Os carros mais de R$ 180.000 a R$ 220.000 mais legais anunciados no GT40

Dalmo Hernandes 11 março, 2018 0
Os carros mais de R$ 180.000 a R$ 220.000 mais legais anunciados no GT40

E aí, pessoal? Como vai o domingão? Bem, seguindo nossa sequência, trazemos mais uma lista de carros separados por faixas de preço. Desta vez, pinçamos os anúncios do GT40 com carros que custam entre R$ 180 mil e R$ 220.000 – os preços são maiores, então a janela é maior.

Como de costume, é importante reforçar que esta é uma situação diferente das listas de anúncios de pessoa física, que seguem uma ordem cronológica: escolhemos a dedo os carros desta lista, e todos são interessantes em nossa opinião – há uma razão por trás de cada escolha. E vale lembrar que alguns modelos podem estar um pouquinho abaixo ou um pouquinho acima da faixa estabelecida – temos que ser flexíveis, não?

Entendido? Então, bora lá!

 

img_12324_4_c974a5d5-0ece-40ff-9b71-e224c41f4044

O Mercedes-Benz 450 SEL 6.9 é considerado um dos sleepers mais legais da história: por baixo da carroceria de sedã de luxo está um V8 de 6,9 litros, 290 cv e 56 mgf de torque, com comando duplo no cabeçote e lubrificação por cárter seco. Com velocidade máxima de 225 km/h, ele tem fama de indestrutível e a única pista a respeito de sua verdadeira natureza é o emblema “6.9” na traseira. De acordo com o anunciante, este exemplar com câmbio manual está muito conservado e em plena valorização. Clique para ver o anúncio.

 

img_20004_4_cdbd649f-89e2-4a53-8496-6708d514808d

Este Ford Mustang Mach 1 Sportsroof é foi fabricado em 1973, último ano da primeira geração. O motor é um V8 de 5,8 litros, acoplado a um câmbio manual de quatro marchas – algo que, por si só, já é um atrativo. O carro parece bastante íntegro e original, embora não fique claro no anúncio se o Mustang já passou por alguma restauração.Clique para ver o anúncio.

 

img_167912_4_b3e63d59-6656-4bfc-92be-a49631dc4e9c

Por mais que não seja um M4, este BMW 435i oferece um conjunto bem interessante: um seis-em-linha biturbo de 306 cv a 6.000 rpm e 40,8 mkgf de torque já a 1.200 rpm, com câmbio automático de oito marchas – conjunto suficiente para ir de zero a 100 km/h em 5,1 segundos, com máxima de 250 km/h. Este exemplar fabricado em 2014 tem 46.000 km declarados e veio na bela combinação de carroceria branca com interior de couro vermelho. Clique para ver o anúncio.

 

img_26068_4_d43149e0-c4f7-45bf-af2e-e1bf626da531

Fabricado entre 2005 e 2012, com cerca de 70 unidades no total, o Lobini é um dos pouco esportivos desenvolvidos e fabricados no Brasil. Este exemplar é um dos últimos a serem feitos em 2012 e tem um motor 1.8 turbo Audi de 180 cv acoplado a uma caixa manual de cinco marchas. Com apenas 150 km rodados, é virtualmente zero-quilômetro. E parece extremamente divertido de conduzir. Clique para ver o anúncio.

 

img_69956_4_7a794db2-1fb6-4766-9180-c385c8c1c4a6

A maioria dos Mercedes-Benz C63 AMG vendidos no Brasil pertence à primeira fase do modelo, de antes de 2011. Os modelos pós-facelift são mais raros. Este exemplar fabricado em 2013 tem, de acordo com o anunciante, pouco mais de 47.000 km rodados e é equipado com o pacote P30, que eleva a potência do motor V8 naturalmente aspirado de 457 cv para 487 cv e inclui discos de freio de carbono-cerâmica, pinças de freio vermelhas, spoiler de fibra de carbono e volante revestido de Alcantara. Clique para ver o anúncio.

 

img_104172_4_70698eb8-5ec4-4161-889f-c8eb6b61b4c3

Segundo o anunciante, este Maverick 1975 é um Quadrijet Caltabiano, versão especial de homologação feita pela equipe/concessionária Caltabiano, equipado com comando de válvulas Iskenderian 270, carburador de corpo quádruplo Holley e coletor de admissão Edelbrock, com taxa de compressão elevada. Este aqui, porém, recebeu novos cabeçotes e coletores SVO, comando ainda mais bravo e componentes internos forjados, entre outras modificações. O carro ainda tem interior revestido em couro natural e rodas de 17 polegadas. Clique para ver o anúncio.

 

img_113644_4_8f9c33c4-9366-4bcf-b8ec-b59c213bb31a

Este é um Corvette targa 1984, primeiro ano da quarta geração. O motor é um V8 de 5,7 litros com injeção Cross-fire e 208 cv, acoplado a uma caixa automática. O anunciante diz que o carro só teve um dono nos EUA antes de ser importado para o Brasil, e que toda a documentação do carro está disponível. A quilometragem declarada é de 12.000 km (menos de 8 mil milhas) e o estado de conservação parece condizente. Clique para ver o anúncio.

 

img_50056_4_7534bfe0-ceec-402e-ba03-92046204a89f

De acordo com seu anunciante, este BMW Série 5 E12 de especificação americana foi preparado por encomenda de Nelson Piquet. Embora não pareça, o carro foi fabricado em 1973 – é que ele recebeu componentes estéticos e o interior do BMW M5 dos anos 1980, incluindo o motor de 3,5 litros e 284 cv. Segundo o anunciante, a transformação foi feita com muito capricho e com toda atenção aos detalhes. Clique para ver o anúncio.

 

img_50792_4_f34f631a-7bde-4309-8f8b-3592de6f8709

Segundo seu anunciante, este Chevrole Corvette 1972 tem 31 mil milhas (menos de 50.000 km) no hodômetro e passou pelas mãos de apenas dois donos em toda a sua história. O motor é um V8 de 5,7 litros e 350 cv, acoplado a uma caixa manual de quatro marchas – old school até a medula. O carro é descrito como “impecavelmente” original. Clique para ver o anúncio.

 

img_38652_4_d8cc0e80-e362-41c4-a6eb-3585e8762969

Fabricado em 2008 e importado zero-quilômetro para o Brasil, este é um Dodge Charger SRT8, equipado com um V8 Hemi de 6,1 litros e 430 cv, acoplado a um câmbio automático de cinco marchas. O carro era prata, mas foi envelopado de roxo com efeito matte, e segundo o anunciante modificação devidamente regularizada nos documentos. O Challenger ainda tem sistema de escame Magnaflow, filtro K&N e 49.000 km rodados. Clique para ver o anúncio.