A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pensatas

O que aconteceu à boa e velha BMW?

“Você precisa apenas de transporte? Então a BMW não é para você. Para transporte apenas sempre existirão os chamados “carros econômicos”, e mais um sem número de opções menos emocionantes. Mas se você quer o melhor sedan esportivo que o dinheiro pode comprar, se você quer um carro que faça da direção um prazer, visite seu revendedor BMW. Ele tem um carro para você!” – Propaganda americana do BMW 2002, 1973. Parece incrível, mas é isso mesmo: em 1973 a BMW dizia com todas as letras que era uma marca para quem gostava de dirigir. E que se se você não fosse um desses, que comprasse outro carro! Para a moderna administração de empresas, um sacrilégio. Mas algo que, numa análise mais técnica, faz muito sentido. Todo engenheiro sabe que não dá para agradar todo mundo. Tudo é um compromisso: ganha-se aqui para perder algo ali. Então, se não dá para agradar todo mundo, o melhor é focar no que se sabe fazer melhor, ser realmente bom em algo pelo menos. Afinal de contas

Matérias relacionadas

Ao volante menos é mais e Gordon Murray sempre soube disso

Juliano Barata

Como a conectividade está transformando o motorista em um usuário…. bem, isso quando ela funciona

Juliano Barata

Aircooled week: a semana em que troquei meu carro moderno por um Fusca Itamar

Leonardo Contesini