FlatOut!
Image default
Car Culture

O que significam os nomes dos carros? – parte 2: do Gol ao Prowler

Há alguns dias, começamos uma série de glossários aqui no FlatOut. Primeiro, falamos sobre os nomes das fabricantes e seus significados, em um especial em três partes. Agora, é a hora de falar dos nomes dos modelos de automóveis – em ordem alfabética 99% precisa. A primeira parte você confere aqui, e a segunda trazemos agora!

img0772jz

Gol: o primeiro Volkswagen totalmente desenvolvido no Brasil recebeu um nome bem brasileiro: gol, o auge da partida de futebol, esporte mais popular do País. A VW também tem certa tradição em usar os esportes como inspiração para os nomes de seus carros, como Polo ou Derby (este último é um tipo de corrida de cavalo).

volkswagen_golf_gti_3-door_9

Golf: há duas origens aceitas pra o nome Golf. A primeira é o esporte golfe, e a segunda é a corrente do Golfo, uma corrente oceânica que tem origem no golfo do México, atravessa o Atlântico e deságua na Europa. Explicamos melhor esta história aqui.

Pagani Huayra BC1

Huayra: Horacio Pagani batizou seu segundo supercarro inspirado em Huayra-tata, a deusa do vento, adorada pelos povos nativos da América do Sul, sua terra natal.

chevrolet_impala_ss_427

Impala: Impala é uma espécie de antílope de médio porte nativo do sul do continente africano, facilmente reconhecível pelo formato de seus chifres, no formato de uma lira, que alcançam até 50 cm de comprimento nos machos adultos. Falamos mais sobre isso aqui.

subaru_impreza_22b_sti_lhd_1

Impreza: aparentemente, Impreza deriva do italiano impresa, que pode significar “empresa”, mas também é sinônimo de “esforço” ou “trabalho”.

autowp.ru_honda_integra_type-r_coupe_jp-spec_3

Integra: a Honda jamais falou a respeito do significado do nome Integra, mas especula-se que a palavra, escolhida por uma equipe de marketing, seja derivadada de “integridade”. Em um carro, ela evoca sentimentos de durabilidade e confiança.

amc_javelin_sst_1

Javelin: o melhor muscle car americano “alternativo”, o AMC Javelin foi batizado com o nome de um tipo de lança que foi popularizado na Grécia Antiga, e que chamamos de dardo em português. Os dardos não eram empunhados como as lanças, e sim atirados. O lançamento de dardos surgiu nos campos de batalha, e só depois se tornou um esporte.

kaxr-abre

Ka: o compacto da Ford lançado no fim da década de 1990 tem nome egípcio: Ka é como os habitantes do Egito antigo chamavam aquilo que, para nós, é a alma de alguém.

mitsubishi-lancer-evoluttion-final-auction-2

Lancer: é exatamente o que parece: para batizar o Lancer, a Mitsubishi se inspirou nos cavaleiros armados com lanças, presentes em diversas civilizações em vários momentos da história.

tour-de-corse-1993-subaru-legacy

Legacy: legacy significa “legado” em inglês, e representa a longevidade que a Subaru planejava para seu modelo médio.

de_tomaso_mangusta_24

Mangusta: é o nome italiano para Mangusto, uma espécie de mamífero carnívoro que vive nos desertos e é imune ao veneno das cobras e, por isso, alimenta-se delas. A origem do nome já foi contada neste post, e vem de um acordo entre Alejandro De Tomaso e Carroll Shelby para desenvolver em parceria um sucessor para o Cobra – irritado com o texano porque o acordo acabou não sendo cumprido, De Tomaso batizou o carro assim. Sutil, não?

Mazda-MX-5-Miata

Miata: a palavra Miata deriva de Miete que, no alemão antigo (utilizado entre os anos 750 e 1050), significa “recompensa”. E, de fato, a Mazda criou o Miata para recompensar o motorista a cada passeio.

monza-c20xe-achado (26)

Monza: o nome usado pela General Motors em diferentes automóveis (incluindo nosso Chevrolet Monza) é inspirado pelo circuito de Monza, na Itália. Não é o primeiro carro da GM a usar uma palavra italiana relacionada ao automobilismo: corsa significa “corrida” no idioma italiano.

ford_mustang_mach_1_428_super_cobra_jet_twister_special

Mustang: esta você provavelmente já sabe – está no emblema do carro, cara! Mustang (“mustangue” em português, acredite se quiser) é como os americanos chamam os cavalos que são descendentes diretos dos cavalos europeus, que foram levados para a América no século XVI. Há quem diga ainda que a origem está no avião P-51, mas a Ford só decidiu usar o nome quando ele foi associado aos cavalos (leia a história completa neste post).

lotus-omega (1)

Omega: ao que tudo indica, a Opel escolheu o nome Omega por ser este o nome da última letra do alfabeto grego.

subaru_legacy_outback_19

Outback: como você deve ter suspeitado, o Subaru Outback, perua “aventureira” baseada no Legacy, tem o mesmo nome do grande deserto australiano. Com isto, a fabricante queria enfatizar as capacidades off road do carro.

de_tomaso_pantera_l_1

Pantera: outro carro batizado como um animal, o Pantera pode homenagear tanto o animal que conhecemos como puma ou onça-parda, quanto o gênero de felídeos que inclui as espécies mais ferozes da família, como o leão, a onça, o jaguar/onça-pintada e o leopardo. Também falamos disso neste post.

autowp.ru_volkswagen_phaeton_v8_15

Phaeton: o VW Phaeton recebeu o nome do semi-deus Grego Phaethon, o filho de Helios (deus do Sol) com a ninfa Climene, filha do Oceano.

julianobarata_9630

Prelude: tal como o Accord e o Ballade, o Honda Prelude tem seu nome inspirado na música. Prelúdio, na música clássica, é uma peça de curta duração que pode ou não ser a introdução de uma composição mais longa e complexa.

prowler (1)

Prowler: em inglês, o verbo to prowl significa “espreitar’, como um predador faz, sondando sua presa antes de atacar.

Matérias relacionadas

Pagani Huayra BC: 800 cv e uma overdose de fibra de carbono

Dalmo Hernandes

Madeira, couro, metal e fibra de carbono: a evolução dos volantes de Fórmula 1

Dalmo Hernandes

Honda pode fazer um novo S2000! E temos motivos de sobra para curtir isso

Dalmo Hernandes