A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Sessão da manhã

O Subaru WRX STi que quebrou o recorde da Ilha de Man é o mais rápido que já vimos

Sem exagero. Nos últimos dias, rolou mais uma edição do Tourist Trophy em Isle of Man. Se você acompanha nossas páginas, já sabe que é uma das corridas de moto mais perigosas de todos os tempos. E também deve saber que, já há alguns anos, a Subaru leva o WRX STi para quebrar o recorde do circuito para veículos com quatro rodas e um volante — os famosos “carros”. Eles conseguiram mais uma vez, e é claro que você vai querer assistir ao onboard completo, não vai?

Você deve lembrar que, em 2014, a Subaru foi até Isle of Man e deu ao piloto Mark Higgins um WRX STI 2015 praticamente original — apenas com modificações na suspensão, gaiola de proteção, cintos de competição e, para caso de incêndio, sistema de supressão. Com um tempo de 19 minutos e 26 segundos, Higgins quebrou seu recorde anterior, estabelecido em 2011 com um WRX STI de terceira geração — 19m56s. Que evolução! E sim, rimar tudo foi a intenção.

Em 2015, os caras conseguiram baixar este tempo para 19m15s. Agora, em 2016, os caras foram tentar novamente. Desta vez, em um carro que sofreu modificações mais extensas — feitas em parceria com a Prodrive, a preparadora que já cuida dos carros de competição da Subaru há décadas.

engine

O WRX STi recebeu um flat-four turbo de dois litros igual ao utilizado no WRC, capaz de produzir 550 cv e 55,6 mkgd fe torque. O motor é acoplado a uma caixa sequencial de rali com relações desenvolvidas especialmente para o circuito de Manx. O interior, claro, foi completamente depenado — basicamente, só tem um painel digital, volante, pedais, bancos, cintos de segurança e gaiola de proteção. A traseira recebeu uma asa ativa que, ao toque de um botão, posiciona-se de forma a anular o downforce da traseira e permitir que o carro ganhe muito mais velocidade nas retas.

subaru-iom-record-2016-01-1 (9)subaru-iom-record-2016-01-1 (10)

subaru-iom-record-2016-01-1 (13)subaru-iom-record-2016-01-1 (7)

Com tudo isto, deu para perceber que os caras realmente estavam levando a sério esse negócio de quebrar o próprio recorde. Tanto que o piloto Mark Higgins realizou três tentativas nos 60 km e mais de 200 curvas do Snaefell Mountain Course — e quebrou seu recorde logo na volta de aquecimento, no sábado (4), ao virar nos 17 minutos altos.

subaru-iom-record-2016-01-1 (15)

Ontem, terça-feira (7), Higgins conseguiu de novo e virou 17m35s139 — nada menos que 14 segundos mais rápidos que a volta do sábado. Três dias, dois recordes quebrados… esse cara realmente sabe se virar ao volante de um WRX STI de 550 cv, né não?

subaru-iom-record-2016-01-1 (14)subaru-iom-record-2016-01-1 (6) subaru-iom-record-2016-01-1 (5) subaru-iom-record-2016-01-1 (1)

Sua velocidade média no circuito foi de 207,17 km/h, sendo que a velocidade máxima alcançada foi de 271,3 km/h, em uma das retas de Manx. Quer ter uma noção do quanto isto é rápido? No sábado, o motociclista Michael Dunlop venceu a Superbike TT com sua BMW e conseguiu uma média de 214,7 km/h. Sua volta mais rápida foi de 16m58s254. O Subaru de Mark Higgins foi pouco mais de 30 segundos mais lento. Só 30 segundos mais lento que uma superbike!

Ainda não se convenceu? Então dê uma olhada neste pequeno clipe, gravado na beira da pista. O WRX STI passa tão rápido que, se você piscar, vai perdê-lo:

A esta altura, você deve estar se coçando para ver o onboard completo da volta. Infelizmente, desta vez a Subaru não soltou o onboard completo, que certamente duraria mais de 20 minutos. No entanto a Autocar fez este best of de cinco minutos que deverá satisfazer todos os seus anseios pelo BOBOBOBOBOBO de um flat-four preparado. Ponha seus melhores fones de ouvido e curta com a gente!

 

Matérias relacionadas

Este cara dirige um Porsche 911 GT1 de Le Mans nas ruas e estradas

Dalmo Hernandes

Como se pinta um avião? Estes dois vídeos em time-lapse te mostram

Dalmo Hernandes

Este Kadett de quase 700 cv devora Ferrari e Porsche nas pistas de arrancada

Dalmo Hernandes