A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Salão do Automóvel de SP

Onix Track Day: Chevrolet apresenta conceito inspirado nas pistas e outras novidades no Salão do Automóvel

Um dos maiores estandes do Salão do Automóvel é o da Chevrolet, mas pudera: a marca levou todo a sua linha para 2015 ao Anhembi, nos colocou água na boca com o Camaro Z/28 e o Corvette Stingray, e ainda arrematou com os obrigatórios conceitos. Destes, o mais legal é, sem dúvida, o Onix Track Day.

Se o nome do conceito é irônico, dada a situação atual (e possível extinção) dos track days no País, o resultado é para lá de interessante. Inspirado, obviamente, nos carros que são preparados para acelerar em autódromos no fim de semana (e sabemos que muita gente aqui faz ou pensa em fazer isto!), o Onix Track Day traz novas rodas, modificações estéticas até que de bom gosto e, pasme, um engine swap de fábrica!

salaosp-barata-gm-12

O hatch amarelo tem detalhes na cor da carroceria, como a moldura da grade e os elementos internos dos faróis. A cor também aparece do lado de dentro — nas costuras dos bancos concha (com cintos de quatro pontas da Sparco), detalhes de acabamento do painel e do volante de base reta e no console central. Os cintos são de quatro pontas da Sparco, enquanto o visual do lado de fora fica completo com os novos aparatos aerodinâmicos na dianteira e com o aerofólio traseiro funcional.

salaosp-barata-gm-13

As rodas são de 17 polegadas e calçam pneus de medidas 215/45 R17 trazem molduras cromadas e miolo grafite, e a suspensão é mais baixa e firme para acompanhar. Os freios também receberam um upgrade.

 

Mas a cereja do bolo é o motor: em vez do motor 1.0 de 80 cv ou mesmo do 1.4 de 106 cv das versões normais, o conceito recebeu o motor 1.8 16v Ecotec encontrado no Chevrolet Cruze. Com filtro de ar esportivo, escapamento em inox e injeção eletrônica recalibrada, o motor desenvolve 150 cv — 6 cv a mais que a versão que equipa o Cruze queimando etanol. Não há planos para lançar o Onix Track Day no mercado — o que é uma pena.

salaosp-barata-gm-7

O outro conceito foi a picape S10 High Country. O sobrenome é usado pela Chevy nos EUA para denotar versões luxuosas e recheadas das picapes e utilitários, mas no caso da S10 trata-se apenas do nome do conceito, que tem faróis escurecidos, rodas de 18 polegadas, acabamentos cromados na laterais e — o grande diferencial — um santantônio integrado à caçamba que, segundo a marca, também tem função aerodinâmica e, aliado à capota marítima, aumenta a capacidade de carga da picape. A carroceria é pintada em vermelho “Chili Red”, enquanto o lado de dentro traz detalhes em preto brilhante e couro bicolor.

salaosp-barata-gm-1

Além dos conceitos, a Chevrolet fez questão de apresentar pela primeira vez em solo nacional o Corvette C7 Stingray, com seu V8 de 6,2 litros e 466 cv e equipado com um câmbio automático de oito marchas; e o Camaro Z/28 — simplesmente a versão mais extrema do muscle car, com seu V8 de sete litros e 512 cv e um recorde em Nürburgring (7:37,40) no currículo.

Além disso, a Chevrolet levou toda a sua linha 2015 — que inclui Camaro conversível, Chevrolet Spin Activ (versão aventureira da minivan) e o Cruze reestilizado, que ficou com a cara do modelo americano e recebeu uma versão atualizada do câmbio manual de seis marchas.

salaosp-barata-gm-2 salaosp-barata-gm-4 salaosp-barata-gm-5 salaosp-barata-gm-6 salaosp-barata-gm-9 salaosp-barata-gm-3

Matérias relacionadas

Nova Frontier, a chegada do GT-R e o Vision Gran Turismo 2020: as atrações da Nissan no Salão do Automóvel

Dalmo Hernandes

Jaguar XFR-S começa a ser vendido no Brasil, sedã XE chega mirando os alemães e Land Rover Discovery Sport será nacional

Leonardo Contesini

Ford anuncia Mustang no Brasil em 2018 e traz o novo GT e F-150 Raptor para o Salão

Leonardo Contesini