A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
GT40 Classificados Zero a 300

Os conversíveis mais bacanas anunciados no GT40

Conversíveis costumam dividir opiniões entre os entusiastas. Um carro sem teto costuma ser menos rígido que sua versão fechada e, por conta dos reforços estruturais que geralmente são aplicados, acaba ficando mais pesado, também. Por outro lado, com o calor que anda fazendo, duvidamos que você não tenha fantasiado com um conversível nos últimos tempos – abaixar a capota e acelerar a céu aberto, com o vento invadindo a cabine, é uma ideia mais atraente que dirigir por aí com os vidros fechados e o ar-condicionado ligado. Pensando nisso, separamos uma lista de conversíveis anunciados no GT40.

Como de costume, é importante reforçar que esta é uma situação diferente das listas de anúncios de pessoa física, que seguem uma ordem cronológica: escolhemos a dedo os carros desta lista, e todos são interessantes em nossa opinião – há uma razão por trás de cada escolha. Entendido? Então, bora lá!

img_202408_4_9fcf51df-5ed5-4cc8-8967-123e4adf8d8e

Vamos começar com este Ford Mustang GT conversível fabricado em 2010. Originalmente o V8 de cinco litros entregava 418 cv, mas de acordo com o anúncio recebeu um supercharger e agora tem “mais de 500 cv”. Outro detalhe interessante é o câmbio manual, raro de se encontrar nos carros importados de forma independente para o Brasil. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_174956_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa

Se você busca algo mais clássico, tradicional e alemão, este Porsche 911 Targa vai lhe satisfazer: trata-se de um exemplar fabricado em 1979 e destinado ao mercado norte-americano. O motor é um flat-6 de três litros e 180 cv, todo original, e de acordo com o anunciante o estado de conservação do carro é exemplar. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_157640_4_b2263ed4-b811-4ff7-b692-04785d191803

O Alfa Romeo Spider original era um carro tão bacana que foi mantido em produção por quase trinta anos consecutivos, de 1966 a 1993, sem alterações radicais no projeto além de atualizações estéticas. Este é um exemplar de 1974, com a traseira “coda tronca” e, segundo o vendedor, restaurado recentemente nos padrões originais. O motor é o famoso Alfa Romeo Twin Cam, com comando duplo no cabeçote, dois litros de deslocamento e 130 cv. [highlight]Clique pra ver o anúncio.[/highlight]

 

img_164084_4_8a5fffdf-b9d4-43a5-955c-4fdc1e227fe5

Não poderia faltar um roadster britânico: este MG MGB 1953 tem tração traseira, câmbio manual, motor 1.8 de 80 cv e apenas 1.000 kg. Ágil e divertido como se espera de um roadster. Segundo a descrição do anúncio o carro está “revisado e imaculado”. Embora a qualidade das fotos não seja das melhores, dá para ver que ele está realmente bem conservado. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_140368_4_c7a7987a-f99b-4eab-ae71-263a738d506d

Mais bem sucedido fora-de-série nacional, o Puma com mecânica Volkswagen oferece mecânica consagrada e manutenção descomplicada em uma embalagem esportiva. Este exemplar é um Puma GTS 1600 1979, e faz parte de uma das últimas levas a trazer o visual clássico com para-choques cromados. O anúncio não traz muitas informações e o carro aparentemente foi restaurado e está com excelente aspecto a julgar pelas fotos. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

 

img_161672_4_22501c33-8470-460a-a08b-d61d72d947bd

Se procura algo mais exótico, que tal um Punto conversível italiano? Este carro, fabricado em 1995, está no Brasil desde 2000 e, de acordo com seu proprietário, tem o motor 1.6 16v – igual ao do Fiat Palio nacional – e todo o conjunto mecânico e elétrico (incluindo a capota) em perfeito estado de funcionamento. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_175456_4_e9a05051-4f86-4739-9b00-24bda3d24ecc

As réplicas do Porsche 550 Spyder da Chamonix são as mais famosas do País e estão entre as melhores do planeta. Este exemplar foi fabricado em 1990 e tem motor flat-4 de 1,6 litro com carburação dupla. De acordo com o anúncio o carro teve o interior vermelho restaurado recentemente e, com 64.000 km, possui mecânica, elétrica, suspensão e freios em ordem. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_189292_4_237dcedd-a191-42fd-ba53-6cf43f45e20d

O Chamonix 550 é old school demais para você? Prefere algo mais potente e atual? Então olha este Mercedes-Benz SL500. Parte da linhagem iniciada pelo mítico 300SL “Gullwing”, o SL500 da geração R230 tem um V8 de cinco litros com 306 cv. Com a capota automática fechada ele se passa por cupê, e de acordo com o anunciante este exemplar tem 50.000 km rodados. Não há muito mais informações mas o carro parece de fato muito bem conservado, especialmente considerando que foi fabricado há 16 anos. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_111140_4_f287b570-6140-4dc9-bb87-722ae26e9bab

Outro carro que, com o teto fechado, se passa por cupê, o Honda Del Sol na verdade é um targa. E dos bons: ele usa a mesma plataforma e conjunto mecânico do Honda Civic de quinta geração, um dos carros de tração dianteira de melhor dinâmica já feitos. O motor é o mesmo do Civic VTi: o belíssimo B16B, com 1,6 litro e 160 cv sem indução forçada. Segundo o proprietário, o carro tem apenas 34.000 km rodados e está em muito bom estado. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_10172_4_6a457cbc-bdb2-442f-bb7c-4ba4a7326698

O Cadillac XLR teve vida curta: ele foi vendido apenas entre 2003 e 2009, e era o esportivo topo-de-linha da Cadillac. Apesar de utilizar a plataforma do Corvette de sexta geração, seu motor não era o small block Chevrolet, com comando no bloco, e sim o V8 Northstar da Cadillac e da Oldsmobile, com comando duplo nos cabeçotes, quatro válvulas por cilindro e 325 cv. Este exemplar, fabricado em 2007, tem câmbio automático de seis marchas e pouco mais de 40.000 km rodados. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

Matérias relacionadas

Adesivo do FlatOut Midnight: nos ajude a escolher o melhor formato (bônus: galeria de fotos de leitores!)

Juliano Barata

Novo Top Gear será exibido na Netflix, a nova pintura do Ford Focus de Ken Block, Hot Wheels terá coleção inspirada em Gran Turismo e mais!

Leonardo Contesini

Como o piloto de testes da Bugatti bateu um Veyron a 400 km/h no circuito de Nardò

Leonardo Contesini