A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O substituto do Renault Clio, Golf R400 em testes, o BMW M3 de Top Gear à venda e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Renault apresenta o substituto do Clio

Renault-KWID-1-620x428

Depois de vários flagras e teasers a Renault finalmente apresentou seu novo modelo de entrada — que deverá substituir o Clio por aqui. Seu nome é Kwid, e não Kayou como todos esperavam, uma referência ao conceito de mesmo nome apresentado em 2014.

Renault-KWID-2-620x425

 

O Kwid usa a plataforma CMF-A, desenvolvida em parceria com a Nissan, e é um hatch compacto com influência dos crossovers — algo como o Cross up! ou o Uno Way. Ele usa acabamento plástico nos para-lamas e tem suspensão elevada, com 18 cm de vão livre do solo. As dimensões são compactas, com 3,68 metros de comprimento e 1,58 metro de largura, mas, segundo a Renault, ele terá um “generoso espaço interno. Segundo a Renault, o Kwid terá o maior interior e capacidade de carga de sua categoria.

Renault-KWID-3-620x426

A cabine traz painel de instrumentos digital, aparentemente sem conta-giros, e sistema multimídia com touchscreen de 7 polegadas. Na Índia ele será equipado com um motor de 800 cm³ — possivelmente o mesmo do Twingo, porém na dianteira, claro. Na Europa ele será vendido sob a marca Dacia, como os demais modelos de “baixo custo” da Renault. Caso venha para o Brasil, isso acontecerá depois de 2016, uma vez que o Clio tem sua produção argentina confirmada até o fim do próximo ano.

 

Golf R400 é flagrado em testes

New-VW-Golf-R400-300

A Volkswagen está realmente decidida a criar uma família inteira de versões esportivas do Golf. Depois de lançar o GTI Clubsport de 265 cv para se juntar ao GTD, GTI e GTE, eles agora já estão testando o R400, a versão ainda mais radical do Golf R, de 300 cv.

O modelo foi apresentado inicialmente como um conceito no Salão de Pequim do ano passado, e recebeu o sinal verde para a produção em série, que deve estrear no Salão de Frankfurt deste ano — o principal evento automotivo do segundo semestre — algo reforçado pelo flagra do pessoal do Carscoops.

New-VW-Golf-R400-6

A mula de testes parece apenas um Golf R comum, porém as rodas maiores e pneus mais largos, discos de freio perfurados, asa traseira e um spoiler na dianteira denunciam que esta é a versão de 400 cv. O modelo final deverá ter muito do visual do conceito, incluindo os para-choques traseiros com respiros e o difusor traseiro com as saídas de escape centralizadas.

New-VW-Golf-R400-7

O motor, como sabemos, é o mesmo 2.0 turbo que equipa o GTI e o R, porém configurado para produzir 400 cv ou até 420 cv, segundo algumas fontes. O câmbio, que era o maior empecilho para a produção do modelo, aparentemente foi encontrado e será um DSG de embreagem dupla ligado à tração integral. O desempenho fica próximo dos modelos de entrada da Porsche: zero a 100 km/h em 3,9 segundos e máxima de 280 km/h.

 

BMW M3 usado por Richard Hammond em Top Gear está à venda

BMW

Se você pensa que os carros que você vê em Top Gear são uma realidade distante e que dificilmente terá um deles algum dia, saiba que isso é verdade… em parte. Afinal, o trio às vezes se aventura com carros usados comprados por quase nada e revendidos por pouco menos. Um desses carros é este BMW M3 E36 sedã, usado por Richard Hammond no desafio dos sedãs esportivos.


Lembra dele? Era o episódio em que Jeremy Clarkson comprou um Ford Sierra RS Cosworth, James descolou um Mercedes-Benz 190E 2.3-16 Cosworth – e teve problemas para se acostumar com o câmbio dogleg. Eles cumpriram vários desafios na Alemanha e no fim venderam os carros.

BMW-M3-2

Agora o BMW está será leiloado pela Classic Car Auctions, e deverá ser vendido por entre £ 7.000 e £ 10.000, o que indica que ele talvez tenha sido consertado (outra evidência é revestimento dos bancos, que voltou a ter sua cor original no lugar da terrível combinação “café e caramelo” que vimos no programa). Caso você não lembre, o carro foi avaliado pela ADAC no programa, e recebeu nota 6 de 150, pois sofreu um acidente e não foi reparado corretamente.

 

Porsche registra nome “GT5”

porsche-panamera-sport-turismo-concept-front-three-quarters-in-motion-3

A Porsche registrou recentemente o nome “GT5”, o que indica que eles terão um novo modelo de alto desempenho em breve. Segundo o pessoal da revista Autocar, o modelo que receberá o sobrenome GT5 será o Panamera ou o Macan, uma vez que não há categoria GT5 no automobilismo e o nome deverá ser usado em uma abordagem diferente dos GT2, GT3 e GT4, que são versões de rua equivalentes a modelos de pista.

Logicamente a fabricante não deu pistas sobre a aplicação do nome, mas o chefe da divisão GT, Andreas Preuninger, afirmou que há espaço para novos modelos na linha de produtos. O que você acha que receberá o nome “GT5”?

 

O primeiro acidente com o novo Camaro 2016

O novo Camaro mal foi lançado e alguém já bateu um exemplar do muscle car de gravata. Aconteceu no último fim de semana no evento de apresentação à imprensa americana e o pobre felizardo foi Patrick George, do Jalopnik US. Ele aparentemente perdeu o ponto de freada de uma curva e deixou a dianteira do carro espalhar demais. Resultado? O Camaro deu um esfregão no muro, danificando roda, retrovisor, porta e para-lama dianteiro.

A GM, que não é muito chegada em mídias digitais e já estava furiosa com o site devido à publicação de um memorando interno com as especificações do Camaro um dia antes do lançamento, solicitou ao jornalista que se retirasse do evento.

Matérias relacionadas

Quando o Porsche 911 se chamava “901” – e por que ele não se chama mais assim

Dalmo Hernandes

Este Porsche 935 de rua tem 750 cv e é um dos dois únicos que existem no mundo

Dalmo Hernandes

Os carros turbinados de fábrica mais legais do GT40 – parte 1

Dalmo Hernandes