A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo supercarro elétrico de 675 cv da Audi, Hyundai Elantra de cara nova, Jaguar anuncia produção do E-Type elétrico e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Audi apresenta supercarro elétrico de 675 cv e direção central

audi-pb-18-e-tron1

Lembra do teaser do próximo supercarro elétrico da Audi? Pois o supercarro chegou: batizado PB12 e-tron concept, ele tem tração integral, volante no meio do cockpit e pode antecipar a próxima geração do R8.

O cupê elétrico futurista foi revelado no Concours d’Elegance Pebble Beach nesta quinta-feira (23), e foi criado em parceria entre o recém-criado Audi Design Loft, em Malibu, e a Audi Sport. Além de antecipar o estilo dos próximos esportivos da Audi, o PB18 também antecipa os planos da marca de adotar as baterias de estado sólido, que poderão reduzir significativamente o peso das baterias em um futuro próximo. O modelo, claro, abusa de materiais compósitos e metais leves, que também são a tendência para a próxima década, de forma que mesmo com as baterias necessárias para o desempenho de supercarro, seu peso é inferior a 1.550 kg.

audi-pb-18-e-tron-1

No quesito estético o PB12 e-tron bebeu da fonte do Audi Aicon, revelado no final do ano passado em Frankfurt, adotando uma cabine ainda mais avançada e uma linha de teto estendida até a traseira do carro, remetendo a uma shooting brake. A grade hexagonal dos modelos mais recentes ganhou um retoque mais moderno e, no conceito elétrico, tem uma função meramente estética-aerodinâmica. Os para-lamas do carro são salientes e a lateral tem uma tomada de ar predominante, remetendo à “side blade” do R8. As rodas de 22 polegadas têm raios assimétricos que remetem a turbinas e provavelmente serão aproveitadas em algum modelo de produção. A traseira do carro é igualmente ousada, com uma janela pronunciada, um spoiler ajustável, lanterna integral e um difusor elevado ajustável.

audi-pb-18-e-tron-2

 

Surpreendentemente o PB18 dispensa todas as tecnologias de direção autônoma empregadas nos conceitos mais recentes da Audi. É um recado da marca aos puristas, dizendo que eles ainda estarão no comando de seus esportivos futuros. Por falar em comando, direção, acelerador e freios são todos “by wire”. Isso permitiu um recurso bem interessante que poderia muito bem ser adotado nos futuros esportivos. Sem conexão mecânica/hidráulica entre os comandos e os sistemas atuadores, é possível configurar o interior do carro com a direção e pedais na esquerda, ou deslocá-los para o centro, como em um monoposto.

Comparado com o atual R8, o PB18 é 10 cm mais longo, 6 cm mais largo, 9 cm mais baixo, e tem entre-eixos 5 cm mais longo. Além disso, a Audi adotou a traseira tipo shooting brake para salientar a versatilidade dos carros elétricos em termos de aproveitamento de espaço. Segundo a fabricante, com essa traseira o PB18 tem um porta-malas de 470 litros.

audi-pb-18-e-tron-6

Quanto aos motores, o PB18 usa três — um no eixo dianteiro, com 150 kW (204 cv), e dois de 225 kW no eixo traseiro. No total os motores produzem, juntos, 675 cv (a potência não é igual à soma dos três motores devido às diferenças nas curvas de torque/potência) e 84,5 kgfm, e são alimentados por uma bateria de 95 kWh que fornece uma autonomia de 500 km e pode ser recarregada em 15 minutos com um sistema de 800 volts. Com esse conjunto, o PB18 e-tron é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em “pouco mais de 2 segundos”, segundo a Audi. A velocidade máxima não foi divulgada; a Audi se limitou a dizer que ele pode passar dos 300 km/h.

 

Hyundai Elantra ganha cara nova nos EUA e virá ao Brasil

hyundai-elantra-2019-1600-01

A Hyundai apresentou nos EUA nesta semana o facelift da atual geração do Elantra, seu sedã médio. O modelo começará a ser vendido nas próximas semanas e já está confirmado para o Brasil.

hyundai-elantra-2019-1600-06

As mudanças foram extensas, em especial na dianteira, que ganhou um novo conjunto óptico com faróis em formato triangular, grade mais larga e mais baixa e para-choques redesenhados. Na traseira as lanternas também foram remodeladas e o porta-placa saiu da tampa do porta-malas e foi para o para-choques. Somente as laterais passaram imunes ao facelift, embora o carro agora tenha novas rodas de liga leve.

hyundai-elantra-2019-1600-0a

Por dentro o Elantra ganhou um novo volante e um novo quadro de instrumentos, e a lista de equipamentos inclui novos itens de assistência à condução como alerta de risco de colisão frontal, assistente de permanência em faixa, sensor de fadiga, detecção de pedestres, alerta de pontos cegos e sistema de detecção de tráfego transversal.

Nos EUA o Elantra tem três opções de motorização: um 2.0 Atkinson de 149 cv, um 1.4 turbo de 130 cv combinado a um câmbio de sete marchas e embreagem dupla, e um 1.6 turbo de 204 cv também combinado ao câmbio de embreagem duplo e sete marchas, ou um manual de seis marchas.

 

O preview da Pirelli para o GP da Bélgica

Belgian-preview-infograph

Neste final de semana a Fórmula 1 volta das férias de verão e retoma a temporada no tradicionalíssimo GP da Bélgica. A Pirelli, como de praxe, divulgou a seleção de pneus e a prévia da corrida. Os pilotos poderão optar entre os compostos médio, macio e supermacio e, embora pareçam um nível mais duros que os da temporada passada (macio, supermacios e ultramacios), a seleção é tecnicamente a mesma, uma vez que os pneus deste ano estão mais macios.

107_0_1534772640 107_3_1534772640

Apesar do desempenho melhor dos carros deste ano, a seleção foi motivada pelas características da pista de Spa-Francorchamps que, apesar de ser o mais longo do ano, com curvas de alta e compressão da suspensão para “carregar” os pneus, a Pirelli achou que a seleção do ano passado foi a ideal no circuito. Os pneus são “forçados” em todos os aspectos: cargas longitudinais, laterais e também verticais, em especial na Eau Rouge, onde a suspensão dos carros é comprimida na transição da descida para a subida. No ano passado a melhor estratégia  foi a de duas paradas, porém houve influência da entrada do safety car — algo não raro em Spa.

107_5_1534772640

“Houve uma seleção interessante em Spa, que foi diferente entre as equipes de ponta. na verdade, a maioria das equipes tiveram escolhas bem diversas. Isso pode levar a diferentes estratégias, especialmente porque Spa é um circuito onde há chances de ultrapassagens. Por outro lado Spa é muito imprevisível, especialmente em relação ao tempo, então as equipes precisarão reagir às circunstâncias à medida em que elas acontecem. Quanto aos pneus, esta não é uma corrida fácil. No ano passado fizemos uma escolha agressiva e a corrida sublinhou a validade desta escolha, então vamos com a mesma seleção, embora com nomes diferentes para os compostos” – Mario Isola, gerente de motorsport da Pirelli.

 

Jaguar anuncia produção do E-Type elétrico

FlatOut 2018-08-24 às 09.18.40

Lembra do E-Type elétrico usado pelo príncipe Harry do Reino Unido em seu casamento? Falamos dele aqui. O modelo era um “one-off” feito por sua divisão de clássicos, a Jaguar Land Rover Classic. Era apenas um conceito para exibir a tecnologia elétrica de uma forma mais sedutora e mais atraente para os puristas. Funcionou tão bem que a Jaguar acaba de anunciar que irá produzir E-Types elétricos e também oferecerá conversões reversíveis do clássico para quem já tem um E-Type e deseja transformá-lo em um veículo elétrico.

d4da9f86-jaguar-e-type-electric-5

A medida é uma grande sacada da marca para aumentar sua lucratividade nesses tempos de vilanização do automóvel. O visual clássico tem o apelo estético, enquanto a propulsão elétrica chama os clientes interessados em novas tecnologias ou com motivações ambientalistas — além de ser um brinquedo bem interessante para gente rica.

FlatOut 2018-08-24 às 09.18.47

O modelo terá a mesma especificação do conceito E-Type Zero, com um motor elétrico de 225 kW (300 cv) alimentado por uma bateria de 40 kWh. Com o propulsor o E-Type chocante vai de zero a 100 km/h em 5,5 segundos e chega aos 240 km, podendo rodar até 275 km.

a647bac3-jaguar-e-type-electric-4

A marca diz que a distribuição de peso permaneceu a mesma do E-Type original, bem como a suspensão e o comportamento dinâmico. O preço não foi mencionado, mas você já sabe: se precisa perguntar…

 

Infiniti apresenta speedster elétrico com inspiração no passado

infiniti-prototype10-4k-004-jpg-1535037153

A Infiniti gostou mesmo de fazer conceitos elétricos com inspiração no passado. Depois do Prototype 9, que era um “remake” moderno de um monoposto dos anos 1930, a marca japonesa apresentou nesta quinta-feira (22) o Prototype 10, uma reinterpretação dos clássicos speedsters dos anos 1950 e 1960.

infiniti-prototype10-4k-003-jpg-1535037876

Infelizmente ele é apenas um conceito sem pretensões de um dia chegar às linhas de produção, mas ao menos é bem-intencionado em sua finalidade: a marca diz que ele sugere elementos de design para seus futuros modelos, e também expressa “o desejo de desenvolver modelos elétricos que ofereçam prazer ao dirigir, performance empolgante e autonomia extensa”.

infiniti-prototype10-4k-002-jpg-1535038751

A Infiniti não divulgou nenhum detalhe técnico do carro, limitando-se a dizer que a intenção é mostrar a versatilidade das plataformas elétricas. “O Prototype 10 mostra como um powertrain elétrico pode ser adequado a uma carroceria leve e ousada, e isso nos permite repensar o layout básico do carro”, disse o diretor executivo de design da Infiniti, Karim Habib.

 


17710935037933873302

Matérias relacionadas

LaFerrari pode ser destruída por governo sul-africano, o carrinho de choque mais rápido do mundo, os prejuízos bilionários de “Velozes e Furiosos” e mais!

Leonardo Contesini

Mercedes lança Classe C conversível, Honda mostra novo Civic Hatchback, Fiat apresenta Tipo hatch e perua e mais!

Leonardo Contesini

Nissan Kicks revelado no Rio, a cara nova da Chevrolet S10, smart Brabus terá 110 cv e chegará a 180 km/h e mais!

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados