A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo trailer de Mad Max, um Tata Nano de 230 cv, Top Gear pode virar parque temático e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Lançado o novo trailer de Mad Max

Como você já deve saber, um novo filme de Mad Max está programado para ser lançado em 2015. Seu nome é “Mad Max: Fury Road” e ele se encaixa em algum momento entre o primeiro e o segundo filme da saga — quando a história ainda tinha o caos automotivo como pano de fundo. Nós já vimos os carros e um primeiro trailer do filme. Agora, chegou a hora de ver um pouco mais de “Fury Road” com o segundo filme promocional.

Embora ainda não podemos ter muita ideia sobre a história do filme, ao menos temos a certeza de que ele terá uma excelente fotografia, uma bela coadjuvante (Charlize Theron como Imperator Furiosa), explosões de sobra e muitos (muitos mesmo) veículos bizarros e pós-apocalípticos — uma prova de que os carros resistirão ao fim do mundo ao lado das baratas e dos celulares Nokia 1100. O filme está marcado para estrear no dia 15 de maio de 2015.

 

Preparadora cria Tata Nano de 230 cv

151464878512595046

Há cinco anos a indiana Tata colocou à venda o carro mais barato do mundo, o popular Nano. Planejado para custar o mesmo que uma moto, mas entregar um mínimo de conforto para quatro pessoas (ele é mais confortável que uma moto com quatro pessoas…) ele também tem um motor um tanto motociclístico. Trata-se de um dois-cilindros de 0,6 litro e 33 cv que não empolga muito mesmo com o baixo peso do carro (600 kg).

1872267114789676629

Mas você sabe como são os gearheads… qualquer coisa que tenha motor tem potencial para diversão e foi exatamente o que os caras da JA Motorsport pensaram quando colocaram as mãos no Nano. O primeiro passo foi trocar o motor popular por algo mais automobilístico: um quatro cilindros de 1,4 litro — de origem não revelada, mas certamente com uma forte sobrealimentação, pois ele desenvolve 230 cv e leva o “Super Nano” a 190 km/h, um belo upgrade em relação aos 105 km/h do modelo original.  O melhor é que, assim como o original, ele mantém a tração traseira. Todo o resto, contudo, foi modificado: os freios são da AP Racing, os pneus são click MRF ZLO, os bancos dianteiros são Recaro e o câmbio agora troca as marchas por meio de aletas no volante de corrida.

Como a proposta original, ele continua custando o mesmo que uma moto — provavelmente o preço de uma Ducati Panigale.

Top Gear pode virar atração de parque temático da BBC

Segundo o jornal britânico Guardian, a BBC está planejando construir um parque temático de £ 2 bilhões em Kent, Inglaterra. Mas embora soe estranho o fato de a BBC criar um parque, não é exatamente como se a Globo ou a TV Cultura fizessem um parque de diversões. Como você deve saber, a emissora pública britânica produz algumas das séries mais populares do mundo, como as excelentes Sherlock e Doctor Who, além do aclamado Top Gear.

Sendo assim, não precisaríamos dizer que estas três séries seriam as principais atrações do parque temático. O formato destas atrações ainda está sendo discutido pelos idealizadores do projeto, mas não há motivos para crer que Top Gear ficará de fora. Será que poderemos ser arremessados para o espaço em um Reliant Robin em forma de nave espacial? Ou jogar dardos com carros? Para descobrir, teremos que esperar até 2020, quando o parque deverá ser inaugurado. Parece distante, não? Mas lembre-se: estamos praticamente em 2015. São só cinco anos.

 

Instituto Ingo Hoffmann precisa da nossa ajuda para cuidar das crianças com câncer

Desde 2005 o piloto Ingo Hoffmann divide seu tempo entre os carros de corrida e o instituto beneficente que leva seu nome. A entidade sem fins lucrativos foi criada para ajudar as crianças carentes com câncer por meio de uma parceria com o Centro Infantil Boldrini, de Campinas (SP) e já atendeu mais de 2.000 crianças nestes quase 10 anos de ação.

Agora, eles precisam trocar os carros usados para levar as crianças e familiares para tratamentos e outras atividades operacionais do Instituto. Para isso, eles decidiram recorrer ao Crowdfunding, e contam com a nossa ajuda para cumprir a missão. Há doações para todos os bolsos, que vão de R$ 10 a R$ 25.000, com prêmios que vão desde um singelo agradecimento público feito pelo próprio piloto, até um capacete autografado ou uma volta ao lado do ídolo em um carro da Lancer Cup no Velo Città. Para ajudar, tudo o que você precisa fazer é acessar a página do crowdfunding no Kickante e escolher o valor da contribuição.

 

Bugatti Chiron terá velocímetro marcando 500 km/h

Bugatti-Veyron-Grand-Sport-L’Or-Blanc-Wallpapers-Front-1

Se você acompanha o Zero a 300 diariamente sabe que a Bugatti (ou o Grupo VW) está trabalhando no sucessor do Veyron. Ele deverá ter o mesmo W16 de oito litros quadriturbo porém reforçado por um sistema elétrico, como manda a regra dos supercarros hoje em dia. Com esse novo powertrain híbrido, ele deverá chegar aos 1.500 cv e 1.500 Nm (153 mkgf).

Com essa potência extra o chamado Chiron deverá chegar perto dos 465 km/h, superando os 431 km/h do Super Sport de 1.200 cv. A aceleração de zero a 100 km/h deverá ficar na casa dos 2,5 segundos e para contrariar toda essa aceleração os freios serão de carbono cerâmica. Além disso, ele também deverá ter ainda mais aerodinâmica ativa, interior renovado e, acredite, um velocímetro indicando 500 km/h. Ele será apresentado no fim de 2015 e lançado em algum momento de 2016.

Matérias relacionadas

Lonestar Cobra III: o superesportivo perdido de Carroll Shelby ressurge em Amelia Island

Dalmo Hernandes

Aerofólio traseiro em hatches de tração dianteira: faz sentido? Qual o motivo?

Juliano Barata

Netflix conta por que não contratou Clarkson e cia., Ford Focus tem quase 50% do mercado de hatches médios, o novo Megane, Fusion pode ter versão ST e mais!

Leonardo Contesini