que baseada sobre uma variação da atual plataforma. (LC)

 

BMW Individual apresenta M850i com fragmentos de meteoros

A BMW Individual apresentou a primeira versão especial do novo Série 8: o M850i Night Sky. O modelo foi criado para marcar a chuva de meteoros observada no Hemisfério Norte nos últimos dias 3 e 4 de janeiro. O fenômeno foi causado pela desfragmentação do asteróide 2003EH, cujos resíduos entraram na atmosfera terrestre incendiando-se e causando o efeito visual que chamamos de chuva de meteoros.

O que isso tem a ver com a versão especial? A BMW usou fragmentos dos meteoros no console central do carro, no botão de partida, no seletor do sistema multimídia, na alavanca do câmbio automático e no acabamento das soleiras. Para obter e produzir o material, a BMW firmou uma parceria com o Instituto Max Planck de Física Extraterrestre.

Além da rocha do espaço, a BMW ainda se inspirou na superfície dos meteoritos, que tem um padrão geométrico conhecido como “padrão Widmanstätten”, com linhas retas cruzadas com aspecto de cristais de gelo e só pode ser formada em condições extraterrestres, uma vez que depende de um rescriamento extremamente lento. Esse padrão foi copiado no revestimento do teto, feito a mão, no acabamento do console central, nos discos de freio, no acabamento das tomadas de ar frontais e nos respiros laterais.

Um elemento incomum em modelos da BMW Individual é a modificação de componentes mecânicos: no M850i Night Sky a divisão de customização incluiu pinças de freio feitas com impressão 3D, que são 30% mais leves (reduzindo a massa não-suspensa) e foram desenvolvidos pela BMW M.

Além do couro Merino com três cores no interior, o Bimmer do espaço ganhou uma pintura de dois tons, formada por um fundo preto sólido, uma camada de azul “San Marino” metálico em degradê, ambas cobertas por três camadas de verniz com particulas de pigmentação de diversos tamanhos para uma impressão de profundidade. (LC)

 

Carlos Ghosn vai continuar preso após declarar inocência

Conforme noticiado ontem, Carlos Ghosn, ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, deu seu primeiro depoimento à justiça do Japão nesta última terça-feira (8). A promotoria exigiu uma confissão escrita em japonês para libertar o executivo, preso desde o último dia 19 de novembro.

Não foi o que aconteceu. Ghosn chegou algemado à corte e teve vinte minutos para dar sua versão dos fatos, incluindo a tradução. Ghosn disse que as acusações são falsas e infundadas, e que todas as ações que tomou tinham o conhecimento e a aprovação do quadro de executivos da Nissan. O pedido de liberdade, porém, foi negado pelo juiz Yuichi Tada que alegou que Ghosn poderia aproveitar a oportunidade para alterar evidências ou fugir do país. (DH)

 

Petrobras reduz os preços dos combustíveis nas refinarias

Conforme previmos ontem (8) no Zero a 300, a Petrobras anunciou uma nova redução no preço da gasolina vendida em suas refinarias. A partir desta quarta-feira (9), o litro da gasolina custará R$ 1,433, uma redução de 1,38% ou R$ 0,02 em relação ao preço anterior.

Esta é a terceira queda consecutiva do preço do combustível em 2019. Em 1º de janeiro o litro custava R$ 1,508 nas refinarias, passando a R$ 1,453 na semana passada e a R$ 1,433 nesta semana. A redução foi motivada principalmente pela estabilização do barril de petróleo abaixo dos US$ 60 e pela previsão de estabilidade do dólar na casa dos R$ 3,70. Nesta quarta-feira o dólar está cotado a R$ 3,69, mas pode variar para cima ou para baixo até o fim do dia. Caso a moeda continue a cair nos próximos dias, a Petrobras deverá anunciar uma nova redução.

Quanto aos repasses, como explicamos anteriormente, eles dependem das distribuidoras e dos postos, e são influenciados por uma série de fatores como volume de vendas, margens praticadas e negociação entre postos e distribuidores. (LC)

 

Harley-Davidson lança sua primeira moto elétrica

A Harley-Davidson lançou sua primeira moto elétrica, a Live Wire, no CES deste ano em Las Vegas. O modelo já está a venda por US$ 29.800, é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 3,5 segundos e terá autonomia de 177 km.

A recarga pode ser feita em tomadas comuns ou em estações de recarga rápida, mas a Harley não divulgou informações sobre o tempo de recarga. A marca também não divulgou o tamanho da bateria, nem a potência do motor elétrico — embora a ocultação da potência seja uma tradição da Harley, que costuma divulgar apenas o torque de suas motos. Também não há menção à velocidade máxima, mas os dados restantes devem aparecer quando a moto começar a ser entregue aos compradores em agosto. (LC)

 

Mini planeja hot hatch elétrico para 2019

De acordo com os britânicos da Autocar, que citam fontes junto ao departamento de engenharia da marca na Alemanha, o próximo grande lançamento da Mini chegará ainda em 2019 – e será um hot hatch elétrico. Supostamente batizado Mini Cooper S E, o carro deverá aproveitar o motor elétrico de 181 cv do BMW i3 – ou seja, terá 8 cv a menos que a versão a gasolina.

De acordo com o relato, o carro usará como base a plataforma do Mini hatch de três portas, que será devidamente adaptada para receber o conjunto elétrico. O carro terá baterias de íons de lítio e autonomia de ao menos 320 km com uma única carga. O lançamento poderá fazer parte das comemorações de 60 anos da Mini, que foi fundada em 1959. (DH)

Matérias relacionadas

Honda HA-3R: a história do mini-caminhão japonês que virou um protótipo do Grupo C

Dalmo Hernandes

Nissan lança New March, Cosworth prepara Subaru BRZ, um Mercedes “Gullwing” destruído e mais!

Leonardo Contesini

Para quem é fã dos “frente alta”: este Fiat Uno CS 1.3 1985 todo original está à venda

Dalmo Hernandes