A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Top

Os carros mais legais que você pode comprar gastando entre R$ 110 mil e R$ 160 mil – Parte 2

Estamos encerrando nossa série de guias de compra para carros em várias faixas de preço! Para a última lista, perguntamos a vocês quais eram os carros mais bacanas para comprar com algo entre R$ 110 mil e R$ 160 mil — uma quantia generosa, com muitas opções interessantes e para lá de entusiastas.

Na primeira parte vimos oito modelos escolhidos por vocês nesta faixa de preço. Agora chegou a hora da segunda parte desta lista com outros oito modelos legais para você arrematar.

 

Audi S5

6370796959_b1225c2baa_z

O Audi S5 já está por aí há quase dez anos, mas se você não soubesse que ele foi lançado em 2007 seria difícil acreditar nisso. Seu visual ainda é moderno, e seu motor V8 4.2 de 354 cv com injeção direta ainda tem vigor para encarar cupês do mesmo porte como o atual Mercedes C43 AMG. O câmbio é o bom e velho Tiptronic de seis marchas, que distribui a força para o tradicional sistema quattro.

img_8959-1024x768

Os primeiros modelos que chegaram ao Brasil em 2008 já podem ser encontrados com baixa quilometragem por entre R$ 135.000 e R$ 160.000. Por esse preço você tem um cupê estradeiro com espaço para quatro pessoas e sua bagagem, capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 5,1 segundos e chegar aos 250 km/h.

 

Mercedes-Benz SLK 55 AMG

mercedes-benz_slk_55_amg_15

 

O SLK é um dos segredos mais bem guardados entre os esportivos nessa faixa de preço. Pequeno e leve, ele tem um motor V8 5.4 de 360 cv capaz de empurrar seus 1.500 kg aos 100 km/h em 4,3 segundos e à máxima de 250 km/h (ou perto dos 300 km/h sem a limitação eletrônica). Depois olhe bem para ele — não para a dianteira a la Mercedes SLR McLaren, mas para seu comprimento: se os dois ocupantes ficam sentados quase sobre o eixo traseiro e ainda há um diferencial logo ali, onde ficam os abafadores do escape? Entendem onde quero chegar?

Além disso, o entre-eixos curto faz com que ele seja uma bela companhia para aquela estradinha sinuosa que só você conhece aí perto da sua cidade. Para ter um monstrinho destes, você precisará desembolsar entre R$ 145.000 (preço dos primeiros exemplares, de 2004/05) a R$ 170.000 (2008).

 

Chevrolet Corvette C6 Targa

chevrolet-corvette-c6-11

O Corvette é um dos raros esportivos americanos capazes de encarar e vencer supercarros consagrados do Velho Mundo — e por uma fração do preço. Claro, a qualidade de construção e acabamento não é a mesma de uma Ferrari ou Maserati, mas você não se importaria com isso tendo 407 cv à disposição do seu pé direito, não é mesmo?

Unknown-2

Pois aqui vem a boa notícia: ainda que seja caro no Brasil, ele também custa uma fração do preço de um esportivo europeu com o mesmo nível de potência. Quanto? Por R$ 145.000 você já encontra o modelo 2007 Targa com câmbio automático. Se quiser escolher as marchas por conta própria, os preços são um pouco mais altos, algo na casa dos R$ 155.000, variando de acordo com a quilometragem.

 

Volkswagen Golf GTI Mk7

vw-golf-gti

O que um mundano Golf GTI Mk7 está fazendo logo depois de três esportivos V8? Bem, talvez você não saiba ou não acredite, mas o Golf GTI é um dos melhores carros novos que você pode comprar em 2016 — mesmo custando caro como ele custa no Brasil. Seu motor 2.0 TSI (turbo de injeção direta) produz 220 cv que são moderados pelo câmbio DSG de seis marchas com borboletas no volante e seu pacote hatchback médio com quatro portas, apesar de tirar um pouco a esportividade, compensa na versatilidade.

Isso significa que o Golf GTI pode ser o único carro que você precisa para fazer tudo o que gosta. Ele tem espaço suficiente para viajar com a família e curtir a estrada, e um câmbio automático para encarar o não-trânsito das grandes cidades. Na hora de curtir um track day, basta dar uma conferida na geometria, calibrar os pneus e cair na pista. Com um turbo de injeção direta para acelerar nas saídas de curva e o câmbio de embreagem dupla você não precisa de um carro de fim de semana. Se você comprar usado ele custa mais barato (ou menos caro), mas estamos recomendando aqui o modelo zero-quilômetro que sai por R$ 125.000 — o mesmo preço de um Civic Touring turbo e pouca coisa acima de sedãs bem menos versáteis que o hot hatch original.

 

Lexus IS250 F-Sport

Lexus-IS-250-F-Sport

Quando falamos em sedãs de luxo com um toque esportivo quase sempre é o trio premium alemão que vem à cabeça, o BMW Série 3, o Mercedes Classe C e o Audi A4. Mas não desta vez. Nossos leitores escolheram o Lexus IS 250 F-Sport como sugestão nesta faixa de preço.

07lexusis250carreview

Por a partir de R$ 135.000 você encontra um modelo 2013/2014 do IS 250 F-Sport, que vem equipado com um V6 2.5 de 205 cv e leva 8 segundos para chegar aos 100 km/h.

 

Audi TT S

2011-Audi-TTS-1

Se um Mercedes de quase 10 anos é muito antigo para seu gosto, a Audi tem uma alternativa mais nova: o TTS. Claro, ele não tem um V8 de 360 cv, mas com 272 cv para levar seus 1.365 kg ele não faz nem um pouco feio na hora de acelerar — ou você acha que 5,4 segundos para ir de zero a 100 km/h é muito? A velocidade máxima são os mesmos 250 km/h do AMG e ele ainda tem a vantagem da tração integral.

Audi-TTS-1

A versão cupê pode ser encontrada por entre R$ 130.000 e R$ 150.000, enquanto o roadster vai de R$ 140.000 a R$ 160.00.

 

BMW M135i

bmw-m135i-1

Na geração passada o BMW 135i era um cupê com um belíssimo seis-em-linha biturbo de 306 cv. Na atual geração o 135i passou a ser um hatchback com um toque da divisão M Sport. O seis-em-linha trocou o par de turbos por uma unidade de fluxo duplo que elevou a potência para 330 cv, tornou o carro mais esperto em baixas rotações (mas também um pouco limitado em altas) e, combinado com o câmbio ZF de oito marchas, pode empurrar o hatch de tração traseira até os 100 km/h em apenas 5,1 segundos.

BMW-M135i-side-rear

Lançado em 2013, os primeiros exemplares já são encontrados por R$ 140.000, enquanto o modelo 2014 fica na faixa dos R$ 150.000.

 

Maserati 4200 GT

maserati_coupe_6

O Maserati 4200 foi o sucessor do 3200GT, o primeiro modelo da Maserati sob a batuta da Fiat. Mas enquanto o 3200GT usava o motor do antigo Quattroporte Evoluzione, o 4200 GT pegou emprestado algo mais apimentado e moderno: o V8 F136 da Ferrari 430 (e também da 458) com deslocamento reduzido e 390 cv. Com essa configuração o elegante esportivo de 1.570 kg acelera de zero a 100 km/h em 4,9 segundos e chega à máxima de 285 km/h.

maserati_coupe_3

Um 4200 GT da primeira leva, do início dos anos 2000, sai por cerca de R$ 140.000, enquanto o roadster 2003 chega perto dos R$ 160.000.

Matérias relacionadas

Hot Wagons: as dez peruas mais rápidas já feitas

Leonardo Contesini

Os supercarros “alternativos” mais espetaculares que o dinheiro pode comprar

Leonardo Contesini

Os motores de quatro cilindros mais incríveis já usados em automóveis – parte 1

Dalmo Hernandes