FlatOut!
Image default
Zero a 300

Os carros mais vendidos em outubro, VW está preparando versão de 420 cv Golf R, as marcas mais procuradas na internet e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

 

Os carros mais vendidos em outubro no Brasil

novo-ford-ka-2019_1

Mais um mês de 2018 que se vai, mais um mês com o Chevrolet Onix na liderança do mercado. O modelo segue para o quarto ano consecutivo na liderança depois de vender 22.324 unidades em outubro e somar 168.541 unidades desde janeiro. É impossível que ocorra uma virada dos dois modelos seguintes, o Ford Ka e o Hyundai HB20. Primeiro porque o Onix segue consistentemente orbitando a casa das 20.000 unidades mensais. Depois porque desde que foi atualizado, o Ford Ka roubou a segunda colocação mensal do Hyundai HB20 pela segunda vez, e segue brigando com o coreano pela vice-liderança geral.

Depois de vender 8.680 unidades em setembro, o Ka se manteve na segunda posição em outubro com 10.461 unidades, uma vantagem de 1.100 unidades sobre o HB20, que vendeu 9.361 unidades neste mês passado. Com isso, o Ford Ka diminui a vantagem para o HB20 no acumulado do ano de 3.299 para 2.199 unidades — foram 88.118 para o HB20 ante 85.919 do Ford Ka. Pelo jeito a briga continuará até os últimos dias de 2018.

Em seguida vem o Volkswagen Gol estacionado na quarta posição. O modelo superou o Polo pela quarta vez no ranking mensal e, depois da virada no ranking anual, começou a abrir vantagem sobre o irmão maior, que desta vez despencou para a nona posição. Foram 8.973 unidades do Gol contra apenas 6.090 do Polo. Com isso, o Gol agora soma 61.506 unidades e o Polo 57.917 unidades.

A vaga da quinta posição também segue ocupada pelo mesmo carro do mês passado, o Chevrolet Prisma. O sedã mais vendido no Brasil teve 7.716 unidades emplacadas e chegou às 57.395 unidades no parcial do ano e se aproxima perigosamente do Polo.

gol-e-voyage-2019-5-

A sexta posição continua com a Fiat, mas não com o Argo como em setembro, e sim com a picape Strada, que volta para o top 10 com 7.199 unidades depois de fechar setembro em 11º e se mantém como a picape mais vendida no Brasil. O Argo, contudo, continua com bom desempenho, fechando o mês na sétima posição com 6.881 unidades.

O top ten é completado pelo Jeep Compass, que segue como o SUV mais vendido no Brasil com as 6.163 unidades de outubro, pelo Polo com suas 6.090 unidades e pelo Renault Sandero, com 6.060.

sandero-rs-flatout-b-27

Toyota Corolla e Fiat Toro ficaram fora do top ten, porém fecharam o mês em 12º e 13º lugar, respectivamente, mas seguem entre os dez mais vendidos no ranking anual parcial, com o Corolla ultrapassando a picape da Fiat. Veja como estão as vendas acumuladas nos dez meses de 2018: 1º Chevrolet Onix – 168.541; 2º Hyundai HB20 – 88.118; 3º Ford Ka – 85.919; 4º Volkswagen Gol – 61.506; 5º  Volkswagen Polo – 57.917; 6º Chevrolet Prisma – 57.395; 7º Fiat Strada – 56.286; 8º Jeep Compass – 50.520; 9º Toyota Corolla – 48.857; 10º Fiat Toro – 48.695.

 

 

Volkswagen está preparando um Golf R de 420 cv?

Uma das primeiras notícias do FlatOut, lá em 2014, dizia que o Golf R ganharia uma versão radical de 400 cv, e dependia apenas de um câmbio que suportasse seu nível de torque e potência. Mas aí, no meio do caminho, apareceu o escândalo Dieselgate e, além dos prejuízos, tornou o momento inadequado para a Volkswagen lançar um modelo que não fosse eficiente — pelo contrário: um esportivo bebe mais e emite mais gases indesejados.

Agora, com a fumaça mais dissipada, um protótipo misterioso do Golf R voltou a rodar em Nürburgring. No mês passado ele apareceu pela primeira vez, mas poderia ser apenas um teste de pneus ou componentes. Agora, ele voltou a ser flagrado neste final de semana, e passou a levantar suspeitas sobre uma possível versão de alto desempenho do Golf R para enfrentar rivais indiretos como o futuro Mercedes A45 AMG e até o primo Audi RS3.

Como ambos terão mais de 400 cv, a imprensa germânica especula que este Golf R terá uma versão do motor 2.5 turbo de cinco cilindros do Audi RS3 Sportback calibrada para ter 420 cv — 120 cv a mais que o mais recente Golf R, que perdeu 10 cv para atender às regras de emissões vigentes — além do sistema de tração integral “4Motion”.

O modelo deverá ser batizado R420 e, considerando que a atual geração do Golf está prestes a dizer adeus, ele deverá ser uma versão de despedida desta versão — que também é uma forma de impedir que o Golf roube a cena do RS3, que ainda tem toda uma geração pela frente.

 

Toyota é a marca mais popular na internet

38200f79-most-googled-car-brands-1

Há mais ou menos dez anos escrevi em um velho blog que estar presente na internet não é apenas colocar um site no ar e escrever uns posts sobre qualquer coisa, mas sim aparecer nos primeiros lugares das buscas do Google — e atualmente ser compartilhado/curtido/retweetado etc. E nesses tempos em que políticos fazem campanha pela internet, pessoas compram roupas, celulares e até carros pela internet, a teoria de que é preciso estar nos primeiros resultados se torna ainda mais verdadeira.

A seguradora Veygo divulgou uma lista que mostrou quais são as marcas de carros mais procuradas no Google em todo o mundo. O resultado? As fabricantes asiáticas parecem ser as mais populares do planeta, com a Toyota liderando no maior número de países.

A marca japonesa é a mais procurada em 57 dos 171 países considerados na pesquisa, e teve uma média de 7,8 milhões de pesquisas mensais, enquanto a Honda e a Ford tiveram 7 milhões e 6,4 milhões respectivamente. Entre os 57 países estão Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Finlândia e Filipinas.

Na disputa “territorial” a BMW segue a Toyota como a marca mais procurada em 25 países. Na terceira posição vem a Mercedes-Benz, liderando as buscas em 23 países. Um detalhe curioso é que a Lamborghini é uma das mais procuradas no mundo, liderando as buscas em 12 países dentre os quais está a Venezuela (!). A Tesla foi a mais buscada em sete países, incluindo a Noruega e Holanda. No Brasil, a marca mais procurada é a Honda — que atualmente não tem nenhum modelo entre os mais vendidos.

Na outra ponta, entre as marcas menos buscadas no Google, estão a Pagani — que foi a menos procurada de todas —, Acura e Chrysler. Não por acaso, são três marcas sem grandes lançamentos nos últimos anos.

 

Honda anuncia recall do HR-V por problema nos freios traseiros

Honda-HR-V-2015-6-620x436

A Honda anunciou nesta segunda-feira (5) o recall de modelos 2016 a 2018 do HR-V por um possível defeito nos freios traseiros. No total 19.916 carros fabricados entre maio de 2015 e setembro de 2018.

Segundo a Honda, houve uma falha na fabricação dos pistões das pinças traseiras, que pode levar ao vazamento de hidrogênio, o que pode ocasionar a formação de bolhas no fluido de freio, o que resulta na perda da eficiência de frenagem.

Para verificar se seu HR-V está incluído na lista do recall, a Honda disponibiliza o site www.honda.com.br e o telefone 0800-701-3432.

 

Volkswagen terá crossover elétrico no Salão do Automóvel

Mais um dia… mais uma atração do Salão de São Paulo: a Volkswagen irá apresentar o conceito I.D. Crozz, o conceito que antecipa seu futuro SUV elétrico que deve chegar às lojas (da Europa ao menos) até 2020. O modelo apareceu em um teaser em vídeo da Volkswagen sobre sua participação no Salão deste ano, que começa amanhã para a imprensa (e o FlatOut estará no local).

O crossover é construído sobre a plataforma MEB, criada pela VW para a sua futura linha de modelos elétricos, e usa dois motores — um no eixo dianteiro e outro no eixo traseiro. Combinados, eles têm 302 cv e podem rodar até 500 km com uma carga da bateria de 83kWh — que pode ter 80% carga recuperada em 30 minutos na tomada com o carregador de 150 kWh.

Apesar de trazê-lo ao Salão, a linha ID ainda não foi confirmada para o Brasil.

Matérias relacionadas

Ferrari Monza SP1 e SP2: as barchettas estão de volta e com o motor V12 mais potente já feito pela Ferrari

Dalmo Hernandes

Um Aston Martin Vantage de rali, saltando e deslizando na neve? Claro, por que não?

Dalmo Hernandes

O Honda Prelude de tração traseira (!) e motor Cosworth que arrepiou no Reino Unido

Dalmo Hernandes